Saúde

Clique aqui para ver todos os posts com o tema de saúde, com opções naturais e ações interessantes para melhorar o seu dia-a-dia.

Receitas

Receitas de água na boca para todos os gostos: de vários lugares, doces e salgadas.

Notícias

Mantenham-se atualizados com as últimas notícias que estão rolando por Floripa e pelo mundo.

Curiosidades

Dicas e truques para fazer a vida um pouquinho mais fácil, e informações divertidas sobre todos os tipos de assunto.

Depoimentos

Opiniões e informações de todos os cantos da internet.

Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


terça-feira, 30 de junho de 2015

SALADA NO POTE ! aprenda a fazer!


salada-no-pote3

A salada no pote surgiu nos Estados Unidos, por uma blogueira vegetariana, que colocou a salada em camadas e guardou em potes de vidro para uma semana, e segundo ela o resultado foi satisfatório. Após alguns dias tudo ainda estava fresco e crocante.

Devido a praticidade este tipo de salada virou moda nos EUA, pois, é só despeja-la em um prato ou comer no próprio pote, tipo marmitex.

A salada no pote de vidro tem várias vantagens:

-mantém as folhas frescas;

-evita que manchem;

-não vaza;

-o vidro é reutilizável.

A rotina corrida das grandes cidades deixa muita gente sem tempo para aproveitar o horário do almoço. Às vezes, a alternativa é ligar para um serviço de entrega qualquer, o que na maioria das vezes a comida não é das mais saudáveis. No entanto, de olho no mercado de alimentação saudável que vem crescendo a cada dia, já existe no Brasil empresas que fazem entrega de saladas em pote de vidro.

Pensado em ser um profissional da Salada no Pote? Veja algumas dicas para se dar bem!

-Use frascos de boca larga, eles são mais fáceis de preencher;

-Antes de colocar as folhas no pote, lave-as e seque muito bem;

-Evite colocar tomates picados, eles soltam muita água. Prefira os tomates cereja.

-Monte cada etapa para todos os frascos em vez de completar um frasco de cada vez;

-Separe todos os ingredientes antes de organizar no pote;

-A salada irá durar mais tempo se as folhas estiverem bem secas e o molho no fundo.

-Os potes podem ser retornáveis;

Para que a salada se mantenha fresca são necessários alguns cuidados.

Higienizar a salada

É preciso limpar muito bem as folhas verdes e os demais legumes.

Escolha do pote

O pote para guardar a salada na geladeira precisa ser de vidro e bem limpo. É preciso lavar e secar totalmente o pote antes de montar a salada. O ideal é usar potes que não possua entrada de ar, para evitar que os alimentos estraguem. Uma dica é utilizar potes herméticos.

Organizar os alimentos

Não basta sair jogando tudo dentro do pote e pronto. Há duas regras básicas:

1 Comece com o molho e termine com o alface e ervas

2 O que for mais pesado vai no fundo, por exemplo, carne, feijão, queijos, tomates… as folhas vão sempre por cima.

Veja a seguir a ordem de como dispor os alimentos dentro do pote.
montagem-cc3b3pia


Primeiro coloque o molho, que pode ser pronto ou de alguma receita caseira, por exemplo, mostarda, tártaro, azeite, vinagre, iogurte, entre outros.

Segundo, coloque os alimentos pesados que não absorvem o molho, como cebola, pepino, pimentão, feijão, grão de bico, vagem. Esses alimentos ficarão em contato com o molho.

Terceiro, vem os ingredientes mais leves, como nozes, palmito, azeitona, ervilha, cogumelos e frutas.

Em quarto lugar vem todo tipo de folha: alface, rúcula, espinafre, repolho, acelga, entre outros.

E na hora de consumir. Basta agitar e misturar tudo. Lembre-se de deixar um espaço no topo de cada pote para que a pessoa possa agitar e misturar os ingredientes.
http://www.incalfer.com.br/

segunda-feira, 29 de junho de 2015

RECEITA: BERINJELA À ITALIANA


Berinjela à italiana

Ingredientes
2 berinjelas cortadas em rodelas de 2 cm de espessura
1/4 de xícara (chá) de shoyo
1 xícara (chá) de azeite
4 tomates sem pele e sementes picados
200g de queijo mussarela de búfala ralada grossa
1/2 xícaras (chá) de azeitonas pretas picadas
sal a gosto, folhas de manjericão

Modo de preparo
Em um recipiente distribua as rodelas de berinjela, regue-as com um pouco de shoyo e azeite para dar um gostinho na berinjela. Cubra com papel alumínio e coloque para assar por 30 minutos no forno já preaquecido a 220º. Em uma outra tigela, misture o tomate, a mussarela, a azeitona, o sal e as folhas de manjericão. Hummmm… é de dar água na boca! Retire a berinjela do forno e sobre cada uma coloque uma porção de tomate e mussarela.
http://www.carolmagalhaes.com/

domingo, 28 de junho de 2015

Torta de maçã com casquinha crocante



Ingredientes:
100g de manteiga
2 xícaras de açúcar
2 ovos
2 colheres de chá de canela
2 xícaras bem cheias de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento
3 maçãs cortadas em cubinhos

Modo de fazer:
Comece misturando as 100g de manteiga, 2 xícaras de açúcar e 2 ovos batendo bem até que forme um creme fofo e mais esbranquiçado;
Adicione então 2 colheres de chá de canela, 2 xícaras bem cheias de farinha de trigo e 2 colheres de chá de fermento para bolos; a massa vai ficar bem grossinha mesmo!;
Por último, adicione à massa 3 maçãs cortadas em cubinhos;
Cubra um refratário com papel manteiga e espalhe sua massa por igual;
Leve ao forno em temperatura média, por aproximadamente 40 minutos ou até que a casquinha fique bem durinha e, ao espetar o palito, voltem pequenos pedaços de massa;
Deixe esfriar

Nhoque da Sorte: A História ! dia 29



Nhoque da Sorte: A História

A lenda mais difundida sobre o nascimento da magia remete a algum vilarejo na velha Itália, terra natal do prato. Com diferentes variações, a maioria conta que São Pantaleão, um missionário vestido de andarilho, chegou a essa pequena vila, num dia 29, e bateu na porta de uma simplória casa. Um casal de velhinhos (às vezes transcritos como um povoado inteiro), mesmo desconfiado pela chegada repentina do andarilho, recepcionou-o e serviu o único alimento que havia na dispensa: nhoque, dividido em sete unidades para cada. Nas diferentes conclusões, uma delas conta que ao retirar a mesa, logo após a saída do missionário da casa, os velhinhos encontraram moedas de ouro embaixo do prato.

Outra vertente registra que São Pantaleão, algum tempo depois do ocorrido, voltou à casa dos velhinhos e contou que após comer aquele prato sua vida tinha melhorado muito.

No caso da passagem onde o missionário foi recepcionado por todo povoado, ele, depois de ter saboreado de pé o prato de nhoque, pediu para que eles sempre se reunissem todo dia 29 daquela forma para trazer sorte e prosperidade e foi o que aconteceu. A vila prosperou e a tradição continuou a ser praticada mês a mês.

Os incrédulos afirmam que a tradição surgiu na América do Sul como estratégia de alguns restaurantes que necessitavam aumentar a clientela.

No Brasil

Vários restaurantes brasileiros servem o Nhoque da Sorte todo dia 29. O prato também causa divergências quando o assunto é quem foi o pioneiro a introduzir a simpatia no país. Laura Giarelli, fundadora do restaurante La Bettola, garante que trouxe a tradição da Argentina e a partir de 1979 começou a praticar a simpatia em seu estabelecimento. A empresária Mary Nigri, dona do Quattrino, também diz ser a pioneira do Nhoque da Sorte, apesar de servi-lo há apenas 13 anos. Até a atriz global Regina Casé já reivindicou as honras para sua mãe, na época em que a atriz fazia parte da companhia teatral "Asdrúbal Trouxe o Trombone". Disse ela que seus companheiros eram tão durangos que a mãe da moça todo dia 29 repetia a mesma tradição para tentar trazer fortuna aos maltrapilhos.

A Simpatia

No dia 29 de cada mês, deve-se colocar uma nota de dinheiro embaixo do prato de nhoque. Muitos dão preferência ao dólar, já que é uma moeda mais forte e segura. Coma sete bolinhas do nhoque de pé e faça um pedido (A nota deve ser guardada até o dia 29 do mês seguinte). Depois sente-se e coma o restante do banquete.


Nhoque de espinafre

Ingredientes:
 1/2 xícara de ricota fresca (100 g)
. 1 gema
. 1/2 xícara de farinha de trigo
. 2 batatas cozidas e amassadas
. 1 maço de espinafre cozido1
. Sal e pimenta-do-reino a gosto
Molho:
. 1/4 de xícara de azeite
. 2 latas de tomate pelado
. Sal e pimenta-do-reino a gosto
Para polvilhar:
. 1/2 xícara de parmesão ralado
Modo de preparo:
Numa tigela, misture a ricota, a gema, a farinha e a batata. Pique o espinafre e junte à massa. Ponha sal, pimenta e misture bem. Ferva 5 litros de água. Retire colheres (chá) da massa, passe na farinha de trigo e cozinhe o nhoque em pequenas porções até subir à superfície. Retire com a escumadeira.
Molho: Aqueça o azeite e junte o tomate. Ferva por cinco minutos. Amasse o tomate e tempere com sal e pimenta. Sirva com o nhoque e o queijo.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Torta de Chocolate


Torta de Chocolate

Serve: 8 pessoas
Dificuldade: fácil
Preparação: 60 minutos
Ingredientes:

7 ovos;
150 g de açúcar em pó;
1 dl de vinho do Porto;
150 g de farinha;
80 g de chocolate em pó;
12 gemas;
250 g de açúcar.
Preparação:
Ligue o forno a 180º C.
Unte um tabuleiro com manteiga, forre-o com papel vegetal, que também deve untar e reserve.
Bata então sete gemas com o açúcar em pó, até esbranquiçar, e perfume-as com o vinho do Porto.
Levante depois as claras e peneire a farinha com o chocolate.
Envolva tudo isto, em alternado, na mistura das gemas e verta para o tabuleiro.
Leve ao forno, por cerca de 25 minutos.
Entretanto, leve o açúcar ao lume, com um decilitro de água e deixe ferver, até obter ponto fio.
À parte, bata as gemas com um garfo e regue-as com a calda anterior, em fio e mexendo sempre.
Leve a lume brando, não parando de mexer, até engrossar.
Retire e deixe arrefecer.
Desenforme a massa sobre um pano polvilhado  com açúcar e barre-a com o doce de ovos.
Enrole cuidadosamente, decore a seu gosto e sirva.
Dica: Antes de enrolar a torta, polvilhe o doce de ovos com canela ou pinhões.

Receita Lasanha Individual


lasanha-individual-1

Receita Lasanha Individual
ngredientes:
1 caixa de massa seca de lasanha 500 grs
Queijo ralado grossamente
Recheio de Carne
1 kg de carne moída
1/2 cebola picada
1 lata de tomates pelados
Cheiro verde a gosto
Sal a gosto
Óleo
Molho Branco
1/2 l de leite
1/2 cebola picada
1 colher de margarina
1/2 colher de amido de milho
1 caixinha de creme de leite
Pimenta do reino a gosto
Sal a gosto
Recheio de Carne
1. Tempere a carne moída a seu gosto, refogue a cebola no óleo e junte a carne, cozinhe a carne, acrescente uma lata de tomates pelados já amassadinhos o cheiro verde e deixe ferver.
Molho branco
1. Refogue a cebola picada na margarina com uma pitada de pimenta do reino, acrescente o leite e coloque o sal, mexa e não deixe ferver.
2. Dissolva o amido de milho em um pouquinho de água e junte na panela, quando o molho começar a engrossar apague o fogo e misture a caixinha de creme de leite
Massa:
1. Pegue uma panela grande com bastante água e sal.
2. Depois que a água estiver fervendo, coloque as “folhas” de lasanha e deixe cozinhas apenas por 2 minutos.
3. Escorra e coloque a massa em um pranto com um pouco de manteiga, ou azeite para não grudar.
lasanha-individual-2
Montagem:
1. Pré aqueça o forno a 190 graus. Pegue uma assadeira de cupcakes e coloque pedaços de papel manteiga cortados em forma de quadrado para ficar mais fácil de tirar a lasanha quando ela estiver pronta.
2. Comece a montagem colocando uma “folha”de lasanha em volta da assadeira como se você estivesse fazendo um copinho.
3. Coloque mais ou menos 1/2 colher de sopa de recheio de carne no fundo da assadeira e por cima coloque molho branco. Corte uma “folha”de lasanha em várias partes para colocar por cima do recheio de cada “copinho” de lasanha.  Coloque um pouco de molho branco e mais 1/2 colher de sopa de recheio de carne.
4. Repita o terceiro passo mais uma vez e depois coloque mais uma camada de “folha”de lasanha. Termine colocando bastante queijo ralado grossamente por cima.
5. Leve ao forno até que o queijo derreta e a massa esteja cozida, mais ou menos 30 minutos.
Agora é só saborear essa delícia. Tenho certeza que essa lasanha individual vai ser sucesso no seu jantar!!!
http://www.chiquedebonito.com.brf

quinta-feira, 25 de junho de 2015

A importância da “VITAMINA” D3 leia !


sol-vitamina-d3

A vitamina D é um hormônio esteroide lipossolúvel essencial para o corpo humano e sua ausência pode proporcionar uma série de complicações. Afinal, ela regula 3000 genes, o que é notável quando se considera que o corpo humano tem apenas entre 20-25,000 genes totais. A principal fonte de produção da vitamina se dá por meio da exposição solar, pois os raios ultravioletas do tipo B (UVB) são capazes de ativar a síntese desta substância. Alguns alimentos, especialmente peixes gordos, são fontes de vitamina D, mas é o sol o responsável por 80 a 90% da vitamina que o corpo recebe. Ela também pode ser produzida em laboratório e ser administrada na forma de suplemento, quando há a deficiência e para a prevenção e tratamento de uma série de doenças.

A vitamina D é necessária para a manutenção do tecido ósseo, ela também influencia consideravelmente no sistema imunológico, sendo interessante para o tratamento de doenças autoimunes, como a artrite reumatoide e a esclerose múltipla, e no processo de diferenciação celular, a falta deste nutriente favorece 17 tipos de câncer.

Esta substância ainda age na secreção hormonal e em diversas doenças crônicas não transmissíveis, entre elas a síndrome metabólica que tem como um dos componentes o diabetes tipo 2.

O consumo da vitamina D é essencial para as gestantes, a falta dela pode levar a abortos no primeiro trimestre. Já no final da gravidez, a carência do nutriente favorece a pré-eclâmpsia e aumenta as chances da criança ser autista.

A vitamina D foi denominada desta forma em 1922, pois naquela época acreditava-se que ela só poderia ser obtida por intermédio da alimentação. Ela foi batizada de D por ter sido a quarta substância descoberta, depois das vitaminas A, B e C. A partir da década de 1970 os pesquisadores descobriram que a vitamina D poderia ser sintetizada pelo organismo, ou seja, na realidade ela é um hormônio, não uma vitamina.

Recentemente, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados sobre a alimentação do brasileiro, apontando que os níveis de vitamina D estão abaixo do recomendando para 99,2% das mulheres entre 19 e 59 anos e 99,6% dos homens da mesma idade.

Benefícios comprovados da vitamina D

Fortalece os ossos: A vitamina D é necessária para a absorção do cálcio pelos ossos. Pessoas com deficiência de vitamina D chegam a aproveitar 30% menos de cálcio proveniente da dieta. O cálcio é responsável por fortalecer ossos e dentes. A deficiência deste nutriente pode causar o raquitismo na infância e a osteoporose na vida adulta. Um exemplo da importância da combinação dessas duas substâncias é que sempre que a recomendação de suplementação de cálcio é recomendada ela é feita juntamente com a vitamina D para atuar na absorção do mineral.

Uma pesquisa feita pela Universidade de Zurique com 40.000 pessoas com mais de 65 anos observou que a suplementação de vitamina D reduz em 20% o risco de fraturas no quadril e em outras regiões com exceção da coluna vertebral.

Protege o coração: A vitamina D participa do controle das contrações do músculo cardíaco, necessárias para bombear o sangue para o corpo. Além disso, ela permite o relaxamento dos vasos sanguíneo e influencia na produção do principal hormônio regulador da pressão arterial, a renina.

A falta da vitamina D pode levar ao acúmulo de cálcio na artéria, favorecendo o risco de formação de placas. Com todas essas questões, as chances de desenvolver doenças cardiovasculares como insuficiência cardíaca, derrame e infarto são maiores em pessoas com deficiência de vitamina D.

Uma pesquisa feita com 50.000 homens pelo Harvard School of Public Health durante dez anos observou que aqueles que tinham deficiência em vitamina D possuíam duas vezes mais chances de sofrer um ataque cardíaco do que os homens que não tinham a deficiência.

Gravidez segura: A vitamina D é muito importante para as gestantes. No primeiro trimestre a falta dela pode levar a abortos. Em casos de abortos múltiplos no início da gravidez, pode ser que o sistema imunológico da mãe esteja rejeitando a implantação do embrião. Como a vitamina D age no sistema imunológico, ela pode corrigir este problema.

A vitamina D é essencial na gravidez - Foto: Getty Images
A vitamina D é essencial na gravidez

Além disso, no final da gravidez, a ausência da vitamina D pode causar a pré-eclâmpsia, doença na qual a gestante desenvolve a hipertensão. Afinal, esta substância influência na produção da renina, principal hormônio regulador da pressão arterial. A falta de vitamina D também aumenta as chances da criança ser autista, pois ela é importante para o desenvolvimento do cérebro do bebê.

Uma pesquisa publicada no The American Journal of Clinical Nutrition feita com mais de 1000 gestantes, observou que quando a mulher ingere a vitamina D os riscos do bebê desenvolver problemas respiratórios diminuem.

Outro estudo feito pela Universidade da Carolina do Sul, dos Estados Unidos, com 500 gestantes observou que o suplemento de vitamina D previne problemas como diabetes gestacional, parto prematuro e infecções.

Boa para prevenir e controlar o diabetes: O fato da vitamina D influenciar a produção de renina também é interessante para prevenir o diabetes, pois a falta desta substância favorece a doença. Além disso, a produção de insulina pelo pâncreas requer a participação da vitamina D.

Como a diabetes tipo 1 é uma doença autoimune, a vitamina D torna-se interessante por ser um imunoregulador que inibe seletivamente o tipo de resposta imunológica que provoca a reação contra o próprio organismo.

Um estudo realizado pelo Institute of Child Health da Inglaterra acompanhou 10.000 crianças finlandesas desde o nascimento e observou que aquelas que receberam regularmente suplementos da vitamina tiveram 90% menos chances de desenvolver diabetes tipo 1.

Boa para os músculos: A vitamina D contribui para a força muscular, portanto, sua ausência leva a perda dessa força e aumenta o risco de quedas e fraturas. Uma pesquisa feita pela Universidade de Zurique com pessoas acima de 65 anos observou que o consumo de vitamina D pode diminuir o risco de quedas em 19%.

Benefícios em estudo da vitamina D

Tratamento de doenças autoimunes: a vitamina D já está sendo utilizada no tratamento de doenças autoimunes, condição que ocorre quando o sistema imunológico ataca e destrói tecidos saudáveis do corpo por engano. A vitamina D é um imunoreguloador que inibe seletivamente o tipo de resposta imunológica que provoca a reação contra o próprio organismo. O tratamento de doenças autoimunes com vitamina D é algo recente, mas é visto por especialistas como um grande avanço da medicina.

Algumas das doenças autoimunes que podem ser tratadas com altas doses de vitamina D são: esclerose múltipla, artrite reumatoide e problemas oftalmológicos que podem comprometer seriamente a visão do indivíduo e para os quais o tratamento costumava ser muito difícil.
O neurologista Cícero Galli Coimbra, professor associado e pesquisador da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), já tratou cerca de 1.200 pacientes com esclerose múltipla e muitos outros com diferentes tipos de doenças autoimunes utilizando principalmente o tratamento com doses de vitamina D.
O tratamento pode não só evitar que a doença avance como também proporcionar a recuperação de sequelas recentes. Tudo irá depender da doença e do tempo que a pessoa tem as sequelas, por isso o quanto antes iniciar o tratamento, melhor.
É importante ressaltar que este tipo de tratamento com suplementos de vitamina D deve ser realizados somente por médicos, pois o consumo em excesso da substância por conta própria pode causar sérios problemas para a saúde.
Outro estudo publicado no Journal of The American Medical Association feito com 7 milhões de norte-americanos constatou que o consumo de suplementos de vitamina D está associado ao menor risco de esclerose múltipla.

Previne e ajuda no tratamento do câncer: A falta de vitamina D favorece 17 tipos de câncer, como os de mama, próstata e melanoma. Isto ocorre porque a substância participa do processo de diferenciação celular, que mantém as células cardíacas como células cardíacas, as da pele como da pele e assim por diante. Desta maneira ela evita que as células se tornem cancerosas. Além disso, a vitamina D ainda promove a autodestruição das células cancerosas.

Por essas razões, alguns estudos mostraram que além de prevenir o câncer, o consumo de altas doses dessa substância pode ser eficaz no combate a determinados tipos de câncer. Porém, neste caso também é necessário que a ingestão dos suplementos de vitamina D sejam realizados com o acompanhamento médico.

De acordo com o National Cancer Institute dos Estados Unidos há diversos estudos que apontam que a vitamina D é uma aliada no tratamento do câncer, especialmente do colorretal, de próstata e do seio. Porém, o instituto também diz que ainda são necessários mais estudos.

Boa para autistas: Como a vitamina D é importante para o desenvolvimento do cérebro, ela ajuda a prevenir o autismo durante a gestação. Caso a pessoa tenha esta condição, continua interessante que ela obtenha a vitamina D, o que muitas vezes não ocorre facilmente por meio da exposição solar, fonte da substância, pois o indivíduo passa muito tempo em ambientes fechados.

Um estudo realizado pelo Children?s Hospital Oakland Research Institute, nos Estados Unidos, observou que três hormônios do cérebro que afetam o comportamento social, serotonina, ocitocina e vasopressina, são ativados pela vitamina D.

Previne gripe e resfriado: Este benefício tem sido estudado com base em alguns problemas causados pela falta de vitamina D. Crianças com deficiência de vitamina D tem mais chances de desenvolver infecções respiratórias. Já adultos com menores quantidades de vitamina D contraem mais resfriados e problemas no trato respiratório.

Uma pesquisa publicada no The American Journal of Clinical Nutrition que contou com a participação de 340 crianças japonesas durante quatro meses observou que os riscos de contrair gripe diminuiu no grupo que ingeriu o suplemento de vitamina D.

Diminui o risco de morte prematura: Uma pesquisa publicada no Archives odfInternal Medicine sugere que tomar suplementos de vitamina D podem reduzir as taxas de mortalidade. O estudo observou o resultado de 18 estudos que contaram no total com cerca de 60.000 participantes e constatou que o consumo de suplementos de vitamina D diminui em 7% o risco de mortalidade por qualquer causa.

Efeitos colaterais

Quando consumida dentro das quantidades recomendadas a vitamina D não tem efeitos colaterais. Porém, quando ingerida em excesso pode prejudicar os rins por causar o aumento da absorção de cálcio. Por isso, é importante que o consumo além do recomendado desta vitamina seja feito com acompanhamento médico.

O quanto obter de vitamina D

Segundo diversos estudos realizados recentemente, entre eles um da Universidade do Wisconsin, Estados Unidos, e outro da Universidade de Toronto, Canadá, a orientação para pessoas com mais de 50 quilos é consumir entre 5.000 e 10.000 unidades de vitamina D. O mesmo vale para as gestantes e lactantes.

No caso das crianças a orientação é ingerir até 1.000 unidades de vitamina D para cada 5 quilos de peso. Então, uma criança que pesa 30 quilos, por exemplo, pode ingerir até 6.000 unidades de vitamina D.

Como obter a vitamina D

Apesar de estar presente em alimentos de origem animal, estas comidas não possuem a quantidade de vitamina D que o organismo necessita. Por isso, para evitar a carência da substância é importante tomar de 15 a 20 minutos de sol ao dia. Braços e pernas devem estar expostos, pois a quantidade de vitamina D que será absorvida é proporcional a quantidade de pele que está exposta.

Ao se expor ao sol para obter a vitamina é importante não passar o filtro solar. Para se ter uma ideia, o protetor fator 8 inibe a retenção de vitamina D em 95% e um fator maior do que isso praticamente zera a produção da substância. Para evitar o câncer de pele, após os 15 a 20 minutos recomendados para obter a vitamina, passe o protetor solar.

As janelas também atrapalham a absorção da vitamina D. Isto porque os raios ultravioletas do tipo B (UVB), capazes de ativar a síntese da vitamina D, não conseguem atravessar os vidros.

A exposição ao sol da maneira recomendada irá proporcionar as 10 mil unidades de vitamina D. Como a exposição solar já irá proporcionar boas quantidades da substância, é importante que a necessidade do indivíduo seja analisada por um profissional da saúde a fim de saber se apenas o sol é o suficiente ou se é preciso uma alimentação rica na substância ou suplementação.
http://www.segundo-sol.com/

Como plantar gengibre em casa (é muito fácil!)


[Imagem: como%2Bplantar%2Bgengibre%2Bem%2Bcasa.jpg]

Como plantar gengibre em casa (é muito fácil!)
A fama medicinal do gengibre já existia na China há mais de 3.000 anos. Muitos anos depois, ele chegou à Europa, que o levou para o restante do mundo. No passado, o gengibre era um produto muito cobiçado e, por isso, bastante caro. Na Inglaterra do século XIV, meio quilo dele poderia custar tanto quanto uma ovelha. Hoje o gengibre é muito utilizado pela sua capacidade de acelerar o metabolismo, importante para quem quer perder peso. Ele também possui atividade anti-inflamatória e analgésica, sendo por isso indicado para auxiliar o tratamento de inflamações e dores. Ele tem muitas outras propriedades medicinais. Por exemplo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece e recomenda o seu uso como remédio natural para enjoo. Além disso, é usado para tratar problemas digestivos, perturbações respiratórias, inflamação das articulações e dores menstruais.

Normalmente nós compramos o gengibre na feira ou no supermercado. Mas você sabia que é possível plantar gengibre em casa? Não? Pois fique sabendo que é. E é isso que você vai aprender agora.

PLANTANDO GENGIBRE EM CASA: A SELEÇÃO DE UMA RAIZ

O gengibre encontrado no supermercado pode ser usado na propagação de mudas caseiras. Selecione os rizomas (raízes) que são grossos e lisos. Se a pele estiver seca e caindo, são sinais de que o gengibre pode ter sido armazenado por muito tempo, ou seja, está velho, o que impossibilita o seu replantio.
Se o gengibre já estiver brotando, melhor ainda, pois ele é uma potencial muda.

Escolhido o rizoma com a capacidade de ser semente, envolva a raiz em uma toalha úmida de papel e coloque-a num vaso.

Mantenha essa toalha sempre úmida.

Quando houver uma boa quantidade de raízes brotando, já poderemos plantar o gengibre
O PLANTIO
[Imagem: como%2Bplantar%2Bem%2Bgengibre%2Bem%2Bca...2Bedit.jpg]
Encha um vaso profundo com pelo menos 30 cm de profundidade e largura (e use uma bandeja de drenagem) com uma mistura de terra e adubo (esterco).

Um recipiente desse tamanho deve acomodar de duas a três raízes.
Plante os rizomas logo abaixo da superfície do solo e cubra com uma camada fina de terra (uns 2 centímetros).

Mantenha o vaso num lugar com sombra se estiver no lado de fora da casa ou, se estiver dentro, num cômodo com baixa incidência de luz solar.

Inicialmente, regue com moderação, mas aumente assim que as raízes crescerem mais. O gengibre gosta de calor e umidade.

Mantenha o solo úmido, mas não encharcado e em temperatura de pelo menos 23 graus.

Em 12 meses, os brotos devem ter cerca de 60cm a 70cm de altura.

A COLHEITA

Se as plantas estiverem crescendo normalmente, os rizomas podem ser colhidos conforme a sua necessidade. Um pedaço da raiz pode ser cortado e o que sobrou, devolvido ao solo para um crescimento contínuo.


Fonte:
Cura pela Natureza: Como plantar gengibre em casa (é muito fácil!)

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Carpaccio de beterraba com rúcula e creme de iogurte natural


Carpaccio de beterraba com rcula e creme de iogurte - La Cucina Piemontese (Foto: Divulgao)

Ingredientes

150g de beterraba crua, sem casca e cortada bem fininha com a ajuda de um mandolim
1 pote de iogurte natural integral ou desnatado
1 colher (chá) de suco de limão
1 colher (sopa) de salsinha
1 dente de alho amassado
1 pitada de sal
Baby rúcula
Modo de preparo

Disponha as fatias finas de beterraba em um prato e reserve.
Misture todos os demais ingredientes (menos a rúcula) com um garfo até ficar bem homogêneo.
Coloque por cima das beterrabas e finalize com as baby rúculas ou brotos de sua preferência.
gnt

terça-feira, 23 de junho de 2015

Canela do bem ! leia!



Uma das especiarias mais antigas do mundo, a canela é perfeita para dar sabor à vários pratos, tanto doces como salgados.

Eu gosto de usar no iogurte com frutas, na carne moída (receita aqui), no frango com especiarias, e até nos crepes proteícos que ainda não passei a receita para vocês

A lista de benefícios é enorme! E dentre elas, escolhi algumas:

Ÿ• Melhora os quadros de gripe: que tal um chazinho com canela?
Ÿ• Eficaz em quadros infecciosos: possui propriedades antibacterianas, antivírus, antiparasitas e antissépticas.
Ÿ• Combate cólicas menstruais
Ÿ• Auxilia na digestão e eficaz contra gazes, náuseas, diarréia e indigestão.
Ÿ• Estimulante cerebral
Ÿ• Diminui os riscos de problemas cardíacos
Ÿ
E não pára por aí! Quer saber os benefícios da canela no processo de emagrecimento e beleza?

• Efeito termogênico:A canela  é capaz de aumentar a temperatura corporal, ajudando na queima de gorduras.
• Atrasa o esvaziamento gástrico: Ela faz o estômago esvaziar mais devagar. Assim, a fome demora mais para chegar.
• Diminui a vontade de comer doce: Pelo seu sabor adocicado, ela pode ser usada no leite, nas frutas e vitaminas, controlando assim a vontade por doce.
Ÿ• Melhora a circulação sanguínea: diminuindo o edema e a celulite.
Ÿ• Diminui o colesterol Ÿe reduz os níveis de açúcar do sangue.

A recomendação é usar uma colher de chá por dia e não mais que isso, pois em excesso ela pode ser tóxica.
E atenção! Pessoas com pressão baixa e gestantes não devem consumir canela. Algumas pesquisas dizem que ela tem efeito abortivo, além de diminuir a pressão arterial.
http://blogdamimis.com.br/

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Bolo de Coco sem glúten


SONY DSC

INGREDIENTES:

1 caixinha de leite condensado (395g)
100g de coco ralado
4 ovos
1 colher (chá) de fermento em pó
Cobertura:

1/3 caixinha de leite condensado
2 colheres (sopa) de leite de coco ou leite de vaca
50g de coco para salpicar
MODO DE PREPARO:

1- No liquidificador bata bem os ovos, o leite condensado e o coco (aproximadamente 2- 3 minutos). Por último adicione o fermento em pó e bata rapidamente apenas para incorporar.

2- Em uma forma retangular untada e polvilhada com farinha de arroz ou amido de milho, adicione a massa do liquidificador.

3- Leve ao forno pré-aquecido a 180° por aproximadamente 40 – 45 minutos.

4- Espere esfriar um pouco e desenforme.

5- Para calda misture o leite condensado com o leite e leve ao fogo apenas para aquecer rapidamente, despeje sobre o bolo e salpique coco ralado.

6- Sirva a seguir.
http://www.receitasetemperos.com.br/

domingo, 21 de junho de 2015

Brownie Floresta Negra (Torta Pecatto)



Massa do brownie:
2 Ovos
125g Manteiga sem sal
45g de chocolate em pó
250g de açúcar
60g de farinha de trigo
90g de castanha de caju quebrado
Cobertura:
100ml creme de avelã (Nutella) – (colocar 20 segundos no micro-ondas para amolecer um pouco mais)
200ml de Chantilly
Morangos frescos e cerejas em calda com cabo para decorar
Caldo de chocolate (tipo ganache) para decorar
Método de preparo:
Derreter a manteiga e acrescentar o chocolate em pó. Reservar. Na batedeira, bater os ovos, acrescentar o açúcar e bater bem. Desligar. Acrescentar aos ovos a mistura da manteiga com chocolate e aos poucos o trigo peneirado. Acrescente castanha de caju quebrado.
Levar para assar por 30 a 35 minutos numa forma de fundo removível forrada com papel manteiga (só no fundo) a 180 graus. Retirar da forma e cobrir o brownie com o creme de avelã (nutella). Bater o chantilly e confeitar a torta com auxílio de um bico de confeitar.
Distribuir os morangos e as cerejas. Colocar o caldo de chocolate (tipo ganache) dentro de um saco plástico e fazer fios sobre a torta.
Guten Appetit!

Torta de frango com massa de ricota


Torta de frango com massa de ricota

Comece fazendo o recheio, pois ele tem que estar frio quando você o colocar na fôrma.

Eu usei 1 peito de frango cozido e desfiado, 1 lata de milho verde, azeitonas, pimentão vermelho e verde e ervilha. Tudo refogado com azeite, alho e cebola e temperado com sal e pimenta calabresa. No final, juntei uma pouco menos de 1 pote de catupiry, misturei bem, juntei salsinha picada e reservei. NO final, seu recheio deve estar cremoso, mas não muito líquido, ok?

A massa é fácil de fazer e essa daqui tem uma diferença bacana – o uso do creme de ricota, que a deixa mais leve.

Numa tigela misture 2 ovos batidos, 150gr de manteiga amolecida, 150gr de creme de ricota e uma colher (chá) de sal. Misture e junte a farinha de trigo. A quantidade pode variar um pouco até chegar no ponto, mas dá mais ou menos 1/2kg de farinha de trigo.

O lance é misturar bem os ingredientes até virar uma massa homogênea, que você consiga moldar em forma de bola. Envolva a massa em plástico filme e leve à geladeira por 30 minutos. Depois, é só dividir a massa – reserve 1/3 dela para a cobertura da torta. Com o restante, você abre com um rolo e forra o fundo e as laterais de um fôrma de fundo removível.

Junte o recheio, que deve estar bem frio, e cubra a torta com o restante da massa, também aberta com um rolo. Com os dedos vá enrolando a parte da lateral com a da cobertura, para fechar bem a torta. Pincele uma gema, misturada com um pouquinho de água, sobre a torta e leve ao forno médio preaquecido por uns 40 minutos ou até que a massa esteja douradinha.
http://www.pimentanoreino.com.br/

sábado, 20 de junho de 2015

Mousse Nhá Benta


Page 73

Mousse Nhá Benta
O preparo:  é feito em 2 etapas: mousse de chocolate e marshmallow
Ingredientes para  mouse:
170g ou q barra de chocolate meio amargo

170g ou 1 barra de chocolate ao leite

1 lata de creme de leite sem soro

4 claras em ponto de neve

-1 pitadinha de sal (cerca de  1/3 colher de café rasa de sal)
Ingredientes para Marshmallow:

2 claras em neve

1 xícara de açúcar

1/2 xícara d’água

1 colher de sopa de mel karo

1 pitadinha de sal

Para decorar:

-1/2 barra ou cerca de 80g de chocolate ao leite ralado

Rale 1/2 barra de chocolate ao leite no ralador e reserve.
Modo de Preparo: Primeiro derreta as barras de chocolate ao leite e meio amargo juntas, no micro ondas.

Depois retire o ‘soro” do creme de leite e incorpore o creme de leite já em soro ao chocolate derretido, formando uma ganache  e reserve.
Bata as 4 claras em ponto de neve firme e acrescente uma pitadinha de sal.

Bater as claras após o preparo da ganache, senão elas correm o risco de ‘aguar’ e não estarão em ponto de  ‘pico’, necessário para uma textura firme e aerada da mousse. Bata as 4 claras em ponto de neve firme e acrescente uma pitadinha de sal. Claras em neve, em ‘picos’ e ganache prontos é hora de juntar os dois.
Claras em neve, em ‘picos’ e ganache prontos é hora de juntar os dois.

Incorpore a ganache  as claras em neve

Melhor dividir as claras em 3 partes e ir incorporando aos poucos, cuidadosamente, para garantir que  a mistura fique homogênea e aerada.
Marshmallow – Parte II

Leve uma panela ao fogo alto, com 1 xícara de açúcar  e 1/2 de água. E deixe ferver até o ponto de fio

Ponto de fio é quando você pega um pouco com a colher e ao despejar não está mais líquida, forma um fio.
Coloque as claras na batedeira + uma pitada de sal, lembrando que o bowl  deve estar sempre limpo e seco e as claras em temperatura ambiente, sem nenhum pontinho de gema.

Só ata as claras quando a calda já estiver engrossada  e pronta ou quase no ponto de fio.
Junte a calda em de açúcar em fio as claras batidas
Coloque uma colher de mel karo e bata por, pelo menos, 10 a 20 minutos, dependendo da batedeira.  E este é o ‘segredo’, bater bastante,  para deixar seu marshmallow, além de gostoso, brilhante e lindo. (Bati por 15min)

Para dar brilho extra, antes de bater, acrescente 1 colher de sopa de glucose de milho, mas é  opcional. Distribua o marshmallow sobre o mousse pronto e reservado.
Decore com as raspas de chocolate
O ideal é prepara-la no dia anterior, a consistência fica mais firme e o sabor muito mais gostoso se feito um dia antes.
http://www.montaencanta.com.br/

Bolo de Mexerica e Cachaça



Ingredientes:
1 colher de sopa (bem cheia) de manteiga
4 gemas
2 xícaras de açúcar cristal
250 ml. de suco natural de mexerica = 1 copo de requeijão de suco (ou se for suco concentrado, faça uma mistura com 150 ml. de suco com 100 ml. de água.)
3 colheres de sopa de cachaça
3 xícaras de farinha de trigo
2 colheres (de sopa) de pó de Tang ou La frutta, sabor tangerina
4 claras batidas em neve
raspinhas da casca de 2 mexericas
1 colher de sobremesa de Pó Royal.

Calda
3/4 xícara(s) de chá de suco de mexerica
3/4 xícara(s) de chá de água
1 colher(es) de sopa de suco de limão
1 e 1/2 xícaras de chá de açúcar
1 colher de sopa de cachaça
1 colher de chá de pó de Tang

Modo de Fazer:
Bater a manteiga com o açúcar, adicionando depois as gemas.
O suco é colocado aos poucos. Colocar a farinha e o pózinho de Tang, bater bem. Logo após, adicione a cachaça, as claras em neve e por último, as raspas de mexerica e o Pó Royal. Assar em formo quente.

Faça uma calda grossa, que não vai ao fogo. A dica qui é colocar primeiro os secos em um pote alto e ir pingando a mistura dos líquidos, para ver a consistência cremosa (não pode ficar muito rala).
Despeje sobre o bolo ainda quente, espalhando com uma espátula ou colher. Deixe esfriar para partir.

Outra dica: Se quiser esperar primeiro o bolo esfriar para virar e só depois cobrir com a calda, faça assim:
                  Vire o bolo frio e  pronto em um prato que vá à mesa (vidro ou plástico). Leve o bolo ao
                  microondas por 1 minuto para esquentar, retire e depois despeje a calda. Espere endurecer e
                  sirva!
 Margarete Brandão

sexta-feira, 19 de junho de 2015

sopa de cebola!



INGREDIENTES
B 1kg de cebola
B 50g de manteiga
B 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
B 1L de caldo de galinha
B Noz-moscada
B Tomilho
B 1 pão
B Queijo parmesão ralado
B Sal e pimenta-do-reino a gosto
MODO DE PREPARO
1 Descasque as cebolas e pique-as em fatias. Aqueça uma panela e adicione a manteiga. Deixe derreter.
2 Corte algumas fatias de pão e coloque para tostar. Quando a manteiga estiver derretida, adicione a cebola à panela. Tempere com noz-moscada ralada, pimenta-do-reino e sal a gosto. Adicione duas colheres (sopa) de farinha de trigo. Mexa para diluir bem. Quando estiver bem misturado, coloque um ramo de tomilho e o caldo de galinha. Deixe cozinhar por uns dez minutos.
3 Depois do cozimento, coloque a sopa em cumbucas para serem levadas ao forno. Coloque as fatias de pão por cima e uma quantidade generosa de queijo parmesão ralado.
4 Leve ao forno por cinco minutos e sirva a sopa.
Olivier Anquier

Salada de berinjela frita com molho de iogurte


Cozinha Prtica - 4 Temporada - Ep.3 - Salada de berinjela frita (Foto: Editora Panelinha/Gilberto Jr.)


Ingredientes

  • 2 berinjelas
  • 3 pepinos japoneses
  • 2 xícaras (chá) de tomates sweet grape
  • ½ xícara (chá) de folhas frescas de salsinha, hortelã, manjericão e coentro
  • 1 pote de iogurte natural (170 g)
  • 1 ½ xícara (chá) de óleo
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 dente de alho
  • 1 e ½ colher (chá) de sal
  • 1 pitada de pimenta-síria

Modo de preparo

  1. Lave e seque as berinjelas. Em uma tábua, divida os legumes ao meio, no sentido do comprimento. Corte em meias-luas de um centímetro de espessura (se a berinjela for grande, corte novamente ao meio no comprimento e fatie). Transfira para uma tigela, adicione uma colher (chá) de sal e misture bem - isso reduz o amargor do legume. Deixe descansar por dez minutos. Enquanto isso, separe os outros ingredientes: lave e seque os pepinos, os tomates e a salsinha. Corte os pepinos ao meio, no sentido do comprimento, e cada metade em fatias de meio centímetro de espessura. Corte os tomatinhos ao meio, pique fino as ervas e descasque o alho. Transfira as berinjelas para uma peneira e deixe escorrer. Seque cada um dos pedaços com um pano de prato limpo (ou papel toalha) – isso evita que o óleo espirre na hora de fritar – e transfira para uma tigela. Leve uma panela pequena com o óleo para aquecer em fogo médio – para saber a temperatura certa para fritar, coloque um palito de fósforo no óleo
  2. quando acender, está no ponto. Prepare uma travessa, forrando com papel-toalha. Assim que o óleo aquecer, diminua o fogo e adicione algumas fatias de berinjela por vez, delicadamente. Frite até dourar. Com uma escumadeira, transfira para a travessa forrada. Repita o procedimento com todas as fatias. Enquanto as berinjelas esfriam, prepare o molho: num pilão, macere o alho com meia colher (chá) de sal. Transfira para uma tigela e junte o iogurte, o azeite e a pimenta-síria e misture bem. Numa travessa grande, misture o pepino com o tomate e regue com um fio de azeite. Cubra com a berinjela e salpique com as ervas. Sirva a seguir com o molho de iogurte.
  3. Rita Lobo

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Palitos de Laranja Cristalizada com Chocolate



Ingredientes:
1 laranja grande
3/4 de xícara de açúcar granulado
1/2 xícara de água
3/4 xícara de chocolate meio amargo picado
Usando um descascador, corte tiras largas de 3 cm de comprimento de casca de laranja. Coloque uma pequena panela de água para ferver e cozinhe as cascas de laranja por 10 minutos. Escorra as cascas, lavar com água fria, e ferver em água fresca por mais 10 minutos. Repetir este processo mais uma vez.

Leve o açúcar e a água para ferver em uma panela média e mexa de vez em quando até que o açúcar se dissolva e a mistura ficar reduzida um pouco, cerca de 5 minutos. Adicione as cascas de laranja e continuar fervendo por 15 minutos. Transfira a casca de laranja cristalizada para um escorredor e deixe-a descansar sem mexer por 45 minutos.

Forre uma assadeira com papel manteiga. Coloque o chocolate em banho-maria sobre água fervente, e mexa até que o chocolate fique derretido e liso. Mergulhe a 2/3 do comprimento de cada tira de laranja cristalizada no chocolate, deixando 1/3 da casca exposta, e coloque-o na assadeira forrada com papel manteiga. Deixe o chocolate endurecer,  antes de servir. Fonte: Fancy Edibles

CURRY TAILANDÊS DE FRANGO COM ABÓBORA


Chiang Mai Curry Restaurante Mestiço  Chef Ida de Abreu

Ingredientes
1 porção
200 g de frango fatiado
100 g de abóbora-japonesa cortada em retângulos finos
1/2 xícara (chá) de leite de coco
1/2 xícara (chá) de água;
1 1/2 colher (sopa) de óleo
1 colher (sopa) rasa de alho picado
1 colher (chá) de molho de soja;
1 colher (chá) de nampla (molho de peixe);
1/2 colher (chá) de pasta vermelha de curry;
1/2 colher (chá) de açúcar mascavo
10 folhas de manjericão tailandês
Folha de limão-cravo finamente cortada para decorar
Modo de preparo
1 Coloque o óleo em uma panela, junte o alho e frite ao fogo médio.
2 Adicione o curry vermelho e deixe refogar um pouco.
3 Junte a abóbora, refogue bem, acrescente o frango e deixe cozinhar.
4 Acrescente o molho de soja e mexa até a carne pegar cor.
5 Junte o leite de coco, a água, o nampla, o açúcar e o manjericão.
6 Aumente o fogo e deixe o líquido reduzir até engrossar.
7 Coloque o preparo em um prato e decore com manjericão-tailandês e folha de limão-cravo. Receitas de Ina de Abreu

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Manga com leite faz bem à saúde O mito de que manga com leite faz mal ainda é muito falado nos dias atuais. Saiba mais sobre o assunto ! e veja que a manga com leite é benéfica para à saúde.


595660 A manga com leite faz bem para à saúde. Foto divulgação Manga com leite faz bem à saúde

Misturar o leite com a manga pode ser a combinação perfeita para uma sobremesa, porém muitas pessoas acreditam que essa combinação pode fazer mal para o nosso organismo. Essa é a recomendação que toda a avó gosta de fazer, mas que  muitas pessoas acreditam não passar de um mito criado ao longo dos tempos. Saiba se, afinal, manga com leite faz bem à nossa saúde.
595660 A manga com leite faz bem para à saúde. Foto divulgação Manga com leite faz bem à saúde
A manga com leite faz bem para à saúde. (Foto: divulgação)
MANGA COM LEITE

O mito criado em relação a manga com leite surgiu desde a época do Brasil Colonial. O leite nessa época era um alimento muito raro e caro, sendo consumido especificamente pelos patrões. Como eles não queriam que ele fosse consumido pelos escravos, criou e espalhou a lenda, que permanece até hoje. Sendo assim, restava aos escravos consumir os frutos das mangueiras, que ao contrário do leite, eram produzidas em abundância nas propriedades rurais.
Veja também receita gelada de abacaxi e manga
BENEFÍCIOS DA MANGA E DO LEITE

A combinação de manga com leite é, na verdade, muito saudável. A manga é rica em nutrientes como caroteno e pró-vitamina A, além de conter fosforo, vitamina C, cálcio, lipídeos e proteínas. O leite por sua vez é rico em proteínas, cálcio, vitaminas, fosforo, riboflavina e magnésio. Ou seja, o leite e a manga são fontes de grandes nutrientes essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo.
fonte http://www.mundodastribos.com/

HAVANAS DE CHARQUE COM CREME DE RICOTA DEFUMADA


havanas de charque com creme de ricota defumada

Ingredientes
4 porções
Havanas de charque
100 g de charque (traseiro)
1/2 cebola picada
Salsinha
Cebolinha
Massa para rolinho primavera
Creme de ricota defumada
50 g de ricota defumada
20 g de nata
20 g de requeijão
Modo de preparo

Havanas de charque
1 Dessalgue o charque, e cozinhe em panela de pressão por 20 minutos.
2 Refogue a cebola, acrescente o charque (desfiado), finalize com salsa e cebolinha; reserve.
3 Corte a massa em 4 partes quadradas e acrescente sobre cada parte o recheio.
4 Feche bem para que a mistura não saia na hora de fritar; frite em óleo a 160 °C até que fique dourada dos dois lados.
Creme de ricota defumada
1 Esmague a ricota até formar uma pasta, acrescente a nata e o requeijão. 2 Misture bem até que tenha um creme bem consistente.
http://prazeresdamesa.uol.com.br/

Carré de cordeiro com tagliatelle de pomodori e basilico, legumes salteados na manteiga e espuma de hortelã !



INGREDIENTES

Carré
250 g de carré de cordeiro (já limpo)
60 ml de manteiga clarificada
4 g de sal
10 g de creme de vinagre balsâmico
75 g de tagliatelle de pomodori
35 g de abobrinha
35 g de berinjela
20 ml de caldo de frango
15 g de manteiga
2 g de manjericão
30 g de tomate cereja
30 ml de molho demi-glace
1 g de chocolate 85% de cacau
Espuma de hortelã

Espuma
80 g de hortelã fresco
75 ml de vermute branco
150 ml de água mineral
85 g de iogurte natural
4 g de lecitina de soja
1 g de xantana

Tagliatelle de Tomate
625 g de farinha de trigo
375 g de semolina
10 g de sal
150 g de tomate em pó
50 g de tomate seco em flocos
10 ovos brancos



PREPARO

Massa
Em um recipiente, junte a farinha, a semolina, o sal e reserve. No liquidificador, bata os ovos, o tomate em pó e o tomate seco até obter uma mistura homogênea. Adicione essa mistura aos ingredientes secos, amassando bem até a massa ficar uniforme e lisa. Com a ajuda de um cilindro manual, abra a massa e corte em formato de tagliatelle. Faça pequenos ninhos, coloque-os em aros e deixe-os em lugar seco e arejado por 48 horas.

Espuma
Em uma panela de inox, ferva 1 litro de água e reserve. Prepare também um recipiente com água fria e gelo. Coloque as folha de hortelã na água fervente por alguns segundos, retire-as e mergulhe-as na água fria e no gelo por alguns segundos. Escorra e reserve. No liquidificador, bata o hortelã com a água por quatro minutos, coe e junte o vermute branco, o iogurte natural, a lecitina de soja e a xantana. Bata novamente no liquidificador por alguns segundos. Coloque a mistura em um mixer na potência máxima até obter a quantidade de espuma necessária.

Carré
Para limpar o carré, retire o cordão e limpe a ponta dos ossos com uma faca de legumes. Tempere com sal e pimenta a gosto e reserve.

Aqueça uma frigideira de fundo grosso em fogo alto, adicione 15 ml de manteiga clarificada e sele o carré de cordeiro de todos os lados, até que a carne fique com uma cor marrom clara. Adicione o restante da manteiga e regue o carré com ela até a carne ficar mais escura. Retire da frigideira, coloque em uma forma de inox, pincele com o creme de vinagre balsâmico e leve ao forno (temperatura de 220°C) até atingir o ponto de sua preferência.



MONTAGEM

Cozinhe os ninhos de massa de tomate em água fervente com um pouco de sal por aproximadamente 4 minutos. Enquanto isso, coloque uma frigideira de inox em fogo médio, adicione 15 ml de manteiga clarificada, a abobrinha e a berinjela e deixe grelhar por alguns minutos. Depois, acrescente o caldo de legumes, o restante da manteiga, a massa previamente cozida, os tomates cereja e as folhas de manjericão fresco. Misture bem. Verifique o sal e a pimenta e reserve.

Com o auxílio de um aro de inox redondo, coloque a massa com os legumes no centro do prato, o carré de cordeiro em volta da massa e regue a carne com o molho demi-glace. Finalize com a espuma de hortelã e com raspas de chocolate para decorar.
chefs Marisa Bonczkovisky e Thomas Boehme

terça-feira, 16 de junho de 2015

CAUSA DE MANDIOQUINHA 
E VEGETAIS


CAUSA DE MANDIOQUINHA E VEGETAIS EDIÇÃO 136

Ingredientes
4 porções
Mandioquinha
600 g de mandioquinha
50 g de azeite
40 g de pasta de pimenta ají amarillo
1 limão
Sal a gosto
Recheio vermelho
120 g de pimentão vermelho assado e picado finamente
100 g de cebola roxa em cubos pequenos
100 g de tomate em cubos pequenos
5 limões
Sal a gosto
Recheio verde
120 g de abacate maduro em cubos pequenos
50 g de castanha-de-caju torrada e picada
15 g de azeite
5 g de coentro picado
5 limões
Sal a gosto
Mandioquinha
1 Descasque, corte e cozinhe a mandioquinha em água com um pouco de sal até ficar cozida, porém firme. 2 Amasse a mandioquinha, passe-a pela peneira e misture o purê com o azeite e o suco de limão. 3 Finalize com a pasta de ají amarillo e leve para gelar.
Recheios vermelho e verde
1 Misture todos os ingredientes do recheio vermelho, corrija os temperos e leve para gelar. 2 Faça o mesmo com os ingredientes do recheio verde.
Montagem
1 Forre formas redondas pequenas com plástico e disponha uma camada do purê, uma camada do recheio vermelho, outra camada de purê e uma camada do recheio verde. 2 Finalize com uma terceira camada de purê, refrigere por meia hora e desenforme nos pratos, antes de servir.
Receita de Vanessa Alves

Bolo de Brigadeiros



Massa:
2 xícaras (400 g) de açúcar
1 3/4 xícaras (220 g) de farinha de trigo
3/4 xícaras (65 g) de chocolate em pó sem açúcar
1 1/2 colher (chá) de fermento em pó
1 1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (chá) de sal
2 ovos
1 xícara (240 ml) de leite
1/2 xícara (120 ml) de óleo
2 colheres (chá) de baunilha
1 xícara (240 ml) de água fervente
Modo de preparo

Preparo:10mins › Cozimento: 30mins › Pronto em: 40mins

Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC) e unte e enfarinhe duas formas redondas.
Misture numa tigela os ingredientes secos: açúcar, farinha, chocolate em pó, fermento, bicarbonato e sal. Coloque os ovos inteiro e vá juntando os outros ingredientes líquidos aos poucos, batendo com a batedeira em velocidade média e deixando a água por último. Despeje a massa na forma redonda média (a massa vai ficar mais líquida).
Leve ao forno e asse por 30-35 minutos, ou até passar no teste do palito. Deixe esfriar, desenforme e reserve.

Brigadeiro Gourmet.

Recheio
2 latas de leite condensado
2 colheres (sopa) de margarina
8 colheres (sopa) de chocolate em pó
Modo de Preparo:
Em uma panela coloque o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó. Leve ao fogo. Mexa bem, até que fique no ponto de brigadeiro mole. Retire e deixe esfriar.

Brigadeiro de coco:

Ingredientes
1 lata de Leite Condensado
1 colher (sopa) de manteiga
4 colheres (sopa) de coco seco ralado
manteiga para untar
Modo de Preparo
Em uma panela, coloque o leite condensado e a manteiga. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até desprender do fundo da panela. Retire do fogo, misture o coco, coloque em um prato untado com manteiga e deixe esfriar!!!

Montagem!!!

Corte o bolo em fatias
E recheie com os brigadeiro de coco, coloque o brigadeiro por cima, enrole alguns e finalizem.

Servir em seguida!!!
do Chef Kadu Barros

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Galinhada Mineira



Ingredientes:
1 k. de pedaços de frango fresco (coxa, sobrecoxa e peito)
3 xícaras de chá de arroz
3 dentes de alho picados
1 tomate picadinho (como para vinagrete)
2 cebolas raladas
o suficiente de óleo de soja, para refogar os ingredientes
3 a 4 copos americanos de água
2 tabletes de caldo de galinha
Água suficiente para cobrir o frango na panela
pimenta à gosto

Para decorar:
Cheiro verde picado
Queijo Minas ralado

Acompanhamento:
Linguiça frita em pedaços
Torresmo frito

Modo de fazer:
Coloque o óleo em uma panela para refogar a cebola e o alho, deixar dourar.  Juntar o frango e 1 tablete de caldo de galinha e o tomate picado. Cubra com água e deixar cozinhar, até que a carne do frango comece a se soltar dos ossos. Reservar a água. Desossar o frango, sem desfiar, deixando pedaços maiores. Voltar com os ossos para panela de água e deixar cozinhar por mais 10 minutos. Em outra panela, refogar o arroz com o outro tablete de caldo de galinha. Acrescentar a carne do frango. Pôr a água que estava reservada, sem os ossos. Cozinhar até a água secar e o arroz ficar cozido.  Salpique o cheiro verde e servir quente. À parte, frite 1/2 k. de linguiça caseira, de boa qualidade, deixando bem torradinha. Pique em pedaços e coloque em uma travessinha. Prepare também o torresmo. Essa galinhada é ótima para o fim de semana, todo mundo vai adorar. Ah, e não esqueça de gelar a cerveja!
nacozinhadamargo

Truques de Confeitaria e Panificação

Realmente, um bom confeiteiro precisa de anos de estudo, prática e conhecimentos. Mas algumas técnicas são simples e podem ser feitas em casa.  Encontrei algumas, geralmente feitas com massa folhada pronta (no caso dos biscoitos e tortinhas) ou com receita básica de pão. O que vale aqui é como é feito o processo:
1 - Pão Caracol:



2 -Pão Girassol:



3 - Cestinhas com massa de pastel:

4- Pão Folhado:

5- Trouxinhas com massa de pastel:

Trevo:

domingo, 14 de junho de 2015

Brioche de Chocolate ! Adorei essa técnica bem diferente para fazer brioches. LEIA!



Adorei essa técnica bem diferente para fazer brioches.
Ingredientes:
600 g de farinha de trigo
250 ml de leite morno
20 g de fermento fresco para pão
90 g de açúcar
90 g de manteiga amolecida
2 ovos
1 colherinha de café de essência de baunilha

1 gema de ovo + um pouco de leite dourar os brioches

Recheio:
Colocar 1 quadradinho de chocolate ou uma colher de chá de Nutella
 
Modo de Fazer:
Prepare a levedura com o leite morno, açúcar, 3 colheres de sopa de farinha de trigo e o fermento. Misture e deixe crescer por 30 minutos. Despeje em uma vasilha.

Em seguida, adicione o ovo, o resto da farinha aos poucos, a manteiga, baunilha ou açúcar de baunilha e sove a massa. Deixe a massa crescer até dobrar de tamanho e ficar leve.

Depois abra a massa com 0,5 cm. de altura e corte círculos com a boca de um copo ou cortador de biscoitos. No centro de cada círculo, colocar um quadradinho de chocolate ou uma colher de Nutella espalhada. Em seguida, dobre o círculo de massa 2 vezes, como na foto.

Coloque 3 círculos já recheados e dobrados, em cada cavidade de uma forma de mufim ou em saladeiras de porcelana, tipo ramequim.  Dispostos em cada buraco,  mais uma vez vamos deixar crescer cerca de 20-30 minutos.

Depois desse tempo, antes de levar para assar, pincele uma mistura de gema de ovo misturado com um pouco de leite e leve ao forno até dourar a 180 ° C.  Depois de assados,  para obter um efeito brilhante, você pode pincela os brioches com uma mistura de água com açúcar.
site Mnamky Recepty.

Faça o seu próprio Purificador de Ar Natural. !



Quem não gosta de uma casa cheirosa, sem odores fortes? Aproveite essa ideia e mãos à obra!

Veja algumas ingredientes naturais que ajudam a aromatizar a sua casa:
· Cascas de limões e laranjas
· Ervas, especialmente alecrim e tomilho, hortelã
· Pinho ou cedro, galhos e folhas
· Feijões da baunilha
· Amêndoa e baunilha
· Gengibre
· Paus de canela
· Especiarias: cravo, anis estrelado, anis, etc (sinta-se livre para usar a inspiração)

Para a fabricação de seu próprio aromatizador, você precisa tampas de vidros bonitos, de tamanhos diferentes.

Coloque no vidro os ingredientes escolhidos (combine os aromas). Depois, despeje água quente e o aroma será gradualmente liberado. Alternativamente, você pode também misturar os ingredientes primeiro e ferver em uma panela ou no microondas para aquecer. Estes aromatizador pode ser usado várias vezes. Depois que esfriar, pode ser guardado em um congelador ( em um recipiente adequado) para algumas semanas.

Veja algumas ideias de combinação:

1 -fatias de laranja, paus de canela e cravo, você também pode adicionar anis estrelado.

2 - fatias de limão, alecrim, grãos de baunilha (ou extrato de baunilha).

3 - fatias de limão, tomilho, extrato de baunilha, folhas de hortelã
4 - fatias de laranja, gengibre em fatias, extrato de amêndoa

5 - pinho e cedro galhos (ou outros galhos perfumados), folha de louro e noz-moscada
nacozinhadamargo

sábado, 13 de junho de 2015

Salmão ao molho de açafrão em pistilos com cogumelos eryngui e ovas


salmao

Rende 2 porções

Salmão
2 filés de salmão abertos, de 100 g cada (com 5 cm de largura)
6 aspargos cozidos al dente (com 7 cm de comprimento)
1 fio de óleo para selar o salmão
Sal e pimenta-do-reino, moída na hora, a gosto

Cogumelos
200 g de cogumelos Eryngui
Azeite de oliva para regar os cogumelos
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Molho de açafrão em pistilos
1 l de creme de leite fresco
100 g de salsão
100 g de alho-poró
100 g de cenoura
1 dente de alho
1 folha de louro
1 ramo pequeno de tomilho fresco
1 ramo pequeno de alecrim fresco
Pistilos de açafrão, colocados em 30 ml de infusão de um caldo quente, por 10 minutos.
Sal e pimenta-do-reino, moída a gosto

Montagem
40 g de ovas de salmão
Azeite de oliva e salsinha picada a gosto
http://revistagosto.com.br/

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Parmentier de bacalhau ao molho de manjericão !

parmentier
Serve 16 porções
Bacalhau
1 e meio kg de bacalhau já dessalgado (prefira o lombo)
Marinada (tomilho, alecrim, louro e óleo de oliva para regar)
4 ou 5 batatas tipo asterix
6 tomates
5 cebolas
400 g de azeitonas pretas sem caroço
8 ovos cozidos duros ( meio ovo por porção)

Molho de manjericão
1/2 l de creme de leite fresco
2 maços de folhas de manjericão
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Acompanhamento
Batata-palha
Bacalhau

1. Em uma assadeira, deixe o bacalhau de molho nos ingredientes da marinada, por no mínimo 6 horas.
2. Após, leve o bacalhau ao forno baixo (50 °C), por cerca de 30 minutos, para cozinhar lentamente no óleo de oliva. Se possível, em vez do forno convencional, cozinhe o bacalhau no sous-vide (a vácuo), na temperatura de 40 °C, por cerca de 40 minutos.
3. Depois do cozimento, divida o bacalhau em finas lascas.
4. Cozinhe as batatas até ficarem macias, cuidando para que não amoleçam. Corte-as em fatias finas.
5. Retire a casca e as sementes dos tomates e corte-os em pequenos cubos.
6. Corte as cebolas e as azeitonas em pequenos cubos. Pique os ovos.

Molho de manjericão
7. Em uma panela, aqueça metade (250 ml) do creme de leite e reserve o restante na geladeira.
8. Adicione o manjericão à panela, com o creme de leite quente e retire do fogo após 1 minuto. Incorpore essa mistura ao creme de leite frio e bata no liquidificador.
9. Passe pelo coador, tempere com sal, pimenta e volte ao fogo para reduzir e encorpar.

Montagem
10. Distribua as fatias de batata no fundo de aros de metal de 12 centímetros.
11. Coloque em cima os tomates, depois as cebolas e as azeitonas. Disponha os ovos picados e finalize com as lascas de bacalhau.
12. Leve ao forno médio (200 °C), por cerca de 5 minutos.
13. Arrume o molho de manjericão nos pratos, desenforme em cima o bacalhau e decore com a batata palha.
Por Fausto Moreira
Foto António Rodrigues

quinta-feira, 11 de junho de 2015

POLENTA MOLE COM RAGÙ DE FILÉ-MIGNON E SHIITAKE


polenta mole com ragu de file mignon e shitake

Ingredientes
2 porções
150 g de filé-mignon em cubos
100 g de shiitake;
50 ml de vinho branco ou tinto;
3 xícaras (chá) de água
1 xícara (chá) de farinha de milho ou fubá
2 colheres (sopa) de óleo de coco
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (café) de cacau em pó
6 dentes de alho
1 folha de louro seca
Pimenta-branca moída na hora, alecrim e sal a gosto
1 Leve ao fogo uma panela com água e sal, 2 dentes de alho e a folha de louro; espere ferver. 2 Coloque o fubá em forma de “chuva”, um pouco por vez, e mexa vigorosamente, sem parar, por 45 minutos ou até que se desprenda da panela. 3 Adicione o óleo de coco e mexa novamente; reserve. 4 Refogue o shiitake com 2 dentes de alho, azeite, o alho e o sal; reserve. 5 Misture o vinho branco com o cacau e uma pitada de sal, leve ao fogo e deixe reduzir. 6 Incorpore ao shiitake; reserve. 7 Em uma frigideira quente, adicione os cubos de filé, e não mexa; depois de alguns instantes, vire-os de lado ou balance a frigideira. 8 Adicione uma pitada de sal e pimenta. 9 Acrescente o shiitake com a redução do vinho branco com cacau.

MONTAGEM
1 Disponha a polenta no centro do prato. 2 Coloque a carne com o shiitake e decore com alecrim. Dica de chef: as quantidades de farinha e água não são rigorosamente exatas. Tudo depende da consistência desejada. Para uma polenta menos consistente, use 1 + 3/4 de xícara (chá) de fubá. Deve-se observar também que uma farinha mais nova requer menos água do que uma mais velha.
Receita do chef Renato Caleffi

Terrine de banana sem açúcar


Terrine de Banana (Foto: Divulgação)

Terrine de banana

Ingredientes

• 250 ml de água
• 200 g de ameixa seca sem caroço
• 900 g bananada sem açúcar
• 200 g clara de ovo
• 300 g de coco em fitas congelado
• 600 g de creme de leite
• 10 g de gelatina sem sabor em folhas

Modo de preparo
• Em uma panela, coloque a água com a bananada cortada em cubos de 2 cm e deixe cozinhar em fogo baixo, mexendo sem parar
• Tire do fogo e mixe deixando pedaços de bananada. Acrescente a ameixa picada (dividida ao meio)
• Deixe esfriar e acrescente o creme de leite
• Em uma panela pequena, dilua a gelatina em pó em 65 ml de água e leve ao fogo. Acrescente à mistura
• Bata as claras em neve até ficar firme e acrescente à mistura vagarosamente
• Transfira para uma forma de bolo inglês (com capacidade para 2 kg), forrada com papel alumínio
• Cubra com papel filme e guarde na geladeira até ficar firme (cerca de 6 horas) ou no congelador
• Sirva com coco crocante queimado e creme anglaise (receita abaixo)

Creme Anglaise
Ingredientes
• 90 g açúcar cristal
• 1 fava de baunilha
• 100 g gema de ovo pasteurizado
• 60 g de leite integral
Modo de preparo
• Leve o leite integral e a raspas da fava de baunilha cortada longitudinalmente ao fogo até ferver
• Bata as gemas com o açúcar na batedeira
• Em seguida, misture o leite quente à mistura de gemas, aos poucos, mexendo sempre com o fouet
• Leve ao fogo baixo, sem parar de mexer, com o auxílio de uma colher, até encorpar
• Retire do fogo imediatamente, despeje em um bowl e resfrie em banho de gelo
O Terrine de Banana é uma receita especial pra a chef Neka Menna Barreto

Mussaka (Lasanha de Berinjela)



Mussaka (Lasanha de Berinjela)

Ingredientes Molho Vermelho:
1/2 kg de carne moída
1 cebola picada
1 dente de alho picado
6 tomates maduros sem pele e sem semente
(ou 2 latas de molho de tomate).
1 colher (sopa) de azeite de oliva
2 colheres de salsinha e cebolinha picados
Sal a gosto

Ingredientes Molho Branco:
1 colher (sopa) azeite
1 litro de leite
3 colheres de farinha de trigo
1 pitada de noz moscada
1 pacote de queijo parmesão ralado
Sal a gosto (lembrando que o queijo já é salgado).

Outros ingredientes:
600g de berinjela (4 unidades médias)
500 g de queijo mussarela picado
1 colher (sopa) de azeite de oliva


Preparo Molho Vermelho:
Lave os tomates, retire a semente.
Pique os tomates ou bata no liquidificador caso goste do molho sem pedaços.
Frite a cebola, o alho, e quando dourados, frite a carne moída até que não tenha mais líquido.
Junte o tomate ou molho de tomate e ferva por 5 minutos.
Desligue e coloque a salsinha e a cebolinha.
O molho de tomates pode ser fervido por 20 minutos em fogo baixo para diminuir a acidez.
Reserve

Preparo Molho Branco:
Coloque o azeite e a farinha de trigo, frite levemente, e vá adicionando o leite aos poucos e mexendo para não empelotar.
Adicione o sal, e a noz moscada.
Quando levantar fervura, abaixe o fogo e cozinhe por 3 minutos mexendo sempre.
Desligue, junte o queijo parmesão.
A textura do molho deve ser leve, como a de um bolo.
Reserve

Modo de preparo
Corte as berinjelas no sentido do comprimento em fatias finas.
Grelhar a berinjela.
Em uma forma refratária, intercale camadas de berinjela molho vermelho, queijo, molho branco até que se complete o refratário...
Finalize com molho branco, polvilhe o restante do queijo e leve ao forno para gratinar.
Sirva a seguir, bem quente.


Rendimento: aproximadamente 6 porções

Variações:
Trocar parmesão ou mussarela por queijo branco.
Carne moída por frango, legumes ou somente molho ao sugo.
fonte http://www.chefkbarbosa.com/

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Apfelstrudel



Ingredientes:
1 rolo de massa folheada

Ingredientes recheio:
1kg maçã verde descascada e fatiada fina
1 limão
4 colheres (sopa) farinha de rosca
150g açúcar
1 colher (chá) canela em pó
100g uvas-passas
50g amêndoas sem pele
50g margarina gelada

Preparo recheio:
Descasque e corte as maçâs em fatias finas, esprema o limão nelas para evitar que fiquem escuras.
Acrescente a farinha de rosca, o açúcar, a canela, as uvas-passas e as amêndoas.
Misture e reserve.

Finalização:
Abra a massa sobre uma toalha de mesa limpa.
Espalhe o recheio de forma uniforme.
Espalhe pequenas bolinhas de margarina gelada sobre o recheio (feitas com colher de café).
Com a ajuda da toalha, vá enrolando a massa como um rocambole, começando pelo lado que não foi dobrado.
No final, feche os lados, dobre rocambole.
Coloque em uma forma grande antiaderente ou untada com margarina.
Coloque no formo pré-aquecido a 220 graus por 40 a 50 minutos.
Quando estiver assada, retire e polvilhe açúcar.

Sugestão:
Embeba as passas em rum ou conhaque de boa qualidade e deixe por pelo menos 2 horas.
Escorra e acrescente ao recheio, como indicado

Sirva quente acompanhado por uma bola de sorvete.

Bom Apetite!
fonte http://www.chefkbarbosa.com/

terça-feira, 9 de junho de 2015

Batatas Hasselback.



Batatas Hasselback.

Ingredientes:
3 batatas médias
2 colheres (sopa) de azeite
3 colheres (sopa) de água
sal a gosto

Ingredientes para intercalar:
30 tiras de cebola cortadas fina
30 tiras de bacon cortadas fina
30 tiras de pimentão cortadas fina
ou use a sua imaginação

Ingredientes para polvilhar ou cobertura:
Queijo ralado
Orégano
Salsinha
Cebolinha
Requeijão
ou use a sua imaginação

Preparo:
Se a batata não ficar em pé, corte a base para que fique reta.
Corte fatias de 3mm em toda batata, deixando 1/2 cm antes de chegar até o final (não cortar totalmente)
Intercale uma tira do que você escolheu.
Regue com água e sal.
Leve tampada ao microdonadas por aproximadamente 6 minutos (este tempo pode variar conforme o microondas).
Retire do microondas, regue azeite, e leve ao forno por aproximadamente 15 minutos, ou até que fiquem doradas.

Polvilhe ou cubra com o item que você escolheu.

Regue um fio de Azeite e sirva.
http://www.chefkbarbosa.com/

Torta Rápida de Chocolate


Torta Rápida de Chocolate

serve: 8 pessoas
Dificuldade: fácil
Preparação: 30 minutos
Ingredientes:

Massa:
6 ovos;
180 g de açúcar;
150 g de farinha com fermento;
2 colheres de sopa de cacau;
Manteiga e açúcar q.b.
Creme:
1 embalagem de mousse de chocolate instantânea;
2 dl de leite;
Missangas de chocolate q.b.
Preparação:
Ligue o forno a 180º C.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e unte-o com manteiga.
Numa tigela, misture os ovos com o açúcar e bata, até obter uma mistura esbranquiçada.
Peneire a farinha com o cacau e envolva-os no preparado anterior.
Verta a massa no tabuleiro e leve ao forno, por 15 minutos e retire.
Vire o bolo sobre um pano de cozinha polvilhado com açúcar e deixe-o arrefecer um pouco.
Prepare o creme, deitando o conteúdo da embalagem de mousse numa tigela, junte-lhe o leite e bata com a batedeira, durante cinco minutos.
Barre o bolo com um pouco de mousse e enrole-o cuidadosamente.
Barre a superfície da torta com a mousse de chocolate restante e polvilhe-a a gosto com missangas de chocolate.
Sirva fresca.
https://www.receitassimples.pt

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Pasta de amendoim é aliada dos atletas e do coração Alimento também previne o diabetes e contribui para a perda de peso leia !



A manteiga ou pasta de amendoim sacia a fome, é saborosa, nutritiva e boa para a saúde. Muitos confundem e acham que o amendoim com seu alto teor de gordura faz parte do grupo das sementes oleaginosas, como nozes, castanhas e amêndoas. Na verdade, o amendoim é uma leguminosa, mais próximo dos feijões. Metade da composição da manteiga de amendoim é gordura, e a outra metade é composta por proteína (25%), carboidrato (20%) e fibra (5%). Ela é uma excelente fonte de vitamina E e de vitaminas do complexo B, principalmente B3, B6, folato e biotina. Também é rica em diversos minerais como ferro, magnésio, potássio, fósforo, zinco, selênio, cobre, manganês e cálcio. A manteiga de amendoim contém fitosteróis, ácido cumárico e resveratrol, antioxidantes que em conjunto com a vitamina E ajudam a prevenir doenças cardíacas e câncer.

Amiga do coração

Uma pesquisa publicada no British Journal of Nutrition mostrou que o conjunto de antioxidantes pode ser a chave para os benefícios ao coração e aparelho circulatório. Pessoas que comem pasta de amendoim 4 vezes por semana podem reduzir o risco de morte por doença cardíaca em 37%, em comparação com pessoas que não têm o hábito. Outro benefício vem da sua capacidade de diminuir o colesterol LDL, mantendo o bom colesterol (HDL) elevado.

Gorduras saudáveis

Quase 50% da gordura presente no amendoim é ômega-9, o mesmo ácido graxo do abacate e do azeite de oliva e que ajuda a regular o colesterol. O restante se divide entre ômega-6 e dois tipos de gordura saturada, os ácidos palmítico e esteárico, que são a fonte preferida de energia para o coração.

Previne o diabetes

Um estudo publicado no Journal of the American Medical Association mostrou que a ingestão de duas colheres de sopa de manteiga de amendoim 4 a 5 vezes por semana pode reduzir o risco de desenvolver diabetes em 30%. Por ser ótima fonte de ômega-9 ela auxilia no controle do açúcar sanguíneo e também baixa os triglicerídeos, uma gordura composta por três moléculas de glicose.

Ajuda a emagrecer

 O consumo de manteiga de amendoim 2 a 3 vezes por semana reduz em 30% a chance de ganhar peso, de acordo com um estudo publicado na revista Obesity. Isto porque o seu elevado teor de gordura e proteína ajuda na saciedade e reduz a vontade de beliscar entre as refeições. Além disso, o ômega-9 ativa a adiponectina, um hormônio que comanda o corpo a produzir a energia que precisa a partir dos depósitos de gordura, ou seja, ele ativa a queima dos pneuzinhos localizados principalmente na cintura e abdômen.

Boa para quem malha

Manteiga de amendoim é uma excelente fonte de energia e contém um alto teor de proteínas que ajudam na construção muscular. Ela também é rica em potássio e magnésio, que aceleram a recuperação de músculos cansados. A presença de ácido palmítico e esteárico fornece combustível para o coração, aumentando a capacidade vascular. E o resveratrol estimula a síntese de óxido nítrico, uma molécula que exerce numerosas funções no nosso organismo, dentre elas o aumento do fluxo sanguíneo nos músculos, que recebem mais oxigênio e nutrientes.

Como comprar

O ideal é comprar o amendoim orgânico, para evitar a ocorrência de fungos (Aspergillus flavus) que produzem aflatoxina. O melhor armazenamento e métodos de manipulação praticamente eliminam o risco de ingestão de aflatoxina, um conhecido agente cancerígeno. Evite adquirir o amendoim se tiver qualquer sinal de mofo. Os estudos mostram que processar o amendoim reduz o teor de aflatoxina.

Como preparar

Toste o amendoim no forno baixo por 15 a 20 minutos, para preservar os óleos saudáveis presentes nele, e sensíveis a altas temperaturas. Depois coloque no processador ou liquidificador por alguns minutos até ele virar uma pasta. Você pode acrescentar um pouco de sal na mistura. Guarde em recipiente bem fechado na geladeira.

Como consumir

 A manteiga de amendoim pode ser consumida ao natural direto na colher, pode ser colocada no pão ou na tapioca, acompanha uma banana, turbina sucos e vitaminas, e também pode ser usada no preparo de pratos diversos: combina com aves, arroz, quinoa e legumes.

Quantidade recomendada

 Uma colher de sopa caprichada tem 90 calorias e é a quantidade suficiente para enriquecer a refeição, seja o café da manhã ou um lanche. Quem malha ou tem um estilo de vida ativo pode aumentar o consumo para duas colheres de sopa.
Dra. Tamara Mazaracki NUTRÓLOGO - CRM 52301716/RJ
ESPECIALISTA MINHA VIDA

SOPA FUNCIONAL DE ABÓBORA E CHIA


sopa funcional de abobora

ABÓBORA

Abóbora rica em vitamina A (importante para uma boa visão, crescimento e desenvolvimento ósseo, integridade do sistema imune, reprodução – espermatogênese, placenta, feto), fibras (que contribuem para saciedade, controle do colesterol, funcionamento intestinal e  redução da absorção de glicose), cálcio (importante na formação de ossos e dentes, contração muscular, coagulação sanguínea), fósforo (importante para estrutura óssea, síntese de colágeno), vitamina C (imunidade, cicatrização, síntese de colágeno), magnésio (contrações musculares e transmissão de impulsos nervosos);

 CEBOLA

Cebola tem potássio (transmissão nervosa, contração do músculo cardíaco, função renal), prevenção da hipertensão (reduz a pressão arterial), ação anti-inflamatória e antioxidante, ação diurética.

 AZEITE DE OLIVA EXTRA VIRGEM

Azeite rico em ácidos graxos monoinsaturados (elevam o bom colesterol – HDL), prevenção de doenças cardiovasculares, vitamina E (antioxidante – prevenindo a formação de radicais livres, manutenção do tecido epitelial).

 CÚRCUMA

Cúrcuma tem ação anti-inflamatória, digestiva, antioxidante (previne a formação de radicais livres), prevenção de doenças cardiovasculares, inibição da proliferação de células cancerígenas.

 CHIA

Chia rica em fibras que formam um gel no estômago (proporcionando saciedade, auxiliando na redução da glicemia, melhorando o funcionamento intestinal), ômega 3 (aumento do HDL – bom colesterol, prevenção de doenças cardiovasculares – aterosclerose, redução do colesterol e triglicerídeos), cálcio, potássio, proteínas, desintoxicação do organismo.



 Fernanda Zanovello
Ingredientes (3 porções)

4 xícaras de abóbora picada e com casca (ou metade de uma abóbora média, usei a abóbora de leite, mas fica boa com a cabotiá)

1 cebola grande (usei a roxa)

1 colher (de sopa) de azeite de oliva (pode ser óleo de coco)

1 colher (de sobremesa) de cúrcuma (ou também conhecido como açafrão da terra)

1 pitada de sal (usei o marinho)

2 xícaras (de chá) de água para cozinhar e mais 1 xícara para bater

2 colheres (de sopa) de chia



Modo de Preparo

Em uma panela coloque o azeite e refogue a cebola cortada em fatias, depois acrescente a abóbora, a cúrcuma e as duas xícaras de água. Deixe a sopa ferver, tampe a panela e abaixe o fogo até a abóbora ficar macia, cerca de 10 minutos.

Coloque no liquidificador a sopa cozida, mais água (eu usei mais 1 xícara) e 1 colher (de sopa) de chia. Bata bem até virar um creme e  coloque o sal. Volte para o fogo para esquentar.

Sirva quente com a outra colher de chia polvilhada por cima (divida essa colher de chia entre as 03 porções).
http://www.aquinacozinha.com/

Ocorreu um erro neste gadget