Saúde

Clique aqui para ver todos os posts com o tema de saúde, com opções naturais e ações interessantes para melhorar o seu dia-a-dia.

Receitas

Receitas de água na boca para todos os gostos: de vários lugares, doces e salgadas.

Notícias

Mantenham-se atualizados com as últimas notícias que estão rolando por Floripa e pelo mundo.

Curiosidades

Dicas e truques para fazer a vida um pouquinho mais fácil, e informações divertidas sobre todos os tipos de assunto.

Depoimentos

Opiniões e informações de todos os cantos da internet.

Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


quinta-feira, 31 de julho de 2014

Pudim de Pinhão !

cab_1025481476.jpg
Ingredientes: 2 latas de leite condensado 2 latas (mesma medida da lata de leite condensado) de leite 8 ovos inteiros 200g de castanha de caju picada 300g de pinhão cozido e picado Açúcar para caramelar


Modo de preparo: Coloque o leite condensado, os ovos e o leite e bata no liquidificador. Deixe bater por cerca de 5 minutos. Após bater os ingredientes, adicione o pinhão e a castanha e misture. Pegue uma forma redonda de furo no meio e coloque o açúcar. Leve diretamente ao fogo e fique mexendo até ele começar a derreter e ficar totalmente líquido. Despeje, imediatamente, a mistura reservada. (OBS: esse é um dos segredos: colocar a mistura sobre o açúcar bem quente!). Coloque a forma com o pudim sobre uma assadeira maior com água e leve ao forno já aquecido a 180°c por cerca de 2 horas. Retire o pudim do forno e leve a geladeira para resfriar por mais 2 horas. Para soltar o pudim, leve a forma diretamente ao fogo para que o açúcar do fundo derreta, assim que soltar, vire a forma direto no prato em que será servido.
www.revistasaboresdosul

MIL-FOLHAS


IMG_4185-2

Ingredientes
1 porção

75 g de creme de leite fresco batido em ponto de chantilly
65 g de gemas
50 g de açúcar
25 g de amido de milho
250 ml de leite
4 retângulos de massa folhada
2,5 folhas de gelatina
1/2 fava de baunilha
Açúcar de confeiteiro para polvilhar
Modo de preparo
CREME
1 Leve a ferver o leite com o açúcar e a fava de baunilha. 2 Em outro recipiente, coloque as gemas e o amido. 3 Misture o leite quente com as gemas e volte ao fogo até engrossar. 4 Acrescente a gelatina hidratada e dissolvida em água. 5 Deixe o creme esfriar e incorpore o chantilly.
MASSA
Asse a massa a 150 ºC por 1 hora, retire do forno e deixe esfriar.
MONTAGEM
1 Corte a massa em 3 partes e recheie com um saco de confeitar. 2 Polvilhe com açúcar de confeiteiro e sirva em seguida.
DICA DE MESTRE
O chef francês Michel Guérard, um dos mestres sagrados da cozinha francesa, tem dicas preciosas para quem quer trabalhar com perfeição a massa folhada. Guérard ensina que, como a massa folhada tem tendência a encolher no forno, o ideal é cortá-la em retângulos um dia antes de assá-la e deixar descansar na geladeira, cobertos com filme plástico. No caso do creme de leite, sempre usar o fresco e gelado.
Receita do chef Ivo Lopes

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Baião de dois com mignon, melaço de cana e castanha de caju !


Rendimento: 4 porções
Ingredientes
200g de feijão fradinho (já cozido em água e sal)
150g de arroz cozido
200g de carne-seca dessalgada, cozida e desfiada
1 cebola picadinha
2 dentes de alho picados
100g queijo coalho em cubos
Óleo o quanto baste
4 filés mignons (120g cada)
Sal e pimenta-do-reino a gosto
50g de castanha de caju triturado para finalização
1 colher (sopa) de melaço de cana



Preparo

1. Ponha na panela 4 colheres (sopa) de óleo, a cebola, o alho e a carne-seca.

2. Refogue por 8 minutos sem deixar amolecer e reserve.

3. Junte o queijo coalho, misture o arroz e o feijão. Reserve.

4. Em outra panela, coloque um pouco de óleo e sele o filé dos dois lados, temperado com sal e pimenta.

5. Na hora de servir, ponha um pouco de baião de dois no prato. Cubra com um filé, escorra um fio de melaço sobre a carne e polvilhe castanha de caju triturada.
fonte Receita de: Carlos Ribeiro, chef do restaurante Na Cozinha

MOUSSE ESCONDIDO !



MOUSSE ESCONDIDO
15 porções
Massa crocante de chocolate
235 g de farinha de trigo tipo 45
2 g de sal
120 g de açúcar de confeiteiro
60 g de farinha de amêndoas
120 g manteiga gelada em pedaços pequenos
50 g de ovo
260 g de chocolate 53% cacau
Creme inglês
150 g de creme de leite fresco com 35% de gordura
150 g de leite integral
60 g de gemas de ovo
30 g açúcar
Mousse de chocolate meio amargo
360 g de creme inglês quente
445 g de chocolate 53% cacau
540 g de creme de leite fresco batido em chantilly
Cobertura
150 g água
300 g de açúcar
300 g de glucose
200 g de leite condensado
20 g de gelatina em pó
450 g de chocolate 53% cacau
Montagem e acabamento
Chocolate granulado a gosto
Massa crocante de chocolate
1 Bata a farinha com o sal, o açúcar de confeiteiro, a farinha de amêndoas e a manteiga. 2 Junte os ovos e bata até ficar uniforme. 3 Deixe de repouso por cerca de duas horas. 4 Abra a massa até ficar com dois mm de espessura. 5 Asse em forno brando (150 a 160°C) até ficar levemente dourada. 6 Deixe esfriar e  triture. 7 Derreta o chocolate e misture com a massa triturada até ficar homogêneo. 8 Estenda a massa com espessura de 6 mm e corte em retângulos. 9 Guarde em local seco.
Creme inglês
1 Misture as gemas com o açúcar. 2 Ferva o creme de leite, o leite e despeje sobre a mistura de gemas e açúcar. 3 Leve ao fogo e cozinhe até atingir entre 82 e 84°C. 4 Peneire e mantenha-o quente.
Mousse de chocolate meio amargo
1 Despeje o creme inglês sobre o chocolate e misture até ficar liso, brilhante e elástico. 2 Bata no liquidificador para emulsionar e a temperatura atingir entre 45 a 50°C. 3 Incorpore o chantilly delicadamente. 4 Coloque em aros cilíndricos e congele.
Cobertura
1 Aqueça a água com o açúcar e a glucose. 2 Misture com o leite condensado e a gelatina hidratada. 3 Despeje sobre o chocolate e mexa até obter um ganache. 4 Deixe esfriar e use em temperatura entre 30 e 35°C.
Montagem e acabamento
1 Sobre cada retângulo de massa crocante, coloque a mousse, aplique a cobertura e polvilhe o granulado.
Receita do chef chocolateiro Javier Guillen, da Harald;

terça-feira, 29 de julho de 2014

BOLINHO DE MANDIOCA COM LINGUIÇA BLUMENAU E CREME DE QUEIJO COLONIAL



BOLINHO DE MANDIOCA COM LINGUIÇA BLUMENAU E CREME DE QUEIJO COLONIAL
20 unidades
Creme de queijo colonial
100 ml de leite
100 g de queijo colonial
60 g de catupiry
2 g de mix de pimenta
Bolinho de mandioca com linguiça Blumenal
435 g de mandioca
1 embalagem linguiça Blumenau
10 g de alho
25 g de salsinha
11 g de amido de milho
80 g de farinha de mandioca fina
Óleo para fritar
Creme de queijo colonial
1 Esquente o leite e adicione o queijo colonial ralado. 2 Deixe o queijo derreter. 3 Passe a mistura no mixer e acrescente o catupiry. 4 Sirva com o mix de pimenta moída por cima.
Bolinho de mandioca com linguiça Blumenal
1 Cozinhe a mandioca até ficar bem macia e passe na peneira. 2 À parte, refogue a linguiça até ficar bem solta e crocante, adicione o alho, deixe esfriar e reserve. 3  Junte a mistura de linguiça à massa de mandioca, ajuste o tempero e então adicione o amido e a salsinha. 4 Modele em formato de bolinhas de aproximadamente 24 g e logo em seguida passe os bolinhos na farinha de mandioca fina. 5 Frite os bolinhos em óleo quente e sirva com o creme de queijo colonial.
Receita da chef Ana Luiza Trajano

TELHADO MINEIRO Doce de leite e queijo fresco compõem sobremesa com a cara de Minas Gerais



TELHADO MINEIRO
200 g de massa folhada
100 g de doce de leite
100 g de queijo fresco
20 g de açúcar
1 Corte a massa folhada em retângulos de 5×10 cm, faça furinhos com a ponta de um garfo e leve ao forno por oito minutos. 2 Depois de assada, corte o queijo fresco na mesma medida e intercale os ingredientes, primeiro o doce de leite, depois o queijo e a massa. 3 Repita o procedimento e finalize com açúcar por cima.
Receita do chef Willian Carvalho

segunda-feira, 28 de julho de 2014

DELÍCIA DE CHOCOLATE Berries e sorvete de mascarpone acompanham torta de chocolate



DELÍCIA DE CHOCOLATE
10 porções
Sorvete de mascarpone
(rende 1 kg)
400 ml de leite integral
233 ml de creme de leite
118 g de glucose
80 g de gemas
50 g de açúcar
50 g de açúcar invertido
1 fava baunilha
200 g de mascarpone
Massa de oreo
170 g de chocolate derretido em banho-maria
170 g de manteiga sem sal em ponto de pomada
1 3/4 de xícara (chá) de farinha de trigo comum
1/2 xícara (chá) mais 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1/2 xícara (chá) mais 5 colheres (sopa) de açúcar branco
10 colheres (sopa) de cacau em pó
3 colheres (sopa) de nibs de cacau
1 colher (chá) de fermento químico em pó
1/2 colher (café) de sal
Essência de baunilha a gosto
Bolo
675 g de chocolate meio amargo quebrado em pedaços pequenos;
575 g de açúcar granulado
450 g de manteiga sem sal
250 ml de água
10 ovos inteiros
Manteiga para untar
Montagem
1 fatia de bolo
1 bola de sorvete de mascarpone
20 g de blueberries
12 g de crumble de chocolate (apenas quebre a massa de oreo assada)
Sorvete de mascarpone
1 Misture com um fouet os ingredientes e bata na máquina de sorvetes. 2 Forre uma forma redonda de 30 cm de diâmetro por 5 cm de altura com papel-manteiga. 3 Pincele o papel com manteiga e reserve.
Massa de oreo
1 Triture levemente os nibs de cacau e, em uma batedeira, misture-os com a manteiga, o fermento e o sal. 2 Bata por 3 minutos na velocidade média, pare de bater e acrescente os açúcares e o cacau em pó. 3 Volte a bater por mais 2 minutos, acrescente o chocolate derretido e a essência de baunilha e bata por mais 1 minuto. 4 Coloque a farinha, misture até ficar homogêneo e divida a massa em 2 partes. 5 Abra sobre um papel-manteiga e espere esfriar. 6 Disponha a massa em uma esteira de silicone e asse ao forno a 160 °C. 7 Retire do forno e espere esfriar.
Bolo
1 Na batedeira, misture os ovos com 1/3 do açúcar e bata por aproximadamente dez minutos ou até que o preparo aumente o volume inicial em quatro vezes. 2 Em uma panela pequena, aqueça o restante do açúcar com a água até que ele se dissolva. 3 Aguarde levantar fervura e deixe por alguns minutos para formar uma calda, sem ferver demais – não deixe que a calda reduza ou pegue cor. 4 Retire do fogo e espere esfriar até ficar morna. 5 Junte o chocolate e a manteiga em pedaços, com a calda ainda morna, misturando lentamente até ficar homogêneo. 6 Acrescente esse preparo lentamente à mistura de ovos, diminua a velocidade da batedeira e bata por cerca de 20 segundos, misturando com cuidado para não extrair o ar do preparo. 7 Coloque a massa, cuidadosamente, na assadeira forrada e untada com manteiga. 8 Asse em banho-maria, ao forno preaquecido a 160 °C, por 30 minutos ou até que a superfície fique firme – a superfície do bolo deve estar firme, mas com o centro ainda leve e cremoso. 9 Retire o bolo do banho-maria com cuidado para que a água não molhe o bolo. 10 Deixe esfriar em temperatura ambiente antes de servir. 11 Utilize uma faca molhada em água fervente para cortar.
Dica de chef: 1 Coloque água fervente no banho-maria, antes de levar o bolo para assar. 2 Para que a massa asse de forma homogênea, o banho-maria deve, obrigatoriamente, conter água o bastante para alcançar o topo da forma que contém o bolo. 3 Se conservar o bolo na geladeira, retire-o alguns minutos antes de servir, para que seja servido em temperatura ambiente.
Montagem
1 Disponha uma fatia do bolo em um prato e decore com crumble de chocolate e blueberries. 2 Sirva acompanhado de sorvete de mascarpone.
Receitas de Paola Carosella

ARROZ INTEGRAL COM FRUTOS DO MAR Frutos do mar compõem prato refrescante com arroz integral


imagem_10500

ARROZ INTEGRAL COM FRUTOS DO MAR
4 porções
240 g de arroz integral
200 g de lulas cortadas em anéis de 2 cm de largura
12 unidades de camarões limpos
12 unidades de mexilhões cozidos e sem concha
120 ml de vinho branco seco
300 ml de caldo vegetal
180 g de tomate picado sem casca e sem semente
50 g de salsinha crespa picada grosseiramente
20 g de manjericão
20 g de cebolinha picada finamente
160 ml de azeite de alho (azeite com alho amassado em infusão)
Sal e pimenta a gosto
1 Cozinhe o arroz em água abundante até os grão ficarem macios, escorra a água, deixe resfriar e reserve. 2 Em uma panela baixa (pré-aquecida) coloque três colheres de azeite, depois as lulas, os camarão e os mexilhões. 3 Refogue rápido, junte o vinho e deixe evaporar. 4 Adicione o arroz e o caldo, misture e deixe cozinhar entre dois e três minutos em fogo alto. 5 Tempere com sal e pimenta a gosto. 6 Acrescente a cebolinha, a salsinha, o tomate e misture bem. 7 Sirva em prato fundo, decore com folhas de manjericão e um fio de azeite perfumado com alho.
Receitas de Salvatore Loi

iPhone 6 chega em setembro: o que muda ! leia!



A Apple lançará o iPhone 6 em meados de setembro.
É o que garante o site 9To5Mac. 
De acordo com a página, a empresa já está em fase final de desenvolvimento do iOS 8.

A Apple estaria buscando as datas para realizar o evento de apresentação do seu mais novo smartphone.
Fontes ligadas ao planejamento da empresa afirmaram que o evento deve acontecer entre a segunda e a terceira semana de setembro. 

Novidades
A expectativa é grande em torno do iPhone 6.
Rumores dizem que ele traria uma mudança significativa em relação à história do smartphone, especialmente em relação ao design. 

Espera-se que o iPhone 6 tenha duas versões.
É justamente isso o que pode estar atrasando o lançamento.

Há informações de que os novos iPhones teriam tela de 4,7 e de 5,5 polegadas. 
O maior seria o que estaria causando problemas, por maior dificuldade de fabricação.

Um indício de que o novo iPhone deve mesmo estar próximo de sair do forno é que o iOS 8 está chegando em suas fases betas mais avançadas. 

Com informações do 9To5Mac e TechTudo

domingo, 27 de julho de 2014

Alimentos para prevenir e combater a depressão !


alimentos-para-prevenir-combater-depressão

Ter uma alimentação saudável e equilibrada é muito importante para o bom funcionamento do nosso organismo. Mas, mais do que isso, alguns alimentos funcionais, ou os chamados nutracêuticos, podem ser usados com finalidades bem específicas.

Vamos ver quais alimentos nos ajudam a prevenir e combater a depressão, e como fazer o melhor uso deles. Vem comigo!


Quando estamos deprimidos…

Várias causas levam a diferentes tipos de depressão, como traumas, perdas, problemas, predisposição genética, dificuldades emocionais, enfim, os motivos podem ser os mais variados, o que não muda muito é o que acontece no nosso cérebro.

O cérebro de uma pessoa deprimida fica com algumas funções comprometidas, os neurotransmissores falham e os níveis de serotonina, noradrenalina, dopamina (entre outras), que são substâncias responsáveis pela comunicação dos neurônios, ficam desequilibrados.

O que a alimentação pode fazer por uma pessoa deprimida

A alimentação pode estimular a produção dos neurotransmissores, ajudando a prevenir e a tratar crises de depressão. Uma alimentação rica em vitamina B e C, ômega 3, ferro, zinco e triptofano ajuda o cérebro a funcionar melhor.

É importante lembrar que atividade física também é muito importante neste processo. O aeróbico, em particular, libera endorfina que, assim como a serotonina, é responsável pela sensação de prazer e bem estar e ajuda também a lidar melhor com a sensação de estresse.

Alimentos para prevenir e combater a depressão

Os alimentos integrais como aveia, quinoa, centeio, arroz e amaranto, são ótimas fontes de proteínas, aminoácidos, minerais, vitaminas e antioxidantes.

Salmão, sardinha, ovos, castanhas, semente de linhaça e chia são ótimas fontes de ômega 3, dentre outros nutrientes.

Já os legumes e verduras como o inhame, mandioca, abóbora, cenoura, berinjela, batata doce, espinafre e brócolis, vão turbinar a dieta. As sementes de abóbora e girassol são ricas em triptofano.

As frutas como abacaxi, laranja, tangerina, goiaba, acerola, abacate, melancia, mamão, banana e jabuticaba também devem fazer parte do seu cardápio. O chocolate com mínimo de 70% de cacau também é um forte aliado. O leite e o iogurte são fontes de cálcio, que acalma e participa dos impulsos nervosos no cérebro.

Os chás de alecrim (chá da alegria), hibisco e laranjeira são ótimas opções para beber.

Mas lembre que alimentos nutracêuticos não substituem tratamentos e medicamentos convencionais.  Nunca pare a medicação sem orientação médica.
fonte http://lar-natural.com.br/

TORTA DE PASTEL DE BELÉM



TORTA DE PASTEL DE BELÉM
10 porções
350 g de açúcar
1 litro de creme de leite
4 colheres (chá) de amido de milho
16 gemas
Essência de baunilha e massa folhada a gosto

1 Separe as gemas, coloque em uma vasilha e bata com um garfo. 2 Dissolva o amido de milho com um pouco de água e acrescente a essência de baunilha. 3 Leve o creme de leite com o açúcar para ferver e, quando levantar fervura, acrescente as gemas já batidas, e o amido de milho dissolvido com a essência de baunilha. 4 Mexa bastante e coloque a panela em uma vasilha com água e gelo, para resfriar. 5 Abra a massa folhada, coloque em uma forma, acrescente o creme frio e asse no forno por 40 minutos. 6 Deixe esfriar e leve para a geladeira. Sirva resfriada.
Receita de Hildileni Lopes, do restaurante Tasca do Zé e da Maria, em São Paulo, SP;

sábado, 26 de julho de 2014

Lasanha de berinjela !


 Receita de lasanha de berinjela

Ingredientes:
2 berinjelas grandes cortadas em rodelas de 1,5cm
Sal e pimenta do reino a gosto
1 caldo de legumes light dissolvido conforme instruções da embalagem

Creme de ricota:
250g de ricota peneirada
3 a 4 colheres de sopa de leite desnatado
Manjericão fresco picado
Sal e pimenta do reino a gosto

Molho de tomate:
3kg de tomates maduros picados
1 cebola ralada
2 dentes de alho espremidos
3 colheres de sopa de manjericão fresco picado
2 colheres de sobremesa de sal

Modo de preparo das berinjelas:
Espalhe as fatias de berinjela em uma assadeira, sem sobrepô-las, temperando os dois lados com sal. Deixe descansar por 30 minutos.Lave as fatias em água corrente e seque-as com papel toalha. Passe as fatias pelo caldo de legumes dissolvido. Leve-as ao forno médio (180º), pré-aquecido, por cerca de 20 minutos até dourar, virando-as na metade do cozimento.

Modo de preparo do creme de ricota:
Numa tigela, misture a ricota e o leite até obter um creme. Acrescente o manjericão fresco e tempere com o sal e a pimenta do reino.

Modo de preparo do molho de tomate:
Leve ao fogo os tomates, a cebola, o alho, o manjericão e o sal. Cozinhe até o tomate ficar bem macio. Bata no liquidificador e passe na peneira. Leve o molho novamente ao fogo e deixe apurar.

Montagem do prato:
Alterne camadas de berinjela e creme de ricota. Finalize com a berinjela. Coloque as preparações montadas em um refratário. Acrescente no fundo do refratário o molho de tomate. Tampe o refratário com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido até esquentar.

MOUSSE DE FRUTA-DO-CONDE COM MOSTARDA, MEL E PANCETTA



Com vários segredinhos no preparo, a receita da mousse de fruta do conde com mostarda, mel e pancetta criada pela chef Sandra Valéria
Criada por acaso por conta de uma quantidade a mais de fruta do conde recebida, Sandra testou algumas variações e dá algumas dicas. “A pancetta tem que estar torradinha para dar o toque agridoce. Se estiver fresca não fica bom”, diz. Como a fruta do conde tem sabor pouco acentuado, é preciso acertar exatamente a dose de queijo gorgonzola. “Se colocar um pouco a mais, já não se sente o gosto da fruta”
MOUSSE DE FRUTA-DO-CONDE COM MOSTARDA, MEL E PANCETTA
4 porções
Molho de mel e mostarda
4 colheres (sopa) de mostarda dijon
2 colheres (sopa) de mel
1 colher (chá) de erva doce em grãos
Sal a gosto

Mousse
100 g de gorgonzola
500 ml de leite
1 colher (sopa) de cebola bem picada
3 frutas-do-conde
1 sachê de caldo de legumes
1 sachê de gelatina incolor
1 pitada de açúcar
Pancetta tostada para acompanhar
Sal a gosto
Molho de mel e mostarda
1 Misture os ingredientes até que o molho fique homogêneo; reserve.
Mousse
1 No liquidificador, bata a fruta com o leite, sem retirar as sementes. 2 Coe e volte a bater com os demais ingredientes, exceto a panceta. 3 Forre uma forma com filme plástico, preencha com a mousse e leve ao freezer por aproximadamente 30 minutos. 4 Desenforme a mousse, espalhe o molho por cima e finalize com a pancetta.
Receita de Sandra Valéria

Tubarão vira atração entre pescadores em Florianópolis Animal, de aproximadamente 15 quilos, estava enrolado em rede. Tubarão-mangona foi encontrado na Praia do Sambaqui nesta sexta


O animal também conhecido como tubarão-touro  (Foto: Celso Martins/Daqui na Rede/Divulgação)

Tubarão vira atração entre pescadores em Florianópolis
Animal, de aproximadamente 15 quilos, estava enrolado em rede.
Tubarão-mangona foi encontrado na Praia do Sambaqui nesta sexta
O animal também conhecido como tubarão-touro  
O animal também é conhecido como tubarão-touro 
Um tubarão-mangona foi encontrado por um pescador na manhã desta sexta-feira (25), enrolado na rede de pesca. O animal foi capturado por acaso na Praia do Sambaqui, oeste da Ilha de Santa Catarina.
Como mostrou o Jornal do Almoço, o tubarão, capturado pelo pescador Arli Pereira Machado, de 64 anos, virou atração entre as pessoas que passavam pelo local.
O animal também é conhecido como tubarão-touro e seu peso chega a aproximadamente 15 quilos. De acordo com o biólogo Jorge Cotas, o tubarão encontrado na Praia do Sambaqui não atingiu a idade adulta. Essa espécie, segundo ele, pode ser considerada dócil. Várias pessoas registraram o momento tirando fotos com o animal.
fonte Patrícia Pozzo
Do G1 SC

26 DE JULHO DIA DA VOVÓ !!!!! PARABÉNS A TODAS! SAIBA PORQUE ESSE DIA FOI ESCOLHIDO



O Dia da Vovó, ou apenas Vó, é comemorado no dia 26 de julho. Avó é considerada por muitos como uma segunda mãe, pois geralmente são responsáveis pelos cuidados e por dar carinho, além das próprias mães.
Comemora-se o Dia dos Avós em 26 de Julho, e esse dia foi escolhido para a comemoração porque é o dia de
Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

Conta a história que Ana e seu marido, Joaquim, viviam em Nazaré e não tinham filhos, mas sempre rezavam pedindo que o Senhor lhes enviasse uma criança.
Apesar da idade avançada do casal, um anjo do Senhor apareceu e comunicou que Ana estava grávida, e eles tiveram a graça de ter uma menina abençoada a quem batizaram de Maria.
Santa Ana morreu quando a menina tinha apenas 3 anos.
Devido a sua história, Santa Ana é considerada a padroeira das mulheres grávidas e dos que desejam ter filhos.
Maria cresceu conhecendo e amando a Deus e foi por Ele a escolhida, para ser Mãe de Seu Filho.
São Joaquim e Santa Ana são os padroeiros dos avós.
O Dia dos Avós gera polêmica por conta das críticas dos que só vêem o lado comercial da comemoração.
Mas o papel dos avós na família vai muito além dos mimos dados aos netos, e muitas vezes eles são o suporte afetivo e financeiro de pais e filhos.
Por isso, se diz que os avós são pais duas vezes.
As avós são também chamadas de "segunda mãe", e muitas vezes estão ao lado e mesmo à frente da educação de seus netos, com sua sabedoria, experiência e com certeza um sentimento maravilhoso de estar vivenciando os frutos de seu fruto, ou seja, a continuidade das gerações.
Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza.
Fonte: www.belita.org

Cada ruga tua representa uma história
E são tantas...
Quantas experiências...
Quantas histórias para contar...
Quantos conselhos para dar...
Quanta paciência para nos suportar...
Esquecem a sua vida, para viverem a nossa
Sempre cheias de atenção,
De carinho,
De amor.
Uma advogada na nossa vida
Mediadora nas nossas decisões
Você é o meio termo...
O equilíbrio...
A palavra de esperança
O colo que aninha
O ombro que apesar de cansado... apóia
O olhar de complacência
O oásis da segurança que aplaca a sede
E alimenta o corpo
Vocês sao tudo de bom e de belo!
Parabens a todas as avos !

Alimentos orgânicos contêm mais antioxidantes, aponta estudo Pesquisa mostra que níveis de antioxidantes nos alimentos produzidos sem pesticidas sintéticos são 19% a 69% maiores que nos cultivos que usam agrotóxicos leia!


Mulher olha legumes no supermercado de alimentos orgânicos Biocompany

A demanda por orgânicos é, em parte, impulsionada pela percepção dos consumidores de que esses alimentos são mais nutritivos que os produzidos de forma convencional, apesar de não haver consenso científico a respeito. Mas um novo estudo sugere uma diferença clara entre os dois processos: o de que cultivos orgânicos possuem maior concentração de compostos antioxidantes.


Segundo a pesquisa, produzida pela Universidade de Newcastle, no Reino Unido, o nível de antioxidantes nos alimentos produzidos sem pesticidas sintéticos é 19% a 69% maior que nos cultivos que usam agrotóxicos.

É uma diferença significativa em se tratado de compostos comumente associados a riscos reduzido de doenças crônicas, incluindo as neurodegenerativas e cardiovasculares, e certos tipos de câncer.

A explicação é de que os cultivos produzem mais antioxidantes como defesa natural contra pragas, e o uso de agrotóxicos, portanto, inibiria a concentração desses compostos.

Os pesquisadores sugerem que os maiores níveis de antioxidantes equivalem à quantidade presente em uma ou duas das cinco porções de frutas e vegetais recomendadas para o consumo diário.

Outra constatação é de que a frequência de ocorrência de resíduos de pesticidas e a quantidade se mostrou quatro vezes maior em culturas convencionais.

Essas culturas convencionais também continham concentrações significativamente mais elevadas de cádmio, um metal tóxico. Na agricultura, uma fonte direta de contaminação pelo cádmio é a utilização de fertilizantes fosfatados.

Os resultados são baseados em uma análise de 343 estudos revisados por especialistas de todo o mundo e que analisam as diferenças entre alimentos orgânicos e convencionais, como legumes, frutas e cereais.
fonte http://exame.abril.com.br/

Fritada de siri !


Fritada de siri

Ingredientes:
500g de carne se siri
Suco de 1 limão
Sal (a gosto)
1 cebola
1 dente de alho
1 maço de coentro
1/2 xícara de massa de tomate
1 xícara de leite de coco
4 ovos
1 colher (sopa) de farinha de trigo
Pimenta-do-reino (a gosto)


Modo de preparo:
Tempere a carne do siri com o suco de limão, o sal e a pimenta-do-reino, e reserve. No liquidificador, bata a cebola, o alho, o coentro, meia xícara de massa de tomate e o leite de coco. Despeje a mistura em uma panela e leve ao fogo. Deixe levantar uma fervura e junte a carne de siri já temperada. Abaixe o fogo e cozinhe mexendo de vez em quando até secar o caldo. Em seguida, coloque ssa mistura numa forma. À parte, bata a clara em ponto de neve, acrescente a gema e bata bem. Inclua a farinha de trigo e misture. Espalhe sobre o siri na forma e leve ao forno quente até dourar.
fonte No restaurante Picuí, o chef Wanderson Medeiros prepara uma iguaria típica do Nordeste, a fritada de siri.

TORTA ESPELHADA DE MORANGOS ou MIRTILOS - Heidelbeer - Schmand – Torte



Ingredientes:
Pão-de-ló:
3 ovos
150 gramas de açúcar
150 gramas de farinha
1 colher (sopa) de açúcar de baunilha
1 colher (chá) de fermento em pó

Recheio 1:
300 g de morangos picados ou 200 g de mirtilos
2 colheres (sopa) de açúcar
1 pacote de mistura para pudim sabor baunilha

Recheio 2:
600 g de creme de leite
4 colheres (sopa) de açúcar de baunilha
1 colher (sopa) de gelatina em pó sem sabor
300 g de morangos ou  mirtilos (150 g)

Cobertura:
600 g de morangos inteiros (retire a base com os dedos, não corte)
2 pacotes de gelatina sabor morango
* Caso você utilize Mirtilos (+-150 g), a 1 pacote de gelatina,deve ser um sabor na cor roxa e dissolvida na metade da água indicada na embalagem.

É necessário um aro para a montagem da Torta.

Preparo:
Pré-aqueça o forno 200 graus.Unte uma forma redonda, 28 cm, com fundo removível e polvilhe com farinha.
Para o Pão-de-ló: Bata os ovos, o açúcar e o açúcar de baunilha cerca de 3 min. em batedeira até formar um creme bem fofo. Acrescente a farinha peneirada com o fermento e mexa suavemente.
Coloque na forma e asse em forno pré-aquecido por +- 30 minutos ou até que o palito saia seco.

Recheio 1: Ferva os morangos picados ou mirtilos inteiros com o açúcar.
Dissolva o pó para pudim com 5 colheres (sopa) de água e adicione aos morangos. Deixe ferver novamente por +- 3 minutos. Se necessário coloque mais açúcar.
Divida o bolo ao meio e aplique o recheio morno.
Utilize um aro para a montagem.
Deixe na geladeira enquanto você preparara o creme.

Recheio 2: Misture a gelatina sem sabor com a 5 colheres (sopa) de água e dissolva em banho-maria ou no microondas por 30 segundos. Deixe esfriar.
Bata o creme de leite gelado com o açúcar de baunilha bata até começar a firmar. Acrescente a gelatina (fria) e bata mais um pouco até formar um chantilly. Misture 2/3 dos morangos picados ou mirtilos.
Junte açúcar a gosto, esmague os morangos ou mirtilos restantes. Espalhe em cima do bolo e cubra com o chantilly de morangos.
Leve à geladeira por 1 hora.

Cobertura: Coloque os morangos inteiros sobre o chantilly.
Dissolva as 2 caixinhas gelatina de morango com 250 ml de água fervente e depois adicione 250 ml de água gelada. Mexa bem até ficar bem dissolvida. Leve para gelar até começar a engrossar, sem endurecer.
Coloque sobre a torta e deixe gelar por 4 horas antes de servir. Retire o aro com cuidado.
Sirva bem gelada.

Fonte: www.rezeptwiese.de

quinta-feira, 24 de julho de 2014

10 alimentos ótimos para a memória "!


Chia

10 alimentos ótimos para a memória
Quinoa
Cultivada em países andinos, a quinoa (ou quinua) é um superalimento, de acordo com Sonja. Entre seus nutrientes estão a proteína, o ferro, o cálcio, as vitaminas do complexo B e o ácido graxo ômega 3, que compõe a membrana externa das células cerebrais, sendo essencial para uma troca rápida de mensagens no cérebro.



“Com uma alimentação pobre em ômega 3, a pessoa fica esquecida, sem concentração. Ele tem também efeito anti-inflamatório e melhora a pressão arterial. A gente consome muitos alimentos com ômega 6, que é muito inflamatório, mas precisamos comer mais itens com ômega 3”, afirma a nutricionista. Além de contribuir para a memória, a quinoa fortalece cabelos, unhas, pele e no controle de saciedade. Ela pode ser consumida germinada ou cozida, substituindo a carne das refeições.

Linhaça
Dourada ou marrom, a linhaça costuma ser apontada como forte aliada do emagrecimento, pelo seu poder de saciar quem a consome. No entanto, por ser rica em ômega 3, ela também é muito boa para aqueles que desejam dar um “up” na memória. Para extrair o nutriente de sua estrutura, é importante comê-la na forma triturada ou germinada (depois de ficar de molho na água). A conservação do alimento deve ser em vidros escuros e local fresco, para manter por mais tempo suas propriedades.


Chia
A chia, semente típica do México, tem o dobro de ômega 3 contido na linhaça. Por também ser rica em fibras, cálcio e ferro, ela é uma grande aliada na dieta, no processo anti-inflamatório do corpo e de melhora da concentração e memória. Essa semente é contraindicada apenas a idosos e pessoas com diverticulose (doença que causa problemas na parede intestinal), devido às fibras. Para outros, duas colheres de sopa são suficientes, que podem ser consumidas inteiras, emulsionadas em água ou trituradas.
Salmão
Entre as carnes, o salmão é uma ótima fonte de ômega 3 e, por isso, tem um grande potencial para melhorar o desempenho cognitivo e o funcionamento do cérebro, para gravar informações. Outros benefícios do alimento são a redução dos níveis de colesterol, melhoria no funcionamento do coração e aumento na eficiência dos receptores de serotonina no cérebro, proporcionando um humor bem melhor. Outros peixes de água fria, como atum e sardinha também possuem esse nutriente.
Morango
Não é apenas o ômega 3 que ajuda na memória. A fisetina, encontrada no morango, por exemplo, é outro nutriente que desempenha um papel importante nas lembranças. Segundo pesquisas recentes, essa substância induz a diferenciação das células nervosas, o que tem influência direta para uma boa função cognitiva e na redução do esquecimento.
Tomate
Assim como o morango, o tomate é rico em fisetina, o que contribui para uma melhora significativa da memória. Além desse nutriente, ele ainda possui licopeno, antioxidante que reduz os danos causados às células pelos radicais livres e previne doenças como o câncer. Outros benefícios do fruto são a melhora da qualidade do sono e o combate ao envelhecimento precoce.
Uva
Para os esquecidos, as uvas são frutas bastante benéficas, pois, além de terem fisetina, como o tomate, as vermelhas e roxas são ricas em flavonoides. Ambas as substâncias são importantes porque protegem o sistema nervoso, influenciam na regulação da morte de neurônios e na regeneração dessas células. Os flavonoides, também presentes no suco de uva, vinho tinto, cacau e amoras, ainda são muito úteis para quem busca lutar contra inflamações, hemorragias, alergias e prevenir o câncer.
Chás verde, branco e vermelho
Outras opções de fontes de flavonoides, que ajudam no desenvolvimento e recuperação da memória, são os chás verde, branco e vermelho, que possuem efeitos similares aos da uva e demais opções. O chá verde tem ainda mais uma boa vantagem, para quem quer perder peso. Por ser uma substância termogênica, ele acelera o metabolismo, facilita a queima de calorias e, consequentemente, o emagrecimento.
Carne de fígado
A vitamina B12 é um dos compostos indispensáveis para a formação do sangue, o bom desenvolvimento do sistema nervoso e na prevenção de doenças do coração e do cérebro, como o derrame. Tudo isso influencia para uma memória saudável, sem lapsos. Uma das principais fontes dessa vitamina é a carne de fígado, mas ela também pode ser encontrada em carne de porco, ovos, ostras e leite.
Ovo
Saúde mental, melhor aprendizado e memória boa são alguns dos efeitos positivos da colina, substância presente na gema do ovo, segundo estudos. Essa ajuda é vista principalmente no envelhecimento, já que ela protege as células do cérebro enquanto o corpo sofre com o passar do tempo. Além desse benefício, a colina ainda é positiva para a saúde dos olhos e, junto com ela, o ovo traz boa quantidade de ácido fólico, que atua no combate à anemia e na prevenção de doenças cardiovasculares e do mal de Alzheimer.
Fonte: exame/abril

Brusquetas de Bacalhau



Ingredientes :

Pão rústico de centeio, ou de mistura ( fatiado )
 bacalhau desalgado( filetes de bacalhau )
presunto
alhos
tempero seco de alhos e coentros
pimenta moida na altura
azeite de boa qualidade
farinha de milho
ovos batidos
óleo para fritar
pimentoes vermelhos grelhados

Método :

Depois dos filetes de bacalhau descongelados, sequem-nos bem com papel de cozinha.
Comecem por temperar os filetes de bacalhau com pimenta moída

Batam dois ovos com um pouco de sal e 1 colher de chá de temperos secos de alho e coentros.
Aqueçam o óleo numa frigideira, passem os filetes pelo ovo e depois pela farinha de milho, coloquem a fritar quando o óleo estiver quente. Deixem-nos fritar cerca de 2 minutos de cada lado, ou até obterem um tom dourado claro.
Coloquem a escorrer em papel absorvente.

Disponham as fatias de pão sobre um tabuleiro de ir ao forno, esfreguem-nas com os alhos esmagado e reguem-nas com um bom fio de azeite.

Por cima das fatias do pão disponham de uma fatia generosa de presunto, depois o bacalhau e por último o pimentao vermelho, polvilhem com tempero seco de alhos e coentros.

Levem ao forno pré-aquecido nos 180ºC cerca de 30 minutos, ou até verificaram que os filetes ficam com um aspecto dourado mais escuro.

Pimentão recheado


Pimentão recheado

Ingredientes:

· 8 pimentões sem pele cortados ao meio
· 1 colher (chá) de orégano fresco
· 2 cebolas picadas
· 3 dentes de alho picados
· 4 colheres (sopa) de azeite
· 10 fatias de pão de forma sem casca molhadas no leite
· 5 xícaras (chá) de arroz cozido
· 4 colheres (sopa) de parmesão ralado
· 1 tomate sem pele e sem sementes picado
· Sal, pimenta-do-reino e salsa picada a gosto

Modo de preparo:

Retire as sementes dos pimentões. Refogue o orégano, a cebola e o alho em 2 colheres (sopa) de azeite. Passe o pão pelo processador. Misture metade do pão com o arroz e o queijo. Tempere com o sal e a pimenta. Recheie os pimentões. Ponha-os sobre uma forma com papel-alumínio. Misture o pão restante com o tomate e a salsa. Ponha sobre o pimentão e regue com o azeite. Asse por 15 minutos.
Conteúdo DELÍCIAS DA CALU

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Como preparar iogurte caseiro?


Como preparar iogurte caseiro?

O processo de fermentação do iogurte
Para essa receita caseira de iogurte, precisaremos dos seguintes ingredientes e materiais:

Leite (quantidade necessária, de acordo com a quantidade de iogurte que queira obter
Iogurte 100% natural e sem açúcar (uma colher para cada meio litro de leite)
Frascos de vidro que estejam disponíveis em casa, limpos e secos.
 Uma colher
 Um isolante para conservar o calor (cartolina, papel de jornal, um pano, rolha, ou melhor uma garrafa térmica)
 Um termômetro que alcance os 90º (fácil de adquirir em lojas especializadas em venda de materiais para laboratórios ou de cozinha)
Modo de preparo
Primeiramente, coloque uma colher de iogurte em cada frasco. Depois, coloque em fogo baixo o leite, até que alcance os 85 ºC. Mexa-o para que não agarre no fundo. Isso levará uns 10 minutos. Caso não tenha termômetro, sem problemas, o fogo deverá ser apagado quando o leite começar a ferver e subir um pouco.

Mexa o leite para que abaixe sua temperatura até 45ºC, pode demorar meia hora, de acordo com o tempo e calor do ambiente. Para saber se a temperatura é a ideal, teste com o dedo, se queimar um pouco, porém for suportável, está no ponto ideal.

Derrame o leite nos frascos até que encham. Mexa para que o iogurte se misture totalmente ao leite. Tampe bem e reserve a mistura em um recipiente onde seja possível conservar o calor. Espere 6 horas, mantendo a mistura em recipiente e ambiente quentes. Passadas as 6 horas, leve a mistura ao congelador e, em 4 horas, ela terá ganhado densidade, pronto para comer. Caso você leve-a ao congelador e não abra, ela poderá permanecer armazenada por até 10 dias, mas depois de aberta não poderá passar de 6 dias armazenada.

Qual é a vantagem de fazer o iogurte caseiro?
Alguns dos muitos benefícios de preparar seu iogurte em casa são:

- Não possui conservantes ou aditivos;

- Oferece nutrientes que não se desnaturalizaram com processos industriais;

- Podemos comer logo depois de prepararmos;

- Se usarmos iogurte sem conservantes e açúcar e leite, será mais saudável;

- É educativo, afinal, pode ser preparado junto com seus filhos, explicando o processo;

- É possível reciclar os frascos e utilizar quantas vezes quiser, e o sabor é melhor que em recipiente plástico;

- Dessa forma, indiretamente, economizaremos energia, infraestrutura, transporte, evitaremos contaminação ambiental etc.;

- Sairá mais barato, natural e gostoso do que comprar.
http://melhorcomsaude.com/

Sufle-de-brocolis-aromatizado-com-limao



Sufle-de-brocolis-aromatizado-com-limao
Estas árvores em miniatura podem tudo: seu uso tem o poder de nos acalmar, regular a digestão, proteger a saúde e até emagrecer. Melhor ainda quando vêm numa receita bonita de se ver – e ainda mais gostosa de comer.
Brócolis são os campeões da dieta cromada. Isso porque contêm o poderoso mineral cromo. É o cromo que torna o corpo mais sensível à insulina, responsável por levar o açúcar ao interior das células. Quanto mais eficiente este processo, menos açúcar sobrando temos no corpo. Com muitas fibras, também trabalha eliminando a gordura excessiva do tubo digestivo.
Versátil como ele só, vai bem cozido no vapor, al dente, em forma de salada temperado com azeite, limão e pouco sal. Com atenção aos ingredientes mais calóricos, é ótimo também com massas e gratinados, como na minha deliciosa receita com iogurte. Ou em uma versão mais “dourada”, capricho garantido pelo queijo desta receita de suflê – veja também a versão com espinafre. O rendimento é de seis porções, com apenas 117 calorias cada – menos que um pão francês.
Suflê de brócolis aromatizado com limão
Ingredientes
350 g de brócolis, picado
1/3 xícara (chá) de farinha de trigo
1 ½ xícaras (chá) de leite desnatado
1/3 xícara (chá) de creme de leite light
1 colher (sopa) de raspas de limão
¾ colher (chá) de sal
3 gemas
1 dente de alho picado
6 claras
Azeite em spray para untar
Queijo ralado para polvilhar
Modo de fazer
Cozinhe os brócolis por cerca de 4 minutos ou até ficar macio e reserve.
Coloque a farinha e o leite em uma panela e mexa bem até ferver.
Reduza o fogo e acrescente creme de leite, raspas de limão, sal, gemas e alho.
Cozinhe por 1 minuto ou até engrossar, mexendo sempre.
Despeje a mistura em uma tigela grande e junte o brócolis.
Bata as claras com uma batedeira em velocidade alta até formar picos firmes.
Misture, delicadamente, as claras em neve ao brócolis.
Coloque a mistura num refratário untado com azeite e polvilhe com o queijo.
Leve ao forno para assar por cerca de 40 minutos.
Quando estiver gratinado, retire para servir.
Fonte:Lucilia Diniz

terça-feira, 22 de julho de 2014

Confit de pato com lentilhas e pastinacas fritas



Para fazer o pato:
Ingredientes:
Louro
Tomilho
Sobrecoxas de pato
2 colheres (sopa) de sal grosso
Alho
Casca de limão
Pimenta (a gosto)

Modo de preparo:
O primeiro passo é preparar uma marinada´com folhas de louro e tomilho. Coloque-as em uma assadeira e, em seguida, as sobrecoxas do pato, sem esquecer de dobrar a pele para baixo. Acrescente duas colheres de sopa de sal grosso por cima. Coloque na geladeira por seis a doze horas. Depois que o pato marinar, tire-o da geladeira e lave para tirar o sal. Jogue alho e casca de limão no pato para dar mais sabor e adicione também pimenta. Aqueça a gordura e despeje sobre o pato. Coloque no forno a 120ªC durante quatro horas. Depois cozinhar por quatro horas, ponha o pato para assar durante quinze minutos.

Como preparar as lentilhas:
Ingredientes:
2 aipos
1 cebola média
2 dentes de alho
Salsinha
1 e 1/2 xícara de lentilha
1 limão siciliano
1 colheres (sopa) de azeite
4 xícaras de água
Sal e pimenta (a gosto)
Salsinha
2 colheres (chá) de vinagre de xerez ou de vinho

Modo de preparo:
Corte dois talos de aipo no comprimento e, em seguida, em cubos. Pique uma cebola média, dois dentes de alho e um punhado de salsinha. Despeje 1 e 1/2 xícara de lentilha na panela, adicionando o aipo, a cebola e o alho picados. Acrescente raspas de um limão-siciliano e duas colheres de sopa de azeite. Cubra com quatro xícaras de água e deixe cozinhar de 15 a 20 minutos até as lentilhas e ficarem macias e a maior parte do líquido evaporar. Cozinhe em fogo médio e meixa de vez em quando. Tempere com sal e pimenta e adicione salsinha. Acrescente ainda duas colheres de chá de vinagre de xerez ou de vinho. Misture tudo e está pronto para servir.

Para preparar as pastinacas:
Ingredientes:
Pastinacas
Óleo

Modo de preparo:
Corte as pontas e descasque. Aqueça seis centímetros de óleo em uma panela média. Faça lascas das pastinacas, descartando o centro. Com o óleo na temperatura certa, frite as lascas de 30 a 40 segundos. Não esqueça de virá-las para que dourem por igual. Depois de fritas, retire-as da panela com uma escumadeira e coloque para secar no papel toalha. Continue fritando aos punhados.
fonte gnt

Prato tradicional francês ganha toque marroquino na receita de Annabel

A Rainha dos Cereais ! Aveia !


Pan con avena... javier lastras

É curioso saber que a aveia em tempos antigos era considerada uma erva daninha, sendo cultivada apenas para alimentar animais.
Mais tarde suas propriedades nutricionais e curativas foram reconhecidas, e fazem com que atualmente ela seja considerada a Rainha dos Cereais.

Embora existam evidências de antigos cultivos na Ásia Central, os resquícios mais antigos da produção de aveia foram encontrados na Europa, e estão datados da Idade do Bronze.

Também foram encontrados restos de aveia em escavações no Egito, porém se supõe que eram silvestres.

Atualmente é no Centro e Norte da Europa, além da América do Norte, aonde sua produção é mais extensa. Na Espanha e América Latina um grande propulsor da aveia como superalimento é o renomado Doctor Pros, que escreveu abundante bibliografia sobre os benefícios do melhor dos cereais, baseado em estudos científicos.



A planta da aveia


É uma erva anual da família das gramíneas. As espécies mais cultivadas são a aveia branca (Avena sativa) e a aveia amarela (Avena byzantina). Suas sementes são um cereal muito apreciado na alimentação, bem como na medicina natural.

A planta pode alcançar um metro e meio de altura e possui folhas lanceoladas de cerca de 4 centímetros de comprimento e suas flores são como espigas, semelhantes ao trigo ou à cevada.



A rainha dos cereais


espiga de avena   Manuel Martin
Todas as incríveis propriedades da aveia a tornam incomparáveis aos outros cereais, por isso é intitulada a rainha dos cereais.


A aveia contém os nutrientes necessários para o bom  funcionamento de nosso organismo.

Embora o seu principal componente seja o amido, ela é rica em proteínas, gorduras saudáveis, vitaminas e minerais. É o cereal com a maior proporção de gordura vegetal, com 65% de gorduras insaturadas e 35% de ácido linoleico (rico em ômega 3).

Entre as vitaminas que a aveia nos oferece estão a B1, B2, B3, B6 e a vitamina E. Também nos nutre com minerais tais como sódio, potássio, fósforo, cálcio, magnésio, cobre, zinco, ferro e enxofre. Além disso, contém uma grande quantidade de fibras e glúten, portanto não é indicada para celíacos.

Em 100 gramas de aveia encontramos 335 quilocalorias repartidas em 12 gramas de proteína, 60 gramas de carboidratos, 6 gramas de fibra, 7 gramas de gordura saudável, 79 miligramas de cálcio, 6 gramas de ferro e 0,52 miligramas de vitamina B1.

Dessa maneira, consumir aveia todos os dias pode oferecer muitos benefícios a nossa saúde em geral.



Preferida pelos atletas


É comum que os atletas e amantes das academias incluam a aveia desde cedo em sua dieta, seja em flocos no café da manhã e lanches, em sucos de frutas ou vegetais ou em qualquer outra de suas versões para consumo.

Sua riqueza em carboidratos de fácil assimilação e seu teor proteico com seis dos oito aminoácidos essenciais – muito acima de qualquer outro cereal-, fazem com que seja ideal para nutrir o organismo das pessoas que realizam um gasto de energia superior à média, tanto a nível orgânico quanto muscular.


A aveia é fundamental na alimentação de atletas, para repor as energias.


As gorduras insaturadas, além de saudáveis, também são necessárias para regular o metabolismo em geral, o que ajuda a equilibrar o peso corporal. Portanto, é recomendável consumir aveia antes e após os exercícios.

Por ser uma grande fonte de vitaminas também é muito benéfica para quem necessita repor seu alto consumo devido às atividades físicas.

Bem assim, as vitaminas do complexo B, principalmente B1 e B5, colaboram para metabolizar os carboidratos, os quais são essenciais na produção de energia durante o esforço.

Sua rica fonte de minerais como o potássio ajuda a reestabelecer o equilíbrio eletrolítico do corpo, alterado pela transpiração elevada durante os exercícios. Seu teor de magnésio, cálcio e fósforo são fundamentais para o trabalho muscular e o bom funcionamento neuromuscular.



Como consumi-la?


É recomendável consumir a aveia na sua forma orgânica e integral, pois assim conserva todos os seus nutrientes sem o perigo dos produtos contaminantes empregados no cultivo comum. Além disso, este cereal integral oferece grande quantidade de fibras, o que nos ajudará a reduzir o colesterol e melhorar o trânsito intestinal.

Tomar duas colheres de sopa de flocos de aveia por dia nos fornece 100 calorias com todos os seus nutrientes.

Se acompanhamos de iogurte, um copo de leite ou simplesmente água quente, teremos uma quantidade de energia suficiente para cobrir uma das principais refeições do dia.

Também podemos adicionar alguma fruta picadinha como pera, maçã, ou banana e adoçar com mel. Pode ser consumida como leite vegetal cuja deliciosa receita daremos a seguir:



Ingredientes

100 gramas de aveia em flocos
um litro de água
uma colher de sopa de azeite de oliva
uma pitada de sal
canela
estévia ou açúcar


Modo de preparo

Colocar numa panela a aveia, a água, o azeite de oliva e o sal e cozinhar até ferver. Abaixe o fogo e continue cozinhando por mais 5 minutos.

Deixar repousar por 10 minutos. Bater o preparado no liquidificador e filtrar com um coador de pano. Acrescentar canela e adoçante a gosto. Pode ser consumido frio ou quente. Dica: o leite de aveia dá uma maciez especial para todo tipo de massas como bolos, tortas e panquecas.



Outras maneiras de incluir a aveia no seu cardápio são as seguintes: em extrato natural, em grão biológico, aveia inchada, granola, flocos de cereais, flocos integrais biológicos, comprimidos, farinha de aveia, granola com frutas, farelo de aveia, farelo em comprimidos ou em panquecas de cereais.

Oatmeal with apples and cinnamon in a white bowl
Existem muitas maneiras de incluir a aveia no seu cardápio, por exemplo, em extrato natural, em grão biológico, aveia inchada, granola, flocos de cereais, flocos integrais biológicos, comprimidos, farinha de aveia, granola com frutas, farelo de aveia, farelo em comprimidos ou em panquecas de cereais.


Também se usa farinha de aveia misturada com carne moída para elaborar almôndegas e outros pratos substituindo a farinha de trigo ou mesclando-a com esta.

Quando combinada com cítricos multiplica os seus efeitos antioxidantes. Apresentamos abaixo uma receita simples para elaborar uma deliciosa sobremesa de aveia com leite:



Ingredientes

A aveia com leite é um prato preparado da mesma maneira que o arroz com leite. Os ingredientes para duas pessoas são meio litro de leite, açúcar mascavo, canela, dois cravos da índia, pedaços de casca de limão e meia taça de flocos de aveia.



Preparo

Em uma panela colocar uma xícara de água e dois cravos da índia com uma casca de limão, adicionando os flocos de aveia. Cozinhar até que a aveia tenha a textura de uma pasta. Em outro recipiente fervemos o leite com um pedacinho de canela em ramo e o açúcar mascavo.



Elaboração

Quando o leite chegar ao ponto de ebulição, adicioná-lo aos flocos de aveia já cozidos. Mantemos uns minutos em fogo baixo movendo com uma colher de madeira, e retiramos do fogo quando a espessura seja de nosso gosto.



Toque final

Uma vez servido em prato fundo ou taça, podemos polvilhar canela, açúcar ou chocolate a gosto.



A aveia engorda?


É muito importante prestar atenção aos ingredientes que combinamos com a aveia. Às vezes não é a aveia que engorda, senão seus acompanhantes.

Duas colheres de sopa do mencionado cereal têm apenas 100 calorias que nos fornecem nutrição e saúde.

Porém se é acompanhada de mel, açúcar, leite, iogurte, frutas, muesli ou outros produtos calóricos, então podemos ganhar peso, mas a culpa não será da aveia.


Cuidado, a aveia em si não engorda, porém se é acompanhada de mel, açúcar, leite, iogurte, frutas, muesli ou outros produtos calóricos, então podemos ganhar peso.


Além disso, um consumo moderado de aveia, segundo alguns especialista como o Doctor Pros, nos ajudará a perder peso e estimular o metabolismo, além de colaborar na melhor absorção dos nutrientes, facilitando com suas fibras o trânsito intestinal (sobretudo se é integral).

A aveia proporciona sensação de saciedade, é diurética e evita a ansiedade, fatores que favorecem o emagrecimento.

Algumas pessoas submetidas a dietas para frear o colesterol e reduzir o açúcar no sangue, baseadas no consumo regular de aveia, conseguiram perder 4 quilos em uma semana. A dieta tinha como base ingredientes como aveia, frutas, vegetais, queijo fresco, nozes, muita água e sobretudo caldos.

Essas dietas depurativas são muito eficazes e costumam durar uma semana. É muito conveniente realizá-las precisamente nos períodos de mudança de estação.



Propriedades terapêuticas


São muitos os benefícios que a aveia nos oferece. Entre suas variadas propriedades terapêuticas poderíamos destacar: regeneradora da pele (emoliente), grande tônico cardíaco, equilibra os níveis de glicemia, restaurador orgânico da atividade vital (analéptico), laxante suave, reduz a ansiedade e o estresse (timoléptico), antidispéptico (estimula a digestão), combate a fraqueza, antiespasmódica, relaxante natural que induz ao sono e antidiarreico.

A folha da planta seca ao forno tem efeitos narcóticos, calmantes e antiespasmódicos. Sua contribuição adicional de fibra solúvel ajuda a reduzir colesterol enquanto a insolúvel tem um leve efeito laxante, ideal para crianças e idosos. Ela também reduz a pressão arterial devido ao seu alto teor de potássio.


A aveia nos oferece uma infinidade de propriedades terapêuticas, tais como regeneradora da pele (emoliente), grande tônico cardíaco, equilibra os níveis de glicemia, restaurador orgânico da atividade vital (analéptico), dentre outras…


Seu teor em fósforo e enxofre fortalece as unhas, reduz a caída de cabelo e regenera a pele. O consumo interno da aveia atua como diurético, sacia o apetite, combate a tosse ou bronquite, favorece a fertilidade e melhora os transtornos menstruais e a menopausa.

Utilizado de maneira externa, este valioso cereal melhora consideravelmente todo tipo de problemas na pele como psoríase, urticária, dermatite, acne ou queimaduras solares. Também se usa como cataplasma para aliviar dores reumáticas, ciática ou hepáticas.

Seu consumo também traz benefícios em casos de doenças degenerativas como esclerose múltipla. Além disso, a aveia é relaxante do sistema nervoso, portanto é indicada para casos de insônia, estresse e ansiedade.



Remédios caseiros


Seu grão ou semente sem pele é cozido para elaborar tisanas que combatem catarros e bronquite, além de inflamações no aparelho digestivo. Já a batida de aveia com estévia é ideal para refrescar-se, ajuda na digestão e é permitida para pessoas que sofrem de diabetes.

Para tratar problemas de artrite ou reumáticos se aplicam cataplasmas de aveia cozida com vinagre no local da moléstia.

Também é usualmente consumida como farinha para melhorar e fortalecer o organismo das mães durante o período de amamentação.

A palha do cereal é sedativa e mineralizante, e se consome após ser ressecada ao forno. Compartilhamos a seguir algumas receitas simples que podemos preparar em casa com flocos de aveia:


A palha da aveia é sedativa e mineralizante, e se consome após ser ressecada ao forno.


Água de aveia para baixar o colesterol: adicionar três colheres de sopa de aveia em um litro de água, e deixar de molho toda a noite. No dia seguinte beber em pequenas quantidades durante todo o dia.

Chá ou infusão de aveia: é indicado para reduzir o ácido úrico, evitar a retenção de líquidos, más digestões, casos de gripe e resfriados, bronquite e transtornos de rins ou bexiga. É preparado fervendo 5 colheres de sopa de aveia em um litro de água. Deixe em repouso 30 minutos e passe pelo coador. Beba um copo pela manhã em jejum e outro pela noite antes de dormir.

Banho de aveia para a pele: esquentar água na banheira e adicionar um copo de flocos de aveia para que emita suas propriedades. Um banho de vinte minutos, além de tratar problemas de pele, também nos ajudará a relaxar e conciliar o sono.

Infusão de aveia para a ansiedade: ferver seis colheres de sopa de aveia em meio litro de água e depois coar. O indicado é tomar 15 minutos antes de cada refeição, com o estômago vazio. A parte sólida da aveia que ficou no coador pode ser aproveitada mesclando-a com outro ingrediente, como iogurte ou mel, por exemplo.

Máscara de aveia: em meia xícara de leite adicionar três colheres de sopa de aveia e esquentar. Mover bem até ficar espesso e deixar esfriar. Depois aplicar o preparado sobre o rosto durante cinco minutos. É muito benéfica contra a acne e para regenerar a pele.

Cataplasma com vinagre: ideal para lombalgia, ciática e também como compressa peitoral para resfriados e bronquites. Ferver um copo de vinagre de maçã e adicionar farinha de aveia até ficar espessa como uma pasta. Deve ser aplicado quente sobre a parte afetada com uma gaza.



Efeitos colaterais


Sempre recomendamos consultar a dose e posologia com seu médico para iniciar esse tipo de tratamentos.

A aveia apresenta um mínimo de contraindicações que não se manifestam quando consumida em flocos. São o farelo e a pele da aveia integral que podem produzir algumas contrariedades como: inchaço abdominal, gases, diarreia, cólica ou obstrução intestinal e problemas na absorção de nutrientes.

Por fim, vale ressaltar que é contraindicado o uso da aveia integral ou seu farelo em casos de cólon irritável, obstrução intestinal, intestino curto, vesícula obstruída ou inflamada, colite ulcerativa e osteoporose.

Se você não sofre destes problemas, desfrute sem medo dos grandes benefícios deste superalimento em todas suas formas de consumo.
fonte http://melhorcomsaude.com/

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Vinagre, uma Presença à Mesa


Vinagre

Possuindo vitaminas, minerais, enzimas, e aminoácidos essenciais, a verdade é que o vinagre nem sempre é apreciado. Porém, o vinagre é sempre uma presença obrigatória!
Fermentado a partir do vinho ou de cidra, o vinagre nem sempre é apreciado por todos. Há quem diga que é demasiadamente amargo, mas há ainda aqueles que não passam uma refeição sem que a mesma seja devidamente regada com um pouco de vinagre. A fermentação de que há pouco lhe falámos é conseguida a partir da mistura entre o álcool e o oxigénio que existe no ar. Essa fusão transforma-se num ácido acético e água, dando origem ao famoso vinagre.
Há muito tempo que se recorre ao vinagre para tratamento e prevenção de determinadas doenças. Dos tempos mais remotos para a modernidade, acredita-se que o vinagre possa combater o envelhecimento, artrite, a azia, a diarreia ou a osteoporose, entre outros problemas. O uso do vinagre no tratamento de doenças é tão antigo, que já Hipócrates, o pai da medicina, costumava tratar os seus pacientes recorrendo a água com vinagre.
O vinagre contém propriedades anti-sépticas, antibióticas, e nutrientes, e a sua utilização é ainda habitual na preparação de mezinhas caseiras, provenientes de tempos muito antigos, quando a medicina não tinha ainda desbravado os caminhos da modernidade. Todas as propriedades do vinagre são ainda mais evidentes se falarmos no vinagre extraído de cidra, já que neste caso os seus benefícios são ainda mais notórios.
Com toda a certeza que já reparou ao entrar no supermercado que encontra diversos tipos de vinagre, provenientes das mais variadas marcas. A verdade é que todos eles são de boa qualidade, não só ao nível do tempero da comida, como também quando aplicados a áreas medicinais. Porém, quanto mais natural for o produto, melhor serão as qualidades das propriedades do mesmo. O recurso ao vinagre é tão antigo que em outros tempos aconselhava-se as pessoas a tomarem duas colheres de vinagre, após as refeições, para evitar intoxicações alimentares, e ainda hoje este conselho continua a ser seguido por muitos.
Nem só este conselho persiste ainda no universo dos nossos dias. Quantas vezes já não a aconselharam a passar um algodão com vinagre por cima de uma picada de mosquito? E quantas vezes também já não lhe disseram para juntar à água do banho vinagre, para aliviar as queimaduras, devido a exposição prolongada ao sol? Certamente que tem conhecimento das mais valias destes procedimentos e, possivelmente, você mesma recorre a muitos deles, deixando para segundo plano pomadas ou medicamentos.
O vinagre tem ainda muitas mais utilidades. Fique com algumas das nossa sugestões: se notar que a sua mobília de madeira, ou que na casa de banho, começam a haver sinais da criação de bolor passe um pano com um pouco de vinagre, depois de os ter limpo. O vinagre é ainda muito útil para retirar manchas nas suas panelas, provocadas por um excesso de cozedura, assim como pode ser também utilizado para retirar o odor a urina nas roupas. Primeiro lave-as normalmente, e depois deixe-as ficar em água com vinagre.
O vinagre apresenta ainda muitos outros benefícios, e pode mesmo recorrer-se ao seu uso para inúmeros problemas que ocorram no lar, roupa, mobília, doenças, beleza, etc. O seu consumo é imprescindível para combater a hipertensão, a osteoporose, destrói micróbios dos alimentos, melhora a circulação sanguínea, alivia dores de cabeça e as tão indesejadas cãibras, e é uma das mais valias para o coração. Também ao nível da beleza o vinagre mostra as suas qualidades: faz bem aos cabelos, à caspa, revigora a pele, e combate o acne. É igualmente garantido em problemas urinários, alivia a tosse, é útil em certas infecções na pele e olhos, e permite relaxar os músculos doridos.
As qualidades do vinagre estão mais que verificadas ao longo dos anos, e a prova viva desse mesmo facto é que ainda hoje as pessoas continuam a recorrer às suas propriedades. Mesmo que não goste do sabor e cheiro do vinagre, terá que concordar, após este artigo, que o vinagre é uma presença obrigatória no bem estar de todos nós.

Bolo de maçã sem farinha !


Bolo de maçã sem farinha

Tem um assunto que é sempre discutido no universo da alimentação saudável. Será que a farinha branca faz mal? E a integral, é melhor? A primeira coisa que eu posso garantir a vocês é que ambos os tipos de farinha são calóricos – e devem ser usados com moderação.
Elas estão em todo lugar e fugir não é fácil. Do pão francês ao bolo de chuva, a onipresente farinha branca é pobre em nutrientes e possui alto índice glicêmico. Por isso, tem ação semelhante ao açúcar no organismo, aumentando a taxa de glicose no sangue. Além disso, o processo de refino do trigo em farinha branca reduz 80% da quantidade de fibras do alimento. Já a farinha integral é uma opção válida, já que é menos processada, mantendo seus macronutrientes, como a proteína, e bem mais fibras solúveis.
Mas, sempre que for possível, é melhor reduzir a categoria da alimentação. Alternativas existem, como neste bolo de maçã que eu vou ensinar. Também chamada de torta, esta receita fica uma delícia – e ninguém vai sentir falta de nenhum ingrediente.
É só bater no liquidificador quatro maçãs sem casca, três ovos e uma banana. Passe para uma tigela e junte uma colher de sopa de fermento, duas xícaras de aveia integral em flocos e duas colheres de uvas passas. Mexa bem e coloque em uma forma antiaderente. Cubra com fatias de maçã e leve para assar. Para retirar, espere dourar. Polvilhe um pouco de canela e sirva. Fica muito crocante por causa da aveia e fofinho como um bolo convencional.
fonte http://luciliadiniz.com/

SOU UM “PASSADISTA” CONFESSO de Paulo Konder Bornhausen


SOU UM “PASSADISTA” CONFESSO
Paulo Konder Bornhausen



            Se a imaginação é a primeira fonte da felicidade humana, como dizem os poetas, o passado é para mim, uma fonte inesgotável de felicidades vividas e nunca esquecidas.

            Ser um amante do passado, quando nos vem a lembrança os momentos, pessoas, que nos trouxeram alegrias e só deles devemos nos lembrar, não significa desconhecer a realidade do presente, nem os planos e sonhos do futuro.

            Esse tipo de “passadismo” nos fortalece, pois faz bem a nossa mente, nosso espírito e alimenta nosso coração e a nossa alma.

            Poucas vezes li melhor definição sobre o passado do que a que lhe deu Henry Botaille, dramaturgo francês, “O passado é um segundo coração que bate em nós”.

            É assim que vejo o passado, como minha amada mãe, em sua longa velhice, costumava dizer, religiosa como era, que além das orações permanentes, em horários que se determinou, via a televisão, lia com freqüência invejável e fazia “tricot”, agasalhos para os netos e bisnetos, encontrava a alegria de viver também, com as lembranças maravilhosas do seu passado, procurando esquecer aqueles momentos que foram difíceis ou indesejáveis. Quando alguém lembrava o passado na sua presença e era considerado retrógrado, principalmente os mais jovens, ela costumava dizer algo semelhante, ao que na sua imensa sabedoria, dizia Giovanni Verga, um escritor italiano “Os jovens têm a memória curta e os olhos para ver apenas o nascer do sol; para o poente olham apenas os velhos, aqueles que viram o ocaso tantas vezes".

            Sei que a vida se tornaria impossível se dela a gente relembrasse por inteira. Tudo está em saber o que devemos esquecer.

            Sou um passadista confesso. Boas lembranças alimentam o meu espírito e me dão forças para enfrentar altivo o presente, entregando a Deus o meu futuro.

            Na minha idade o meu passado é meu maior tesouro e o meu grande patrimônio.

domingo, 20 de julho de 2014

Bolo rápido de mandioca


Bolo rápido de mandioca


Ingredientes

. 1 prato fundo de mandioca picadinha (400 g aproximadamente)
. 1 xícara (chá) de leite
. 3 ovos
. 3/4 de xícara (chá) de margarina
. 1 vidro de leite de coco pequeno
. 2 xícaras (chá) de açúcar
. 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
. 1 xícara (chá) de maisena
. 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de Preparo

Bata no liquidificador a mandioca, o leite, os ovos, a margarina, o leite de coco e o açúcar, até ficar homogêneo. Retire do liquidificador e incorpore a farinha de trigo, a maisena e o fermento peneirados. Despeje a massa em uma forma de furo central untada e enfarinhada e leve para assar em forno médio preaquecido.
Conteúdo MDEMULHER

Benefícios da tangerina!



Todo mundo toma suco de laranja, que é um dos preferidos, mas você já experimentou um suco de tangerina? Se o sabor delicioso da fruta não for suficiente para convencê-la, vamos explorar os benefícios da tangerina e temos certeza que você não vai resistir!


O que que a Tangerina tem?

A tangerina é uma fruta cítrica, rica em vitaminas C e A, cálcio, potássio, fósforo, magnésio, antioxidantes e fibras. Também chamada de mexerica, poncã, mimosa, bergamota e outros, parece ter tantos nomes quanto benefícios! Vamos a eles!

Os benefícios que o consumo da tangerina nos traz

A vitamina C é um poderoso antioxidante que fortalece o sistema imunológico, combate os radicais livres e o envelhecimento precoce. Já a vitamina A contribui para a saúde das vistas, da pele e aumenta a resistência física. O magnésio favorece os músculos, ossos e síntese de proteínas. O potássio ajuda na saúde do coração e impulsos nervosos.

A fruta tem um antioxidante chamado nobiletina, que muitos acreditam impedir o aumento dos níveis de colesterol, ajudando a prevenir e controlar doenças cardiovasculares e o diabetes. Tem, ainda, efeito diurético, digestivo e laxante, e o chá das folhas tem efeito calmante.

Quantos benefícios não é mesmo? Animou? Então aproveite nossa receita para fazer um delicioso, nutritivo e funcional suco de tangerina!

Suco de tangerina

Modo de fazer: descasque 4 tangerinas, tire as sementes e bata no liquidificador com um pouco de água, coe e adoce, se for o caso. Se preferir, pode bater com outras frutas, como um pedaço de manga, ou aromatizar com um pouquinho de hortelã, manjericão ou gengibre. Fica delicioso!!

O suco é uma opção de consumo, mas perdemos as fibras. Dê preferência pelo consumo in natura. Também é possível preparar geleia da fruta, gelatinas e outras receitas.
FONTE http://lar-natural.com.br/

sábado, 19 de julho de 2014

Benefícios de tomar diariamente uma colher de canela e mel


miel-y-canela-HealthHomeHappycom

Para reduzir o peso, aumentar as defesas, melhorar a digestão, cuidar das articulações, prevenir doenças cardiovasculares, tratar a insônia e o esgotamento ou aumentar a libido. Estas são algumas das propriedades que nos proporcionará essa mistura.

Benefícios
A mistura de canela e mel, consumidas diariamente como explicaremos a seguir, nos proporcionarão os seguintes benefícios para a saúde.

Baixar de peso: nos ajuda a ativar o metabolismo e a reduzir a ansiedade por consumir açúcar. Além disso, a canela é um regulador dos níveis de glicose no sangue e também nos ajuda a eliminar o excesso de líquidos e gordura no nosso organismo. Tomaremos misturados com água quente entre as refeições.
Aumentar as defesas: essa combinação é altamente calorífera e também funciona como um antibiótico natural. Ou seja, nos ajuda a expulsar o frio do corpo e a prevenir doenças causadas por vírus e bactérias.
Combater e aliviar as dores de garganta: suas propriedades antibióticas e anti-inflamatórias nos permitem tratar faringite, amidalite, afonia, disfonia etc. Misturamos uma colher de sopa com água morna e a tomaremos de gole em gole e fazendo gargarejos.
Melhorar a saúde das articulações: graças a suas propriedades caloríferas e antioxidantes, essa mistura é ideal para doenças como a artrose, osteoartrite, etc.
Reduz o risco de doenças cardiovasculares: já que melhora a circulação, reduz o colesterol, fortalece o coração e regulariza seu ritmo.
Aumentar a libido: a canela é considerada um dos melhores afrodisíacos naturais, tanto para homens quanto para mulheres. Tomaremos uma colher de sopa de manhã e outra antes de deitar.


Melhora a digestão e combate a acidez: neste caso tomaremos uma xícara de água morna com uma colher de sopa desta mistura, preferencialmente antes da refeição, ainda que se possa tomar depois em forma de infusão.
Obter energia e evitar o esgotamento: suas propriedades caloríferas e tonificantes nos ajudam a revitalizar nosso organismo. Tomaremos uma colher de sopa dessa mistura preferencialmente em jejum.
Rejuvenescer o organismo: tanto internamente quanto externamente. Graças a suas propriedades antioxidantes ajuda a diminuir os danos nos tecidos causados pela passagem do tempo, por isso um bom remédio de beleza e também nos ajuda a prevenir as doenças crônicas.
Combater a insônia: tomaremos uma colher de sopa com um copo de água quente antes de deitar.
O que precisamos?
Somente precisamos de canela e mel, mas esses devem ser da melhor qualidade.

O mel precisaria ser orgânico, o que nos garante que ele tenha sido processado naturalmente sem acréscimo de nenhuma substância. Além disso, de preferência ser mel cru, que é aquele que não foi cozido em alta temperatura para que pareça sempre liquido. Quer dizer, que com o frio ele deveria endurecer. Pode-se esquentá-lo em banho-maria para derretê-lo sem que perca suas propriedades.

Por outro lado, a canela será também ecológica e, se for possível, de Ceilão. O aroma nos permitirá averiguar sua qualidade.
miel-alsjhc

Como preparar?
Misturaremos o mel líquido e a canela até que fique bastante espesso. Guardaremos o preparo em um pote de vidro selado. Podemos mantê-lo fora da geladeira se for em um lugar fresco e que não faça muito calor. Esse preparo fica bem conservado por muito tempo sem necessidade de conservante, graças às propriedades da canela e do mel.



Como consumir?
Como doses padrão, tomaremos diariamente uma colher de sopa desse preparo. Para as crianças pequenas a dose padrão será uma colher de sobremesa.

Podemos misturá-la com um pouco de água quente, e terá o sabor de uma infusão adocicada, ou também com água fria e, dessa maneira, será uma bebida refrescante e saudável. Também podemos combiná-la com suco, leite e iogurte, mas sempre sem cozinhar.

Ocorreu um erro neste gadget