Saúde

Clique aqui para ver todos os posts com o tema de saúde, com opções naturais e ações interessantes para melhorar o seu dia-a-dia.

Receitas

Receitas de água na boca para todos os gostos: de vários lugares, doces e salgadas.

Notícias

Mantenham-se atualizados com as últimas notícias que estão rolando por Floripa e pelo mundo.

Curiosidades

Dicas e truques para fazer a vida um pouquinho mais fácil, e informações divertidas sobre todos os tipos de assunto.

Depoimentos

Opiniões e informações de todos os cantos da internet.

Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Pão de mel tentação


Receitas de Pão de mel tentação

Modo de Preparo
1. Leve ao fogo 1/2 litro de leite, o açúcar mascavo e o mel até dissolver por completo.
2. À parte, numa vasilha grande, coloque a farinha de trigo, a canela, o cravo em pó e o fermento. Misture bem e reserve.
3. Bata no liquidificador os ovos com o 1/2 litro de leite restante e acrescente as essências.
4. Misture com a primeira parte líquida já dissolvida e ainda quente. Mexa bem.
5. Despeje todo o líquido sobre a farinha de trigo, mexa delicadamente e leve para assar em assadeira retangular grande.
6. Depois de assado, corte no formato desejado.
7. Recheie com leite condensado cozido e banhe no chocolate derretido.
Dica varie o recheio usando geleia de damasco ou brigadeiro.



Ingredientes 1 litro de leite 1 kg de açúcar mascavo 2 xícaras (chá) de mel 1 kg de farinha de trigo 2 colheres (café) de canela em pó 2 colheres (café) de cravo em pó 2 colheres (sopa) cheias de fermento em pó 8 ovos 1 colher (sopa) de essência de mel 1 colher (sopa) de essência de baunilha 3 latas de leite condensado cozido 800 g de chocolate picado

O que é melhor para a saúde: café ou vitamina de frutas?


Café e vitaminas de frutas (arquivo)

Uma bebida é feita com frutas e a outra tem cafeína, portanto a tendência é todos pensarem que uma vitamina de frutas é mais saudável que um café. Mas, o médico e jornalista britânico Michael Mosley explica que pode não ser bem assim.
A resposta óbvia sobre qual bebida é mais saúdavel parece ser a vitamina de frutas. Afinal, beber café é um mal necessário e tomar uma vitamina de frutas faz parte da quantidade mínima de frutas e verduras que devemos consumir diariamente, cinco por dia.

Mas, vários estudos revelam algo mais surpreendente.
Começando com o café. Muitos estudos alegam que anos consumindo a bebida podem aumentar o risco de uma série de problemas, desde doenças cardíacas até câncer.
Estes estudos se baseiam em experiências nas quais se pega um grupo de pessoas que bebem café comparadas com outro grupo semelhante que não toma a bebida. O problema com esta abordagem é que os que tomam café são mais inclinados a outros hábitos como fumar ou consumir bebidas alcoólicas, então é difícil separar o que realmente está fazendo mal a estas pessoas.
Uma forma mais confiável de saber a verdade é pegar um grupo de indivíduos saudáveis, coletar dados a respeito deles e então seguir a situação deles por muitos anos.
Quando cientistas coletaram dados sobre os hábitos de consumo de café de 130 mil homens e mulheres e então os seguiu por 20 anos, descobriram que o café é algo bom. A pesquisa foi publicada na revista especializada Annals of Internal Medicine, em junho de 2008.
Ao analisar os números resultantes do estudo, os cientistas concluíram que o "consumo regular de café não estava associado ao aumento de mortalidade entre homens ou mulheres".
Proteção
Os dados deste estudo sugerem que o consumo moderado de café pode oferecer uma pequena proteção, levando a uma suave queda da mortalidade (por várias causas) em pessoas que consomem a bebida, em comparação com os que não bebem café.
Com base neste e outros estudos, se chegou à conclusão de que a dose mais eficaz varia entre duas a cinco xícaras por dia. Beber mais do que isso diminui os benefícios.
O café tem centenas de substâncias diferentes, incluindo muitos flavonoides (compostos encontrados em plantas e que têm efeito antioxidante). Mas não se sabe quais destes ingredientes é benéfico.
Mas, quando se se fala do cérebro, o ingrediente bom do café parece ser a cafeína. Uma pesquisa publicada em julho de 2013 na revista especializada World Journal of Biological Psychiatry, afirmou que pessoas que bebem duas a cinco xícaras de café com cafeína diariamente apresentam metade das probabilidades de cometeter suicídio em comparação às pessoas que bebem o café descafeinado ou menos que duas xícaras por dia.
Esta pesquisa juntou dados de três estudos que seguiram mais de 200 mil pessoas por mais de 14 anos, então é confiável. Além de ser apoiada por outras pesquisas.
Uma razão de a cafeína poder ser um antidepressivo suave é que, além de deixar a pessoa mais alerta, aumenta o nível de neurotransmissores como dopamina e serotonina, que melhoram o humor.
Mas os pesquisadores não recomendam doses altas, acrescentando que "há pouco benefício extra para o consumo acima de duas ou três xícaras".
 Café (arquivo/BBC)
Apenas café preto e café com leite foram avaliados
Outro alerta é que estes testes começaram há muitos anos então o tipo de bebida testada foi, quase com certeza, o bom e velho café tradicional. Uma simples xícara de café tem entre zero e 60 calorias, dependendo se é preto, com leite ou com leite e um pouco de açúcar.
Capuccinos, lattes e mochas têm café mas também têm muitas calorias, algo entre 100 e 600 calorias.
E as vitaminas de frutas?
Vitaminas de frutas podem ser feitas com a fruta pura, mas quando você tira a casca e tritura a fibra você já perdeu muito do potencial da fruta. O que sobra em uma vitamina é principalmente uma bebida açucarada.
Em um estudo publicado no começo de 2013, pesquisadores descobriram que entre as 52 vitaminas prontas à venda, 41 tinham mais açúcar que uma Coca-Cola e todas tinham mais calorias.
Vitaminas de frutas são ácidas e deixam resíduos nos dentes, então os dentistas não gostam muito destas bebidas. Uma maçã por dia pode manter o médico longe, mas não quando é descascada, triturada, misturada e empacotada.
Em um estudo publicado em agosto de 2013 no British Medical Journal os pesquisadores descobriram que consumir frutas diminui o risco de diabetes. Mas "beber" frutas parece aumentar este risco.
Este foi outro grande estudo envolvendo muitas pessoas acompanhadas durante muitos anos.

Vitaminas podem ter mais calorias que refrigerantes
Uma descoberta interessante é que frutas diferentes resultaram em níveis diferentes de benefícios. Três porções de mirtilo, por exemplo, diminuem o risco de diabetes em 26%; maçãs, peras, bananas e toranjas também tiveram um efeito positivo, mas muito menor.
No total, aqueles que comeram a fruta cortaram o risco de desenvolvimento de diabetes em 2% enquanto que as pessoas que "beberam" a fruta (mais de três copos de suco de frutas por semana) aumentaram o risco em 8%.
Más notícias
Um estudo feito na Austrália Ocidental examinou a dieta diária de mais de 2 mil pessoas e descobriu que consumir alguns tipos de frutas e verduras (brócolis, couve-flor, repolho e maçã) corta o risco de desenvolver câncer colorretal, enquanto que beber o suco de frutas foi associado ao aumento do risco de câncer retal.
Bebidas açucaradas aumentam o nível de insulina e níveis altos de insulina estão associados ao aumento do risco de certos tipos de câncer. Os pesquisadores destacam que muitas coisas que protegem contra câncer de intestino, como os antioxidantes e fibras, são perdidos ou suas quantidades caem durante o processo de fazer o suco.
Nenhum destes estudos analisou especificamente os benefícios para a saúde das vitaminas de frutas ou mesmo o impacto de tipos diferentes de sucos. Por exemplo, se são sucos frescos ou feitos a partir de concentrados de frutas, feitos em casa ou comprados em lojas. Presumo, por exemplo, que tomar uma vitamina feita em casa será bem melhor do que uma comprada pronta.
E duvido muito que o ocasional suco de fruta ou vitamina vai fazer mal. De qualquer forma, pessoalmente, não os compro mais e raramente os tenho em casa. Como a fruta e, quando se trata de bebidas, prefiro continuar com a água, chá e, claro, café.
fonte http://www.bbc.co.uk

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

BOLO SALGADO DE BATATAS E ALHO-PORÓ


Bolo salgado de batatas e alho-poró

Fonte
chef Christian Formon
Tempo de Preparo
Médio - 1 hora e 30 minutos
Rendimento
8 a 10 porções
Dificuldade de preparo
Fácil
Custo aproximado
Médio
Utensílios
refratário ou
forma de aro removível com 25 cm de diâmetro
Ingredientes

2 kg de batatas descascadas e cortadas em fatias, não muito finas, sem lavar
1 litro de leite fresco
1/2 litro de creme de leite fresco
sal, pimenta-do-reino branca a gosto
50 g de manteiga
partes brancas de 3 alhos-poró, cortadas em julienne
2 dentes de alho picados
uma pitada de noz-moscada ralada na hora
200 g de queijo parmesão ralado

se precisar, consulte o conversor de medidas
Modo de preparo

1. Numa panela de fundo largo, ponha o leite, creme de leite, alho, noz-moscada, sal, pimenta-do-reino a aquecer e acrescente as fatias de batatas para cozinharem "al dente".
2. 
À parte, aqueça o azeite e frite a julienne de alho-poró.
3. Em um refratário, disponha camadas de batatas, regando com um pouco do molho de leite, alho-poró e queijo ralado.
4. Repita as camadas, terminando com o queijo.
5. Leve ao forno pré-aquecido, moderado-forte, para gratinar.

6. Se quiser desenformar o bolo, use uma forma de aro removível de 25 cm de diâmetro e decore com o alho-poró frito.

Com nove anos, garotinha choca jurados no Holland's Got Talent Veja!


Sempre tem gente muito talentosa para surpreender os jurados de programas de talentos musicais. Mas o que aconteceu no Holland's Got Talent supera todas as expectativas.
Com apenas nove anos, a garotinha Amira Willighagen chocou a banca do programa com a sua voz - que não deixa nada a dever aos grandes nomes da ópera mundial.

Homem morre após tomar Red Bull e família quer R$ 185 milhões da empresa



Bebidas energéticas são, de fato, seguras?

Cory Terry, de 33 anos, sofreu um ataque cardíaco após ingerir a bebida durante um jogo de basquete. Seus parentes estão culpando a bebida energética mais famosa do mundo como a responsável pela morte.

O processo, que pedirá indenização de R$ 185 milhões de reais, será apresentado ao tribunal na próxima segunda-feira.

A bebida contém estimulantes como a cafeína, substância facilmente encontrada em uma xícara de café: “Eles são mais perigosos do que o Red Bull deixa transparecer”, disse o advogado Ilya Novofastovsky, em entrevista Ny Daily News.

Segundo o site, a empresa declarou em nota que já vendeu no mundo mais de 35 bilhões de latas em 165 países ao longo dos últimos 25 anos e que as autoridades de saúde de todos os países concluíram que a bebida é segura para o consumo.

A família rebate dizendo que Terry era trabalhador da construção civil, deixou um filho de 13 anos, tinha uma alimentação muito saudável e que não era fumante ativo, além disso, era um ávido bebedor de Red Bull.

Terry, que morreu em 2011, estava em um jogo de basquete quando tomou uma lata de Red Bull, sentiu-se tonto e desmaiou. A causa da morte foi miopatia dilatada idioápática: “Eu sei que ele era saudável e não consegui encontrar nenhuma outra razão para ele ter morrido”, disse sua avó.

Ela ainda entrou com uma ação contra o estado porque o ginásio não tinha nenhum desfibrilador ou outro equipamento salva-vidas para auxiliá-lo no momento da parada cardíaca.

Além disso, o relatório do processo levanta que, supostamente, 9 pessoas já teriam morrido no mundo com suspeitas associadas após o consumo de Red Bull e cita estudos científicos mostrando que a bebida teria riscos à saúde.

Entre 2004 e 2012, o FDA (órgão americano com a mesma atuação da ANVISA), mostrou 21 relatos médicos ou de hospitais fazendo conexões entre o Red Bull com uma longa lista de sintomas, incluindo fadiga, tonturas, dor no peito, etc.

O FDA já confirmou 18 mortes com uma ligação suspeita com bebidas de caráter energético em um estudo federal de 2009 com análises entre 13.000 atendimentos médicos nas emergências.


O processo ainda quer que o FDA coloque etiquetas de aviso nas embalagens advertindo as pessoas e pediu que a agência analise melhor essas bebidas. A ação ainda cita o slogan da bebida – Red Bull te dá asas – porque os jovens e atletas são especialmente vulneráveis aos ingredientes como a cafeína e a taurina.

O Dr. Daniel Fabricant, diretor da Divisão de Programas do Dietary Supplement do FDA, disse que a agência ainda está pesquisando os efeitos das bebidas cafeinadas: “Se acharmos que é perigoso para os consumidores, certamente vamos tomar medidas”, disse.
fonte jornal da ciencia

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Goji: a frutinha meganutritiva


Goji-Berry-fruta

De tempos em tempos, uma nova fruta ou legume é apontado como “superalimento” devido às suas propriedades nutritivas e acaba virando moda. É justamente o que ocorreu recentemente com as goji berries (bagas de goji, em português).

Após pesquisas internacionais apontarem que o consumo regular dessa frutinha avermelhada (ligeiramente menor que uma uva) ajuda na queima de gordura localizada, evita o envelhecimento precoce e ainda aumenta a imunidade, ela foi logo incluída na dieta dos famosos e virou objeto de desejo. Vendida desidratada como as uvas-passas, a goji tem sabor suave, ligeiramente doce e ácido.

Apesar de ainda pouco conhecida no Brasil, a goji é consumida há milhares de anos na China e Tibete. A alta concentração de vitamina C é um de seus principais atrativos. Cada 100 g da fruta contêm 2 g de vitamina C, quantidade 50 vezes maior que a de uma laranja. Além disso, ela também possui grande quantidade das vitaminas B1, B2 e B6, aminoácidos, minerais e antioxidantes, conforme estudo publicado no The American Journal of Clinical Nutrition.

De acordo com nutricionistas, ela realmente ajuda na queima de gordura, por acelerar o metabolismo e conter fibras, que ajudam na sensação de saciedade. Mas os resultados somente serão notados se ela for incluída em uma alimentação saudável e balanceada. Não adianta comer goji pela manhã e jantar fast foods. Nenhum alimento faz milagres! Portanto, desconfie de anúncios que prometem: “Perca de 2 kg em uma semana comendo goji berry”.

Goji Berry

Outros benefícios

Melhora o humor e regula o hormônio causador do estresse
Reduz o colesterol ruim (LDL) e protege rins e fígado
Melhora a aparência da pele e reduz o envelhecimento precoce
Previne o desenvolvimento de câncer em todo o organismo
Contra-indicação

Como nada é perfeito, as pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes não devem consumir Goji pois poderão ocorrer hemorragias.

Onde comprar goji?

Por não ser produzida no Brasil, a fruta é encontrada aqui apenas desidratada ou em cápsulas. O pacote da fruta seca com 100 gramas sai por aproximadamente R$ 30 e pode ser encontrada em casas de produtos naturais ou farmácias de manipulação.

Como consumir?

Podem ser consumidas puras, com frutas ou cereais
Misturadas a iogurtes ou saladas
Em forma de chá ou sucos de frutas
Cozidas no vapor e misturadas a carne e ensopados
Como ingrediente de pães, doces ou bolos

Musseline de batata-baroa


musseline-baroa-mandioquinha

Precisando de uma receita sofisticada para servir como entrada ou acompanhamento de peixes ou frango? Aposte na musseline de batata-baroa (também conhecida como mandioquinha). O sabor é delicado e a textura surpreendente. Originária da culinária francesa, a musseline é uma espécie de purê muito mais leve e aerado que o comum, resultado da adição de creme de leite batido. Como precisamos do creme de leite em ponto de chantilly, a receita só funciona com o creme de leite fresco. Os cremes de leite de caixinha e latinha não chegam no ponto de chantilly, devido ao baixo teor de gordura.

Ingredientes

600 g de batata-baroa (mandioquinha)
100 ml de leite
200 ml de creme de leite fresco
1 colher de manteiga
Sal e pimenta do reino a gosto

Preparo

Antes de bater o creme de leite, é preciso que tudo esteja bem gelado, inclusive os utensílios. Uma dica é colocar os batedores e a vasilha da batedeira no congelador por cerca de 40 min. Bata o creme de leite até que ele ganhe volume e se transforme em um chantilly. Não pode bater muito. Se ultrapassar o ponto, começará a formar manteiga. Reserve o chantilly. Cozinhe a baroa picada e descascada até ficar macia. Escorra a água do cozimento e bata no liquidificador com o leite (a baroa deve ser batida ainda quente). Leve esse creme de baroa ao fogo, acresce uma colher de manteiga, sal e pimenta do reino a gosto. Quando começar a ferver, acrescente o chantilly e misture delicadamente com ajuda de um fuê (batedor) até obter um creme homogênio.

Dica

Sirva a musseline de batata-baroa com couve frita. Para fazer, basta picar a couve em tiras fininhas e depois fritá-las em óleo bem quente. Esse processo deve ser rápido, cerca de 20 segundos, para que a couve não amargue.
 fonte Por Erickson Aranda

Bolo de Caramelo


Foto: Bolo de Caramelo


Massa:

250g de açúcar amarelo/mascavo claro (150g massa - 100g caramelo)
200g de creme de leite/natas 35%
100g de manteiga amolecida
150g de farinha
1 col. (chá) de fermento
2 gemas
3 claras
sal (pitada)
1/2 vagem de baunilha
1/4 col. (chá) de cardamomo moído

Ferva o creme de leite/natas no micro-ondas.
Leve 100g de açúcar para caramelizar, numa panela.
Retire do fogo e junte o creme de leite/natas e mexer bem até ter um creme homogêneo. Reserve.(Dica da Leonor: o açúcar mascavado a derreter em seco, mexendo para evitar que queime e as natas quentes por cima para evitar que salpique ou crie grumos.
É certo que a mistura tem tendência a criar pequenos grumos mas, continuando a ferver, eles dissolvem-se e desaparecem.)
Abra a vagem e raspe as sementes. Reserve.
Bata as claras em neve/castelo com o sal. Reserve.
Bata a manteiga com o açúcar até ficar cremosa e clara.
Junte as gemas uma a uma, batendo sempre.
Sem parar de bater, junte o caramelo, a baunilha e o cardamomo.
Junte a farinha.
Junte as claras em neve/castelo e misture com uma espátula, de baixo para cima, até incorporar tudo.
Coloque em forma de 25 cm, untada e polvilhada com farinha.
Leve ao forno pré-aquecido em 180º por 20/30 minutos.
Retire do forno, deixe esfriar por 10 minutos e desenforme.

Cobertura Toffee:

100g de açúcar amarelo (mascavo claro)
250ml de creme de leite/natas 35%
1 col. (chá) de manteiga
nozes para decorar (usei flor de sal)

Ferva o creme de leite/natas no micro-ondas.
Caramelize o açúcar numa panela.
Junte o creme de leite/natas aos poucos, mexendo sempre.
Junte a manteiga e mexa bem.
Depois de morna, coloque sobre o bolo e decore com nozes (flor de sal).

Fonte: http://noemiamartins.blogspot.pt/search/label/Bolo

Massa:

250g de açúcar amarelo/mascavo claro (150g massa - 100g caramelo)
200g de creme de leite/natas 35%
100g de manteiga amolecida
150g de farinha
1 col. (chá) de fermento
2 gemas
3 claras
sal (pitada)
1/2 vagem de baunilha
1/4 col. (chá) de cardamomo moído

Ferva o creme de leite/natas no micro-ondas.
Leve 100g de açúcar para caramelizar, numa panela.
Retire do fogo e junte o creme de leite/natas e mexer bem até ter um creme homogêneo. Reserve.(Dica da Leonor: o açúcar mascavado a derreter em seco, mexendo para evitar que queime e as natas quentes por cima para evitar que salpique ou crie grumos.
É certo que a mistura tem tendência a criar pequenos grumos mas, continuando a ferver, eles dissolvem-se e desaparecem.)
Abra a vagem e raspe as sementes. Reserve.
Bata as claras em neve/castelo com o sal. Reserve.
Bata a manteiga com o açúcar até ficar cremosa e clara.
Junte as gemas uma a uma, batendo sempre.
Sem parar de bater, junte o caramelo, a baunilha e o cardamomo.
Junte a farinha.
Junte as claras em neve/castelo e misture com uma espátula, de baixo para cima, até incorporar tudo.
Coloque em forma de 25 cm, untada e polvilhada com farinha.
Leve ao forno pré-aquecido em 180º por 20/30 minutos.
Retire do forno, deixe esfriar por 10 minutos e desenforme.

Cobertura Toffee:

100g de açúcar amarelo (mascavo claro)
250ml de creme de leite/natas 35%
1 col. (chá) de manteiga
nozes para decorar (usei flor de sal)

Ferva o creme de leite/natas no micro-ondas.
Caramelize o açúcar numa panela.
Junte o creme de leite/natas aos poucos, mexendo sempre.
Junte a manteiga e mexa bem.
Depois de morna, coloque sobre o bolo e decore com nozes (flor de sal).

Fonte: http://noemiamartins.blogspot.pt/search/label/Bolo

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Google e Facebook se juntam para baratear internet em países em desenvolvimento


a4ai

São Paulo – Alguns dos maiores nomes entre as empresas de tecnologia estão se unido por uma causa nobre. Liderados pelo Google, Facebook, Microsoft e Intel são três das gigantes que fazem parte da Alliance for Affordable Internet (A4AI, ou Aliança pela Internet Barata, em tradução livre). O anúncio foi feito nesta segunda, em um blog do próprio Google.

O grupo, como o nome sugere, tem como objetivo levar internet banda larga por um preço baixo a todos os países emergentes e em desenvolvimento. A ideia é cumprir a meta principal da Comissão de Banda Larga da Organização das Nações Unidas, que já é ambiciosa por si só – e torna-se ainda mais quando se vê o prazo estimado: 2015.


As grandes empresas terão ajuda de governos e de organizações sem fins lucrativos para baixar os custos das conexões da média atual de 30% para 5% da renda das populações de cada país. Para isso, devem ser feitas mudanças em políticas, que devem facilitar a entrada e o acesso a novas tecnologias em todos os países envolvidos – a única forma, já que, para o Google, “não existe uma solução simples que possa conectar as 5 bilhões de pessoas que vivem hoje sem internet”.

Essas novas políticas já estão praticamente definidas, e podem ser lidas neste manual de boas práticas (arquivo PDF em inglês). Elas envolvem a criação de uma competição saudável no mercado – para acabar com monopólios –, estabelecimento de agência regularizadora e fim de taxas e custos excessivos sobre equipamentos necessários para se conectar à internet – modem, telefones e mais.

Google e o acesso à internet – A iniciativa da A4AI não é a primeira tomada pelo Google para levar internet a todos. Recentemente, a empresa trouxe a público o plano de levar conexão Wi-Fi ao mundo através de balões. E antes disso, já havia tentado aumentar o acesso à rede usando as frequências vazias de transmissão de sinal de TV.

A proposta pode até parecer supérflua se comparada a outras causas “mais urgentes”, como levar comida e moradia a todos, mas não deixa de ter sua importância – basta lembrar que a internet, se bem utilizada, pode facilitar o acesso à informação e à educação.

fonte http://info.abril.com.br/

domingo, 27 de outubro de 2013

4 motivos para você não fazer download de arquivos DLL na internet



Entenda a razão pela qual instalar uma DLL de terceiros pode ser perigoso.

Há pouca coisa mais frustrante do que você fazer a instalação de um programa que estava louco para testar e começarem a surgir erros na tela. Normalmente, quando o problema envolve uma DLL que esteja faltando, nosso primeiro instinto é procurá-la na internet e armazená-la no computador para que possamos, finalmente, usufruir do aplicativo em questão.

No entanto, esse é um comportamento perigoso que pode colocar a máquina em risco e deveria ser evitado. Neste artigo, separamos algumas das razões pelas quais pode não ser uma boa ideia recorrer a uma DLL de terceiros quando há esse tipo de problema no computador. Porém, vamos começar com uma breve explicação sobre o que é esse tipo de arquivo.

O que é DLL?

DLL é a sigla para “Dynamic Link Library” e se trata de uma biblioteca dinâmica que contém dados que podem ser acessados por mais de um programa instalado no computador. Eles são compostos por sub-rotinas armazenadas em disco que podem ser carregadas na memória e executadas quando um aplicativo realiza o seu acesso.

Uma DLL pode conter código, dados ou recursos (ícones, fontes, cursores, entre outros). Assim, há DLLs para as mais variadas funções, como efetuar o gerenciamento de memória para um aplicativo ou abrir uma janela de mensagem no sistema. Um aplicativo pode conter vários desses arquivos, fazendo com que as suas funções fiquem modularizadas no SO.

Dessa maneira, você pode fazer uma atualização de um programa no Windows em vez de ser necessário remover e instalar novamente a aplicação sempre que houver uma modificação por parte do desenvolvedor. Além disso, quando vários aplicativos utilizam uma mesma biblioteca de funções, o emprego de DLLs reduz a duplicação do código carregado pelo computador.

Tal fato exerce influência no desempenho tanto do software em execução em primeiro plano quanto de as outras aplicações abertas no Windows, fazendo com que tudo fique mais rápido.

Por que não baixar?

Abaixo, apresentamos alguns dos principais motivos pelos quais você deve evitar buscar uma DLL em um site quando encontrar esse tipo de erro.

1. A DLL pode ser parte do problema

Quando você faz uma instalação malsucedida, a falta de uma DLL envolvida comumente é um dos primeiros erros apontados, o que não quer dizer que seja o único. Como as DLLs são apenas partes dentro de um programa, ao baixá-las e fazer a instalação você pode estar resolvendo apenas uma parcela de um problema maior.

Mesmo que instalar a DLL resolva a questão, essa pode ser uma condição temporária, fazendo com que outros erros ocorram posteriormente (inclusive, entre eles, a falta de outras DLLs). O ideal é que você tente corrigir esse tipo de situação reinstalando o programa que possui o arquivo ou uma versão diferente dele, que esteja mais atualizada ou compatível com a versão do Windows utilizada no seu computador, por exemplo.

Dessa forma, você possui uma chance maior de não haver mais problemas relacionados à instalação do programa. Caso a reinstalação do aplicativo não faça uma reparação ou a substituição da DLL sobre a qual você recebeu erros, uma alternativa é buscar o suporte técnico ou o fórum oficial do desenvolvedor em busca de uma solução.

2. Não há garantia da qualidade do arquivo

As DLLs são desenvolvidas, normalmente, pelo responsável pelos softwares. Assim, você vai encontrar esse tipo de arquivo produzido tanto pela Microsoft quanto por diversas outras empresas. Então, o cenário mais comum é que as DLLS sejam criadas como parte do pacote de instalação de um programa.

Apenas o desenvolvedor do aplicativo pode ser capaz de garantir uma versão estável, segura e sem qualquer tipo de modificação da DLL de que você precisa. Assim, você não tem qualquer garantia de que a instalação vai resolver o problema quando a fonte não é a empresa responsável pela aplicação.

3. Os arquivos podem estar desatualizados

Este tópico tem a mesma premissa do anterior. Como um site de DLLs não é uma fonte aprovada pelo desenvolvedor do software, há uma grande chance de o arquivo estar completamente desatualizado. Por isso, se você baixar uma DLL em um site que não seja o do desenvolvedor do programa, ela pode simplesmente não ser compatível com a versão do programa que você está utilizando.

Da mesma maneira, ela pode estar desatualizada com relação ao Windows e não ser mais capaz de funcionar como deveria, o que não vai resolver o seu problema. Aqui também cabe uma observação: há DLLs que são compartilhadas por vários programas instalados no computador. Por isso, às vezes é possível que você receba um erro relacionado a uma DLL quando estiver utilizando um aplicativo e a causa ser a incompatibilidade por parte do desenvolvedor da aplicação com esse arquivo especificamente.

Para ilustrar esse tipo de ocorrência, podemos citar jogos para o computador. Uma atualização no DirectX pode modificar várias DLLs e fazer com que uma delas deixe de ser compatível com um programa, por exemplo. O arquivo em questão é fornecido pela Microsoft e, enquanto ele pode estar perfeitamente ajustado ao software ao qual pertence, nem sempre é o caso para aplicações de terceiros que o utilizavam em regime de compartilhamento.

4. Há risco de alteração na DLL

Dificilmente um site de DLLs seja uma fonte realmente confiável, tanto que a maior parte deles não possui sequer um setor de contato. Assim, não há qualquer responsabilidade referente ao conteúdo distribuído na página. Logo, quando você baixa uma DLL vinda de uma fonte que não seja totalmente confiável, ela pode estar contaminada.

Dessa forma, é possível que você baixe uma DLL contendo um vírus, o que pode resultar em problemas para o computador caso o seu antivírus não seja capaz de detectar a ameaça. Além disso, você também corre o risco de obter uma DLL alterada, que deixe o seu computador vulnerável a invasões.

Ambos são riscos que você corre ao instalar uma DLL de uma fonte duvidosa. Logo, o melhor, como já citado, é sempre evitar esse tipo de ação.

Se eu não posso baixar, o que fazer?

O ideal é que você localize o problema real, que provavelmente não é somente a falta de uma DLL. Como o sistema reporta um erro até que algo o resolva, mesmo que temporariamente, a instalação de uma DLL pode ser apenas uma solução temporária. Caso você não saiba o que fazer, é possível encontrar guias na internet que reportam erros semelhantes e obter uma solução.

Além disso, você sempre pode buscar fóruns sobre o programa e ver se alguém teve o mesmo problema e como fez para resolvê-lo. Da mesma forma, você pode procurar o suporte técnico ou um contato no site do desenvolvedor para esclarecer quaisquer dúvidas ou dificuldades que você esteja enfrentando.



Fonte: tecmundo

Mito ou realidade: vinho tinto faz bem à saúde?


Vinhos | Foto: AP

Há alguns anos se divulga que uma dose moderada de vinho tinto todos os dias faz bem à saúde. Não só para combater o câncer, mas também para reduzir o colesterol e evitar coágulos nos vasos sanguíneos.
Mas estudos recentes questionam as evidências destes benefícios e apontam que eles podem estar restritos a vinhos caseiros ou fabricados seguindo um modo de produção tradicional.
Notícias relacionadas
Concurso premia imagens surpreendentes do fundo do coração
Dormir sete ou mais horas por dia faz bem ao coração, diz estudo
Estudo vê indícios de que vinho francês tem 'origem italiana'
Tópicos relacionados
Saúde, Ciência e Tecnologia
Embora os cientistas concordem que o consumo moderado de vinho tinto possa ajudar a proteger o coração, reduzir o colesterol "ruim" e prevenir o entupimento das veias e artérias, há divergências sobre o que está por trás desses benefícios.
Recentemente, um grupo de cientistas tentou descobrir por que o vinho tinto caseiro feito no Uruguai é tão saudável e chegou a sequenciar o código genético da uva Tannat, usado na produção do vinho.
Os especialistas identificaram uma alta quantidade de procianidina, uma classe de flavonoide, compostos químicos encontrados em frutas, vegetais, chás, cereais, cacau e soja com benefícios antioxidantes e para prevenção ao câncer que vêm sendo estudados há anos.
Roger Corder, professor de terapias experimentais da Universidade Queen Mary, de Londres, é autor do livro The Red Wine Diet (A Dieta do Vinho Tinto, em tradução livre) e esteve por trás do estudo que pesquisou o vinho tinto uruguaio.
Ele confirma que a uva Tannat contém um nível três ou quatro vezes maior de procianidinas do que a uva Cabernet Sauvignon.
O pesquisador diz que estes compostos, aliados aos taninos (que combatem o envelhecimento das células e também são encontrados no vinho) seriam os grandes responsáveis pelos efeitos positivos do vinho tinto sobre a saúde.
Resveratrol
Outros cientistas apontam para o papel do resveratrol, um composto encontrado na casca das uvas vermelhas.
Saudado durante muitos anos como uma espécie de substância milagrosa, o resveratrol é um composto que, segundo os cientistas, poderia retardar o envelhecimento e combater o câncer e a obesidade.
Até o momento, estudos feitos em laboratório revelaram resultados animadores em testes com camundongos, mas ainda não foram encontradas evidências sobre a eficiência do composto em humanos.
Na Universidade de Leicester, na Inglaterra, testes com ratos indicaram que dois copos de vinho por dia podem reduzir a incidência de tumores nos intestinos - e o cientistas estudam maneiras de desenvolver o resveratrol como um composto isolado, para ser ingerido individualmente como uma droga para prevenir o câncer.
Entretanto, para Roger Corder, da Universidade Queen Mary, de Londres, há pouca evidência sobre a importância do resveratrol.
"É um mito que o resveratrol tenha qualquer coisa a ver com os benefícios do vinho tinto à saúde. A maioria dos vinhos tintos contém quantidades insignificantes de resveratrol e aqueles que possuem um pouco não contêm o suficiente para fazer qualquer efeito", diz.
Ele diz que são as sementes, e não a casca da uva, que contêm o segredo do vinho tinto.
Quando as uvas são fermentadas por diversas semanas ou mais, as sementes podem liberar flavonoides que evoluem como moléculas mais complexas.
Mas a má notícia é que isso não acontece com todos os vinhos, diz o cientista, sugerindo que os grandes benefícios da bebida podem ser restritos a um modo de produção mais tradicional – semelhante ao vinho tinto caseiro uruguaio.
"A maior parte dos vinhos modernos não usa esta técnica durante a fabricação", afirma o cientista, reforçando a necessidade do consumo moderado.
"É muito difícil dizer que o vinho é uma bebida saudável quando as pessoas consomem muito álcool, na hora errado do dia e sem comer".
Câncer
Para Emma Smith, do Cancer Research UK, centro britânico de pesquisas para o câncer, é um erro tomar vinho tinto achando que isto fará bem à saúde.
"O vinho tinto contém uma quantidade muito pequena de resveratrol e as pessoas não deveriam beber vinho com a intenção de obter benefícios para a saúde", diz.
Ela ressalta que tradicionalmente o álcool tem uma ligação negativa com o câncer.
"É importante relembrar que, mesmo em quantias moderadas, o álcool aumenta o risco de vários tipos de câncer e estima-se que seja a causa de cerca de 12.500 casos de câncer na Grã-Bretanha todos os anos".
fonte http://www.bbc.co.uk/

sábado, 26 de outubro de 2013

Bolinho de Aipim!!


Foto: Bolinho de Aipim!!

Ingredientes: 
1kg Aipim 
2 ovos 
1 xic de leite de coco 
1 pitada de sal 
1 colher de manteiga 
1 1/2 xic de açúcar 
11/2 xic de água mineral

Preparo:
Ralar o aipim no ralo médio, acrescentar a água e deixar repousar. Passar por um pano limpo. 
Descartar a água e só usar a goma. Misturar todo os ingredientes no liquidificador inclusive a goma. Untar forminhas . Assar em 200 graus por 30 min. Esperar esfriar e desenformar. Essa receita 
funciona também batendo todos os ingredientes no liqüidificador porém a consistência fica mais mole.

Bolinho de Aipim!!

Ingredientes: 
1kg Aipim 
2 ovos 
1 xic de leite de coco 
1 pitada de sal
1 colher de manteiga
1 1/2 xic de açúcar
11/2 xic de água mineral

Preparo:
Ralar o aipim no ralo médio, acrescentar a água e deixar repousar. Passar por um pano limpo.
Descartar a água e só usar a goma. Misturar todo os ingredientes no liquidificador inclusive a goma. Untar forminhas . Assar em 200 graus por 30 min. Esperar esfriar e desenformar. Essa receita
funciona também batendo todos os ingredientes no liqüidificador porém a consistência fica mais mole.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Pescada grelhada ao molho de camarão e arroz de limão siciliano


Foto: Pescada grelhada ao molho de camarão e arroz de limão siciliano 

Rende: 2 porções
Ingredientes para a pescada grelhada com molho de camarão
2 postas de pescada

40 gramas de camarão pequeno

2 colheres de sopa de cebola picada

4 colheres de sopa de azeite

2 xícaras de café de vinho branco

2 tomates pequenos cortados em cubos

1 xícara de café de molho de tomate

2 galhos de manjericão

Sal a gosto

 Como fazer
Temperar a pescada com sal e grelhar em uma frigideira e reserve. Misturar todos os ingredientes do molho em fogo baixo por 5 minutos.  Colocar a pescada no prato a ser servido e acrescente o molho por cima.

Ingredientes para o arroz de limão siciliano
2 xícaras de chá de arroz cozido.2 xícaras de creme de leite

4 colheres de sopa de queijo ralado

Sal a gosto

Suco de 1 limão

Como fazer
Numa frigideira, coloque o arroz, o creme de leite, o sal a gosto, o limão (suco) e o queijo ralado, deixar em fogo baixo até que o arroz esteja ligado (cremoso).

Criação da talentosa chef portuguesa Ilda Vinagre, esta pescada é servida no novo menu de almoço do excelente A Bela Sintra-São Paulo

Rende: 2 porções
Ingredientes para a pescada grelhada com molho de camarão
2 postas de pescada

40 gramas de camarão pequeno

2 colheres de sopa de cebola picada

4 colheres de sopa de azeite

2 xícaras de café de vinho branco

2 tomates pequenos cortados em cubos

1 xícara de café de molho de tomate

2 galhos de manjericão

Sal a gosto

Como fazer
Temperar a pescada com sal e grelhar em uma frigideira e reserve. Misturar todos os ingredientes do molho em fogo baixo por 5 minutos. Colocar a pescada no prato a ser servido e acrescente o molho por cima.

Ingredientes para o arroz de limão siciliano
2 xícaras de chá de arroz cozido.2 xícaras de creme de leite

4 colheres de sopa de queijo ralado

Sal a gosto

Suco de 1 limão

Como fazer
Numa frigideira, coloque o arroz, o creme de leite, o sal a gosto, o limão (suco) e o queijo ralado, deixar em fogo baixo até que o arroz esteja ligado (cremoso).

Criação da talentosa chef portuguesa Ilda Vinagre

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

8 alimentos que surpreendentemente podem ser bons para você !



A maioria das pessoas acha que comer de forma saudável significa desistir de todos os alimentos “porcarias” e gordurosos que elas mais gostam. Não é bem assim. Muitos alimentos podem ter benefícios não aparentes para a saúde e, se consumidos moderadamente, fazer bem para você. 

Confira:

1. Bolo no café da manhã leva a emagrecimento


Cientistas fizeram um estudo com pessoas acima do peso e permitiram que comessem bolo no café da manhã. Mas, em vez de ganhar peso, os pesquisadores descobriram que comer bolo ou uma sobremesa semelhante na parte da manhã pode levar a perda de peso significativa. E essa foi, realmente, a única “mudança de vida” que essas pessoas fizeram para emagrecer. A chave aqui é comer açúcar logo no início do dia. Seu corpo é mais ativo na parte da manhã, especialmente na digestão dos alimentos. Você também tem mais tempo para utilizar a energia ganha. Comer grandes refeições à noite muitas vezes faz com que seu corpo armazene a gordura por não ter o que fazer com a energia que você lhe deu. 


2. Refeição: sorvete



Se você já foi para a Itália, sabe que os italianos amam seu verdadeiro gelato. Por isso não é nenhuma surpresa saber que cientistas italianos queriam estudar a comida nacional e descobriram que ela é na verdade muito saudável. Sorvete tem um valor nutricional diversificado, contendo proteínas, açúcares, gorduras e calorias semelhantes a uma refeição do porte do almoço. Então, o que esses cientistas empreendedores decidiram? Você pode pular o almoço e ir uma sorveteria em vez disso.

3. Chocolate e suas vantagens



Hoje, é de conhecimento comum que o chocolate (chocolate amargo de qualidade, com bastante cacau) tem benefícios para pressão arterial e função cardíaca quando consumido diariamente em quantidades moderadas. Surpreendentemente, comer um pouco de chocolate também hidrata a pele, faz com que ela fique mais suave e protege contra queimaduras solares. Tudo se resume aos antioxidantes e flavonóides que o chocolate contém, que são compostos benéficos encontrados em concentrações elevadas em alguns alimentos, como vinho. Os flavonóides no chocolate também melhoram a função muscular e a regeneração.

4. “Açúcar natural” é bom pro dente



Cientistas encontraram um substituto natural para o açúcar. Xilitol é usado em gomas de mascar, balas e outros doces em vez de açúcar, porque tem menos calorias e é benéfico para os dentes. Quando consumido regularmente (com moderação, é claro), a boca produz menos ácido lático e placa, sendo que ambos são responsáveis por dentes em decomposição. As crianças que consomem xilitol duas vezes por dia também têm 25% menos risco de infecções de ouvido.

5. Pimenta acalma dores



Pimenta não é junk food, mas certamente não é considerada alimento de dieta. Qual o benefício de saúde que ela esconde, então? Algumas variedades de pimenta contêm mais vitamina C por quilo do que a rainha do mundo da vitamina: a laranja. E, embora pareça contraditório, os maias comiam pimenta para curar dores de estômago. Aliás, até hoje a pimenta é usada em aplicações médicas. Você não as come, mas passa em sua pele. O alimento é comumente utilizado em pomadas e cremes para dores musculares.

6. Chiclete e saúde do cérebro



A maioria das pessoas vê a goma de mascar como pouco mais que um deleite. Mas será que faz alguma coisa para o seu corpo? Para começar, pode melhorar a sua memória de curto prazo e desempenho do seu cérebro. E isso não é tudo: durante várias horas após a mastigação, você ainda terá apetite e desejos por comida (especialmente porcarias) reduzidos. Essencialmente, você está enganando a si mesmo. Ao realizar mastigação, seu corpo pensa que está absorvendo nutrientes.

7. Pipoca reduz chance de ter câncer



A pipoca é carregada com antioxidantes chamados polifenóis, conhecidos por reduzir o risco de câncer e outras coisas, como doenças do coração. Uma porção de pipoca possui mais polifenóis do que o valor recomendado diário de frutas e legumes. Claro, a manteiga processada no alimento é menos do que fantástica para sua saúde, então é melhor não comer pipoca demais.

8. Doce aumenta expectativa de vida



Cientistas decidiram dar muitos doces a crianças e ver o que acontecia. Descobriu-se que as que comiam regularmente doces eram mais saudáveis, pesavam menos e tinham menor risco de doença cardíaca. Mas não corra ao pote de porcarias ainda: outro estudo descobriu que esses efeitos mudam ao longo do tempo. Adultos comedores diários de doces eram mais susceptíveis a pesar mais do que os não comedores. E, ainda assim, viveram mais tempo: até um ano a mais.

Fonte: hypescience.com

domingo, 20 de outubro de 2013

Gergelim: Pequeno, mas poderoso!



A salada era de alface, tomate, repolho e pedacinhos de abacaxi. Sobre essa mistura gergelim preto.  As cores aguçaram o paladar e com um molho de ervas por cima o sabor foi além do que eu poderia imaginar.


Aqueles grãos minúsculos não eram para enfeitar, eram para ajudar o organismo. O gergelim, pouca gente usa na alimentação, é um excelente aliado da saúde! O preto tem muito mais vitamina A e cálcio do que o outro tipo.

Ele ajuda o coração, combate o colesterol e dá uma força aos ossos protegendo contra a osteoporose. E a lista de vantagens não para por aí: o gergelim diminui o inchaço e é indicado para as mulheres que amamentam porque podem aumentar a produção de leite.

Para quem está na luta contra a balança o gergelim é recomendado! Sabe qual o segredinho? Ele quebra a gordura que está ali e ainda impede que mais gordura se espalhe. Esse alimento tem muitas fibras e por isso, traz mais saciedade!

Como usar: o gergelim vai bem na salada, com as frutas, no iogurte e batido no suco.

Receitinha dos especialistas:

Gersal:  um tempero mais saudável para usar no dia a dia. A dica é misturar cinco colheres das de sopa de gergelim e uma colher de café de sal marinho. Você encontra no supermercado.

Comece lavando as sementes e secando bem. Em uma panela jogue as sementes e leve ao fogo. Assim que começarem a ‘pipocar’ abaixe o fogo e misture por alguns minutos. Pronto.  Agora é a vez do sal. Faça do mesmo jeito. Junte os dois e bata no liquidificador. Guarde bem. Segundo especialistas o gersal diminui o estrago do sódio no organismo.

Essa combinação tem benefícios: a pele agradece e o cérebro também!


Fonte: RedeGlobo

O que é flor de sal? vc sabe ! leia !


flordesal

Cristais delicados, com textura crocante e levemente salgados. Essas são as principais características que fazem da flor de sal (fleur de sel, em francês) elemento recorrente na alta gastronomia.
Produto raro e portanto caro, a flor de sal já foi descrita como o “caviar dos sais marinhos”. A raridade desses delicados cristais é explicada pela forma de extração. Para cada 80 kg de sal, um quilo de flor de sal brota na camada superficial das salinas e é retirado manualmente, com auxílio de equipamentos específicos. A coleta é feita com extremo cuidado para que os cristais não afundem.
O sabor é bem mais suave que o sal comum e o tamanho do grão menor que os do sal grosso. Essas características, no entanto, variam de região para região, dependendo de fatores climáticos como solo, ventos e sol. A flor de sal é extraída em diversos lugares do mundo, inclusive no Brasil. As mais conhecidas e valorizadas são as de Guérande, na França, e do Algarve, em Portugal. Os portugueses também conhecem esse sal gourmet como “nata”.

Como utilizar a flor de sal?

A flor de sal deve entrar apenas na finalização dos pratos e não como substituta do sal comum. E não é apenas pelo fato de se tratar de um produto nobre. Caso seja levada ao fogo, ela perderá uma de suas principais características: a crocância.
A flor de sal deve ser salpicada com as mãos sobre saladas, carnes e até sobremesas. Tanto em pratos salgados quanto doces, ela irá ressaltar o sabor e dar um toque sofisticado.

Flor de sal “made in Brazil”

flor-de-sal-brasileiras
A produção de flor de sal no Brasil ainda é recente, mas a qualidade do produto não deixa a desejar em relação aos importados.  Atualmente, duas empresas fazem a extração do cobiçado tempero em Mossoró, no Rio Grande do Norte. A pioneira Cimsal começou a produção em 2008 (rótulo vermelho, ao lado).
Três anos depois, a Norsal (produtora do sal Lebre) também passou a extrair a flor de sal(rótulo preto). Cada marca tem suas peculiaridades. Os cristais de sal da Cimsal são mais úmidos e os da Norsal menores.
O fato de ambas as empresas estarem no Rio Grande do Norte não é por acaso. O Estado é responsável por 95% da produção de todo o sal consumido no país.
Por Erickson Aranda

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Receita de caruru baiano


caruru

Na culinária tradicional brasileira, existem duas variações do caruru: o baiano e o paraense. O prato é feito basicamente de quiabos cozidos em caldo de peixe, com camarões secos moídos e azeite de dendê. A diferença é que o caruru da Bahia leva amendoim torrado e castanha de caju, enquanto o caruru paraense é engrossado com farinha de mandioca, como  é feito com o pirão.

O prato de sabor intenso pode ser servido com arroz branco e carne de peixe ou frango. Tradicionalmente, na Bahia, o caruru acompanha o xinxim de galinha – frango cozido com os mesmos ingredientes do caruru (sem o quiabo).

Ingredientes

500 g de quiabo

100 g camarão seco (sem as cabeças)

50 g de amendoim torrado (sem casca)

50 g de castanha de caju

100 ml de azeite de dendê

3 dentes de alho

1 cebola média

2 colheres (sopa) de coentro fresco picado

600 ml de caldo de peixe

Suco de um limão

Sal a gosto

Como fazer caldo de peixe caseiro?

Preparo

Pique os quiabos em rodelas finas e fervente por cerca de 1 min em água com o suco de um limão. Deixe escorrer e reserve. Esse processo reduz a quantidade de “baba” formada ao se cozinhar o quiabo.
Retire as cabeças do camarão seco e os lave. Não é preciso deixar de molho para dessalgar. Em seguida, bata no liquidificador os camarões, o amendoim e a castanha de caju. Para facilitar o processo, acrescente 200 ml de caldo de peixe. Reserve.
Doure a cebola picada e o alho no azeite de dendê. Acrescente o quiabo e refogue. Coloque a pasta de camarão e castanhas, o restante do caldo de peixe e deixe cozinhar por cerca de 10 min.
Confira o sal e finalize com o coentro picado.
Por Erickson Aranda
http://www.sofisticado.com.br/

Otimismo com descoberta para cura do Alzheimer se justifica?


Cérebro afetado pelo Alzheimer (SPL)

Manchetes que anunciam "cura do Alzheimer" ou "grande descoberta em Alzheimer" são comuns e, nesta semana, mais uma se juntou a elas.
Pesquisadores britânicos descobriram a primeira substância química capaz de evitar a morte do tecido cerebral em uma doença que causa degeneração dos neurônios.

Ainda são necessárias mais pesquisas para desenvolver uma droga que possa ser usada por doentes. Mas os cientistas dizem que um medicamento feito a partir da substância poderia tratar doenças como Alzheimer, Mal de Parkinson, Doença de Huntington, entre outras.
O jornal britânico The Times anunciou "Cura para o Alzheimer 'está ao alcance'" na primeira página. O The Independent saiu com "Cientistas comemoram descoberta histórica na guerra contra o Alzheimer".
Apesar de não se tratarem de manchetes novas, uma grande diferença desta vez é que cientistas cautelosos estão sugerindo que a última descoberta pode ser realmente histórica.
Quase todas as notícias publicadas sobre o assunto têm uma frase do professor Roger Morris, do King's College de Londres.
"Suspeito que esta descoberta será julgada pela história como um momento decisivo na busca de medicamentos para controlar e evitar o Alzheimer", disse o cientista.
Momento importante
A fonte primordial de tanta animação é que a substância química descoberta suspendeu a morte de células do cérebro em um cérebro vivo, que, de outra forma, teria morrido devido a uma doença neurodegenerativa.
Quando entrevistei o professor Morris na noite de quarta-feira, ele usou a palavra "marco" várias vezes.
No estudo do Conselho de Pesquisa Médica na Universidade de Leicester, foram usados camundongos com uma doença semelhante à forma humana da doença da vaca louca. Dentro de oito semanas, os cérebros dos camundongos se deterioraram tanto que a memória e os movimentos estavam afetados. Na 12ª semana, os camundongos estavam mortos.
Mas, quando outros camundongos infectados com a mesma doença receberam um "composto parecido com medicamento", eles sobreviveram às 12 semanas sem sinais de morte de tecido cerebral. A substância química também causou efeitos colaterais como perda de peso e diabetes.
Outra fonte de otimismo são as implicações desta descoberta.
A substância química ajuda o cérebro a lidar com a produção de proteínas defeituosas. O Alzheimer tem uma proteína deformada específica, assim como o Mal de Parkinson e a Doença de Huntington.
A resposta do cérebro a todas estas doenças é suspender a produção de proteínas, mas isto acaba matando as células do cérebro. A substância química descoberta ajuda as células do cérebro a ignorar estas proteínas deformadas, e a continuar funcionando, vivo.
Traços em comum
No passado, a pesquisa em doenças neurodegenerativas se concentrou no que era único àquelas doenças. Esta abordagem analisa o que todas têm em comum. E, se a descoberta realmente funcionar, então levanta a possibilidade de um único medicamento para curar ou evitar quase todas as formas de neurodegeneração.
"Se (a substância) paralisa a degeneração do cérebro, vai parar a doença em pessoas que já têm. E se podemos detectar a doença cedo, vai evitar muita degeneração", afirmou Giovanna Mallucci, que liderou a pesquisa.
"A esperança é deter a morte de células do cérebro e isto é o que é tão animador", acrescentou.
Vale destacar que as descobertas precisas do estudo, uma substância química tóxica que os pesquisadores sequer chamam de medicamento, paralisa a morte de células do cérebro em camundongos.
Claramente, isto não é uma cura, mas abre caminho para uma. Dá às companhias farmacêuticas e cientistas algo para trabalhar.
Este processo levará tempo, provavelmente mais de uma década, sem garantias de sucesso no final.
Exemplos
Na história recente da pesquisa médica há muitos exemplos de medicamentos que pareciam promissores em camundongos, mas acabaram decepcionando quando testados em humanos.
Esta substância química funciona em um cérebro de camundongo, que tem 75 milhões de neurônios. Um cérebro humano, mais complexo e com 85 bilhões de neurônios, é muito diferente.
Simon Ridley, chefe do setor de pesquisa da organização de caridade britânica especializada em Alzheimer, Alzheimer's Research UK, disse à BBC que os pacientes terão que esperar muito.
"Temo que (a espera) será mais longa do que qualquer um de nós gostaria. Acredito que há muitas pessoas que estão desesperadas por qualquer notícia sobre novos tratamentos, que eles gostariam de fazer hoje", afirmou.
"Acho que neste estágio poderíamos esperar uma década antes de sabermos se será eficaz", acrescentou.
fonte James Gallagher
Repórter de Ciência e Saúde da BBC News

Homenagem ao dia do medico


Homenagem ao dia do medico !




Que dia especial...Deve ser por isto que sinto a luminosidade maior do sol.Com certeza é Deus abençoando tão amorosa e digna profissão. Suas incansáveis horas de dedicação, de carinho.De atenção, a cada um de seus pacientes,que trazem dentro do coração .Seu nome escrito com letras douradas. Chega a ser difícil conseguir as palavras certas .Para traduzir o agradecimento que você merece. Querido doutor que brilho interior emana de ti,sua competência, sabedoria o torna um ser iluminado.Estou feliz por ser hoje o seu dia,És como um grande sábio. Possuis a paciência necessária. Nunca desacreditando no potencial de cada um.Parabéns pelo seu dia. As suas vitórias e conquistas são contadas Pelos sorriso nos rostos daqueles Que recuperam o prazer da vida,Através da sua habilidade, intuição,Deus te mostra benevolente com todos nós. Que o Senhor o ilumine E continues sempre com esse exemplo de luta e coragem,dignos de serem seguidos.Com certeza é uma simples homenagem Que faço a alguém tão especial E merecedor de todo nosso respeito.Que Deus celestial continue abençoando seus caminhos,obrigado por tudo.
Parabens ! pelo seu dia!!!!! Jose !

Tipos de plantas funcionam como repelentes naturais de insetos



Plantar uma semente, regá-la, introduzir terra e acompanhar seu crescimento. Todas essas são práticas que os amantes de plantas adoram realizar - muitas vezes as encaram até como terapia. No entanto, certas plantas atraem insetos, que podem inibir o próprio crescimento dos vegetais ou trazer transtornos por causa de sua grande concentração e reprodução.

Uma possível solução passa pelo uso de pesticidas e repelentes, se não fosse o fato de que eles são nocivos não só para as plantas, mas para a saúde humana, pois contêm substâncias tóxicas. A melhor opção, mais saudável e ecológica, é criar plantas que repelem insetos em seu jardim, principalmente em locais com grande incidência de insetos. Dê uma olhada:

Lavanda - além de ser uma planta que pode perfumar ambientes internos, devido ao seu cheiro adocicado, e decorá-los, por causa de sua beleza, a lavanda ajuda a espantar mosquitos;

Citronela -  outro excelente repelente natural contra mosquitos, principalmente os borrachudos e os pernilongos. Caso seja combinada com outras duas plantas repelentes naturais, a erva do gato e a cascata gerânio, o efeito se torna mais potente ainda;

Hortelã - basta plantar várias em torno do seu jardim que as formigas não vão mais incomodar suas plantas. Aproveite para ver aqui outra forma de se livrar das formigas em casa sem usar pesticidas;

Crisântemo - ajuda a manter baratas, percevejos, pulgas e carrapatos afastados;

Manjericão - o cheiro forte da planta afasta moscas e mosquitos;

Alecrim - também repele os mosquitos e pode ajudar a manter gatos afastados de locais em que a presença deles seja indesejável, como numa caixa de areia destinada para o lazer de crianças. Basta colocar algumas folhas de alecrim no local - os gatos não gostam do cheiro.

Fonte: ecycle

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Saiba o que fazer ao longo da vida para chegar aos 100 anos com saúde !



Médicos alertam que nunca é tarde para mudar hábitos e ter vida saudável.
Boa alimentação, exercício físico e consultas com o médico são essenciais.

Ter um estilo de vida saudável é importante em qualquer idade.

A pediatra Ana Escobar e o geriatra Ronaldo Piovezan alertaram, no entanto, que quanto antes a pessoa adotar novos hábitos, mais benefícios ela terá ao longo da vida, o que poderá ajudá-la a chegar aos 100 anos de idade bem e com saúde.

Para começar a vida do jeito correto, a dica principal é manter atualizada a caderneta de vacinação dos bebês e crianças. Esse alerta é importante porque muitas pessoas esquecem-se de se vacinar conforme vão ficando adultas, o que pode trazer riscos à saúde. Por isso, é recomendável guardar bem a caderneta e prestar atenção nas campanhas de vacinação.

Ao completar dez anos de idade, a criança já pode fazer os primeiros exames de rotina porque nessa idade já é possível identificar fatores de risco de certas doenças.

Por isso, levá-la ao médico nessa época é importante para ter um primeiro registro dos seus índices de saúde, o que a acompanhará pelo resto da vida. De acordo com a pediatra Ana Escobar, é ideal que a criança faça exames para medir o colesterol, triglicérides, glicemia e também um hemograma.

Aos 20 anos de idade, já começam as preocupações com a vida sexual e, nessa época, a informação é a dica mais importante.

Os médicos defendem que a camisinha deve ser a companheira e estar sempre na bolsa das mulheres e na carteira dos homens, pronta para ser usada em qualquer situação.

Dessa maneira, o jovem se protege de uma gravidez inesperada e também de doenças sexualmente transmissíveis, que podem trazer sérias conseqüências para a saúde.

Com o tempo, a pessoa começa a adquirir prioridades diferentes na vida, como família e trabalho, e geralmente acaba deixando de lado a própria vida.

Por isso, aos 30 anos, a dica é não desistir da atividade física, que pode ser uma grande aliada para enfrentar a terceira década de vida com saúde. Para não abandonar, é importante descobrir algum esporte ou exercício que dê prazer e consiga funcionar como uma motivação para o dia a dia.

Quando chegam os 40 anos, aumentam os riscos de doenças, especialmente as cardiovasculares. Por isso, é importante conhecer a história da família para saber se não há fatores genéticos que podem elevar as chances de complicações – essa informação pode ajudar no diagnóstico precoce de doenças, como hipertensão, obesidade, diabetes e até mesmo câncer.

Em relação à alimentação, é importante que ela seja equilibrada e saudável ao longo de toda a vida; porém, aos 50 anos, os cuidados devem ser ainda maiores. A dica é incluir na dieta peixes, que são boas fontes de cálcio, ferro e vitamina B 12; castanhas, que ajudam a controlar o colesterol; e suco de uva, que têm ‘resveratrol’, substância que pode garantir maior longevidade.

Já aos 60 anos, os cuidados com a vacinação devem ser retomados. A vacina pneumocócica, contra pneumonia, deve ser tomada nessa idade, como alertou o geriatra Ronaldo Piovezan.

O médico lembrou também que, a partir dessa idade e por volta dos 70 anos, é importante investir nos exercícios com peso, mesmo que a pessoa nunca os tenha feito. Isso ajuda a fortalecer a musculatura, que pode funcionar como uma poderosa proteção para os ossos e também contra quedas.

Depois dos 80 anos, começam as preocupações com a saúde mental e o cérebro. Nesse caso, a dica é estimular sempre a memória e aprender algo novo, atitudes que podem ser importantes na prevenção do Mal de Alzheimer, por exemplo. Por isso, é essencial manter a mente ativa e estimular o cérebro com cada vez mais novas informações.

Quando chegam os 90 anos, a dica é se expor ao sol todos os dias, que é uma boa fonte de vitamina D, importante para manter os ossos saudáveis. Dessa maneira, com ossos fortes e resistentes, o idoso consegue se proteger conta quedas e acidentes mais graves. Veja mais informações no infográfico abaixo.

Por fim, os médicos deram uma dica que vale desde a infância até a terceira idade: cultivar as amizades. Ter amigos e boas companhias para passar os dias é sempre uma medida positiva que pode fazer muito bem à saúde em todos os momentos da vida e trazer muito bem-estar às crianças e principalmente os idosos.

Fonte: G1

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

BOLINHO DE BOBÓ DE CAMARÃO chef Carla Pernambuco


Bolinho de bobó de camarão

Ingredientes

Para a massa:

1 kg de mandioca cozida e amassada
1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
2 ovos
1 colh (sopa) de manteiga
sal a gosto
farinha de trigo até dar o ponto (deve ser possível manusear a massa sem grudar nas mãos)

Para o recheio:

1 xícara (chá) de purê de mandioca
1/2 xícara (chá) de leite de coco
1/2 xícara (chá) de requeijão cremoso (tipo Catupiry)
sal a gosto
1 colh (sopa) de azeite
12 camarões rosa médios limpos em pedaços grandes
1 colh (café) de pasta de curry vermelha
Modo de preparo

A massa:

Misture todos os ingredientes e leve ao fogo para dar o ponto.

O recheio:

Numa panela, doure a pasta de curry no azeite e junte os camarões. Frite-os levemente. Acrescente o purê de mandioca, o leite de coco e o requeijão cremoso. Misture até ficar homogêneo, porém cremoso. Corrija o sal.

Montagem e finalização:

Para moldar os bolinhos, use forminhas de empada.
Forre o fundo com um pedaço de massa, coloque o recheio e feche o bolinho com outro disquinho de massa.
Frite em óleo aquecido até ficar bem dourado. Sirva quente.

Por que será que o Lula está mudo? de Paulo Konder Bornhausen


Por que será que o Lula está mudo?

Paulo Konder Bornhausen



A mudez do Lula não seria certamente por doença, pois tanto ele, como sua equipe dos melhores médicos do país (nenhum cubano) garantem que ele está curado do câncer da laringe.

Algo mais misterioso envolve o silêncio profundo do político mais “falastrão” da vida pública brasileira.

A palavra Mensalão, não deseja ouvi-la nem dos mais íntimos. Mensalão, em cujo processo estranhamente não foi indiciado, apesar do delator do mesmo o Deputado Roberto Jefferson que “deu nome aos bois” ter declarado na ocasião, que ele era sabedor de tudo, mesmo porque as reuniões do Marcos Valério e Delúbio Soares, tesoureiro do PT, se deram muitas delas na sala de seu Ministro da Casa Civil José Dirceu, sala esta, contígua a que ocupava o então Presidente.

Este caso “escabroso” que gerou o processo do maior assalto de dinheiro público registrado na história da República, melhor dizendo, do nosso dinheiro, que recolhemos com os maiores impostos do mundo, levou o STF a condenar os seus grandes responsáveis e por ampla maioria, na qual se incluíram até Ministros nomeados em seu Governo, aos quais se refere “O negão e a sua corja de traidores”.

Hoje, diante do fracasso progressivo do “Poste” que enterrou no Planalto, a guerrilheira Dilma Roussef, cuja administração afundou o país, que hoje temos duplicadas as dívidas internas e externas; o Balanço do Pagamento é fechado com artifícios, como os lucros da Petrobras, em estado pré-falimentar, do BNDS e outras manobras contábeis; o “superat” da balança comercial é obtido pela exportação de quatro plataformas da Petrobras para a própria Petrobras do Exterior; tivemos o menor PIB da nossa história: a inflação é crescente, embora reprimida pela contenção dos aumentos necessários dos combustíveis, da energia e dos transportes; realizou obras faraônicas com a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, em detrimento das obras indispensáveis da nossa infraestrutura, da saúde, educação, segurança, setores estes, em estado precário; nomeou dois “fantoches” para Ministro do Supremo Tribunal Federal, para fazer vigorar no país a impunidade da corrupção, reduzindo ou deixando prescrever os crimes praticados, já condenados dos “mensaleiros”; emprestou nossos recursos (recurso do Tesouro Nacional) a vários países, cujo Presidentes tem identidade ideológica. Enfim, instalou o cáos no país e vai por aí a fora.

Embora esteja a frente das pesquisas eleitorais, ficou traumatizada pelo apoio da Marina Silva ao Eduardo Campos e temerosa de uma nova manifestação pacifica de protestos que poderia decretar sua derrota eleitoral, como a realizada em junho.

Daí a mudez do Lula, que está em “stand by” para o caso de isso ocorrer, o que evidente não é seu desejo, hoje um cidadão bilionário, que nunca trabalhou na vida, pois na sua profissão de metalúrgico refugiava-se no sindicado que confere a dispensa do trabalho.

Não desejaria ser candidato por razões inúmeras das quais, para não ser demasiadamente extenso, citarei algumas delas;

1)     Explicar os motivos pelos quais enterrou no Planalto o “Poste” Dilma Roussef para quem deixou uma “herança maldita” e que agora deixaria de concorrer a reeleição.

2)     Dar as razões do porque o Mensalão, que ele dizia desconhecer, gerou processo que condenou seus auxiliares e amigos do seu PT.

3)     Foi doado a Bolívia duas Refinarias de Petróleo.

4)     Os bilhões de dólares gastos em Cuba, Venezuela, Bolívia, Equador e o perdão das dívidas dos países africanos a titulo de combater a pobreza externa, como se aqui não tivesse, tanto que distribuiu sem contrapartida 25 milhões de Bolsas Famílias; o programa Minha Casa, Minha Vida, ambos sob investigação da Polícia Federal por desvios cometidos.

5)     Os 10,6 bilhões concedidos pelo BNDS as empresas Eike Batista, em situação pré-falimentar, que arruinou milhares de brasileiros que compraram ações das suas empresas.

6)     O empréstimo a Cuba, negociado em seu Governo com Fidel Castro, simulado na importação de 6 mil médicos cubanos.

7)     Os 20 milhões de Euros que sua namorada secretária Rose, levou para Portugal e por isso hoje, depois de demitida, está sendo processada.

8)     Explicar direitinho o “Pre-Sal” e suas vendas, já que hoje para os brasileiros é igual a Conceição “que ninguém sabe e ninguém viu”.

9)     O que aconteceu com o óleo de Mamona que segundo ele, resolveria o problema energético do país.

10) O que levou a indicar ao seu “Poste” os nomes dos ministros Teori e Barroso para o STF, que são conhecidos por “ Jararaca e Ratinho” nome de um a dupla sertaneja da década de 60. Também explicar o grande financiamento feito pela Eletronorte, sem licitação, elaborado pelo Ministro Barroso (Ratinho) no seu escritório de advocacia no Rio de Janeiro.

11) O enriquecimento do filho Lulinha, semialfabetizado.

12) O depoimento de Marcos Valério, o delator do Mensalão de que parte dos recursos, que abasteciam o esquema de corrupção, foram depositados pela Empresa Brasil Telecom, em contas no Exterior. Lula, Palossi e José Dirceu, acertaram em “empréstimos” de 7 milhões de dólares da Portugal Telecom  para o PT. A justiça quebrou o sigilo das contas para mostrar o seu destino e Lula vai ser intimado a depor. (VEJA 14.10.2013).

Seriam tantas explicações dos fatos e atos por ele e seu Governo praticados, que teria que se justificar ao eleitorado, que quase daria num volumoso livro, caso se concretize sua candidatura.

Para nós, pouco importa, pois nunca votamos e jamais votaremos nos candidatos do PT, a maior quadrilha organizada do mundo.

O silêncio, para mim, é raramente sinal de sabedoria, pois na maioria dos casos é revelador de doenças ou como no presente caso, sentimentos de culpa.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Grão-de-bico espanta a depressão A leguminosa está lotada de triptofano, um aminoácido essencial para a produção da serotonina a substância que traz sensações agradáveis. E esse é só um dos seus benefícios


Grão-de-bico

Vamos direto ao ponto: o grão-de-bico não ocupa lugar de destaque no ranking das leguminosas mais populares. Questão de gosto ou questão de preço? É difícil dizer, mas a verdade é que essa espécie custa pelo menos cinco vezes mais do que outro membro da família, o feijão, que também já não é tão assíduo na mesa do brasileiro. A relação custo benefício, porém, vale o investimento. Quem vive meio tristonho sem motivo aparente na certa mudaria de humor se botasse esse alimento no prato com frequência.
É provável até que nossos ancestrais soubessem desse efeito. Ou então teriam desistido do cultivo da planta, extremamente sensível às condições de clima e solo e também ao ataque de pragas. Hoje quem empresta sua chancela à leguminosa é a prestigiada revista científica internacional Journal of Archaeological Science, que divulgou recentemente trabalho de pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém e da Universidade de Haifa, ambas em Israel, exaltando suas propriedades.
Por aqui nossos cientistas também dão seu aval ao grão-de-bico, boa fonte de ferro, carboidratos e proteínas. Leonardo Boiteux, estudioso do centro nacional de pesquisa de hortaliças da Embrapa, empresa brasileira dedicada ao estudo e ao desenvolvimento agropecuário, atribui o alto teor protéico a uma combinação de aminoácidos. Entre eles a estrela é o triptofano, que aparece em grandes quantidades. Essa substância é usada pelo organismo para a produção de um neurotransmissor chamado serotonina, responsável pela ativação dos centros cerebrais que dão sensação de bem-estar, satisfação e confiança.
"Boas doses desse composto resultam ainda em diversos efeitos fisiológicos, como maiores taxas de ovulação e melhora no padrão de desenvolvimento das crianças", diz o pesquisador. A nutricionista Andréa Penatti Ferreira, que recentemente estudou as alterações químicas do grão-de-bico durante o cozimento para sua dissertação de mestrado na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da USP, em Piracicaba, acrescenta que a disponibilidade de ferro é outro diferencial da leguminosa.
Na tabela os valores desse mineral no grão-de-bicoaparecem ligeiramente inferiores aos de seus parentes. O mesmo acontece comos teores de proteína. Contraditório? "Não", responde Maria Esther Fonseca, também pesquisadora da Embrapa. "O ferro disponível nessa leguminosa é mais bem aproveitado pelo organismo. Quanto às proteínas, a qualidade delas é muito superior à das demais leguminosas, sem contar que são totalmente digeridas, o que não acontece com suas congêneres", explica a especialista. E as vantagens do grão-de-bico não param por aí.
Ele acumula fitoestrógenos e por isso já começa a ser usado em terapias de reposição hormonal na menopausa."Essas substâncias, também chamadas de hormônios vegetais, têm se mostrado capazes de prevenir a osteoporose e problemas cardiovasculares, embora não tanto quanto aquelas extraídas da soja", diz Maria Esther. Se depender dos cientistas da Embrapa, o grão-de-bico ficará ainda mais nutritivo.
Eles buscam o aperfeiçoamento genético para obter novas variedades adaptáveis a várias regiões. "Pretendemos também aumentar os teores de triptofano", anuncia o pesquisador Warley Nascimento. "Assim quem sabe o astral do brasileiro até melhore." E, para derrubar de vez a resistência de quem torce o nariz para a leguminosa, nada como uma especialidade da cozinha espanhola, o puchero, mas em versão light para tornar o prato ainda mais saudável.
fonte mdemulher

Manga é antioxidante; confira 8 alimentos e seus benefício


Saiba mais sobre manga e outros alimentos da primavera Foto: Getty Images


A estação das flores também destaca algumas frutas e hortaliças. Assim como em outras temporadas, a primavera é época de safra de alguns alimentos. É vantagem consumir itens que estão em alta, pois oferecem maiores quantidades de nutrientes do que os cultivados fora de época.

O cheiro e a cor mais fortes são características dos alimentos de safra, além do sabor mais intenso. Além de ganhar na saúde e no paladar, é possível ainda fazer economia, já que tais produtos costumam estar com preços mais baixos.
A nutricionista Marina Capella, da Clínica Dicorp, no Rio de Janeiro (RJ), fez uma seleção de oito alimentos em época de safra e destaca os principais nutrientes e os benefícios à saúde. Confira:
Abacaxi
Rico em vitamina C , que tem importante papel na produção de colágeno da pele, influencia na saúde e também nos processos de cicatrização e de envelhecimento cutâneo.
Abóbora
Possui um mineral que reduz a sensação de fadiga e participa da absorção de proteínas e carboidratos. Também é rica em vitamina A , em vitaminas do complexo B (B1, B2) e C. Entre os minerais, é excelente fonte de fósforo, potássio, cálcio, silício, magnésio, ferro, cloro.
Alcachofra
Contribui para o equilíbrio da flora intestinal favorecendo o crescimento de lactobacilos e bifdobactérias, que ajudam a aumentar várias funções imunes do organismo.
Banana
Fornece vitamina B6 e o aminoácido triptofano, que estão envolvidos na atividade da serotonina, um neurotransmissor relacionado com a sensação de bem-estar.
Brócolis
Rico em vitamina C. Para manter os índices de vitamina C, que ajuda a produzir colágeno, é importante também atentar para o consumo de alimentos com vitamina D (gema de ovo, fígado, manteiga, peixes), pois sua falta torna o colágeno mais instável e mais facilmente degradável. Também possui carotenoides, do tipo zeaxantina, e a luteína, que estão relacionadas com a proteção contra o desenvolvimento de doenças como a degeneração macular e catarata, pois fazem a filtragem dos raios ultravioletas na região. Outro benefício é o fornecimento de sulforanos, compostos que estão relacionados à redução da ocorrência de determinados tipos de câncer.
Espinafre
Alimento que contém vitamina C, que auxilia na absorção de ferro, além de ser antioxidante, prevenindo os danos provocados pelos radicais livres. Entre os carotenoides, possui os mesmos encontrados no brócolis, a zeaxantina e a luteína, que protegem os olhos contra doenças, como degeneração e catarata.
Mamão
A fruta contém papaína, enzima que auxilia na digestão dos alimentos e absorção de nutrientes pelo organismo, além de vitaminas A, C e do complexo B. Possui também sais minerais, tais como: ferro, cálcio e fósforo.
Manga
Também rica em vitamina C , oferece ao corpo ácido gálico, um polifenol com atividade antioxidante e anticarcinogênica. Entre os carotenoides, possui betacaroteno que tem função antioxidante, e também pode ser encontrado na cenoura.

Ocorreu um erro neste gadget