Saúde

Clique aqui para ver todos os posts com o tema de saúde, com opções naturais e ações interessantes para melhorar o seu dia-a-dia.

Receitas

Receitas de água na boca para todos os gostos: de vários lugares, doces e salgadas.

Notícias

Mantenham-se atualizados com as últimas notícias que estão rolando por Floripa e pelo mundo.

Curiosidades

Dicas e truques para fazer a vida um pouquinho mais fácil, e informações divertidas sobre todos os tipos de assunto.

Depoimentos

Opiniões e informações de todos os cantos da internet.

Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


quinta-feira, 31 de maio de 2012

Torta de chocolate meio amargo com blueberry


receitas-torta-de-chocolate-meio-amargo-com-mirtilo
Ingredientes

Grãos de 1/4 de fava de baunilha
95 g de açúcar de confeiteiro
150 g de manteiga em temperatura ambiente, cortada em pedacinhos
250 g de biscoito de maisena triturado
2 pitadas de sal
1 ovo
Manteiga para untar

Para o recheio
200 ml de creme de leite fresco
250 g de mirtilo (blueberry) fresco ou congelado, triturado
270 g de chocolate amargo, picado
70 g de manteiga em temperatura ambiente, cortada em pedacinhos
Modo de preparo

Em uma tigela, misture os grãos de baunilha com o açúcar de confeiteiro. Em outra tigela, misture com as mãos a manteiga, o biscoito e o sal até obter uma massa. Acrescente o ovo e o açúcar reservado e misture. Faça uma bola e leve à geladeira, embrulhada em filme plástico, por duas horas. Abra a massa em uma fôrma de aro removível, de 23 cm de diâmetro, untada com manteiga. Fure várias vezes com um garfo e volte à geladeira por 30 minutos. Cubra com papel-manteiga e preencha com grãos de feijão cru. Leve ao forno moderado (180 ºC), preaquecido, por 15 minutos. Retire os feijões e o papel-manteiga e deixe esfriar.

Prepare o recheio
Em uma panela, ferva o creme de leite. Em outra panela, leve o mirtilo ao fogo até ferver. Derreta o chocolate em banho-maria e adicione ao creme de leite. Junte o mirtilo e mexa até obter uma mistura lisa. Acrescente a manteiga e espalhe sobre a massa. Leve à geladeira, coberto com filme plástico, por uma hora. Desenforme e sirva. Rende 8 fatias.
fonte claudia.abril

Fabricante japonês lançará celular com detector de radiação


  A empresa de telefonia móvel está planejando vender smartphones com detectores de radiação, graças ao acidente em Fukushima.

  Questões sobre a segurança nuclear ainda está latente na cabeça de milhões de japoneses depois da tragédia ocorrida na cidade de Fukushima.



  Pensando nisso, a Softbank irá lançar um celular com detector de radiação. O sensor de radioatividade é altamente sensível, podendo ser usado para monitorar radiação em diversos locais, como escolas e outras instalações públicas.

Masayoshi Son, presidente da empresa, disse: “A ameaça do acidente nuclear continua a ser uma preocupação para muitas pessoas, especialmente para mães com crianças pequenas”.

O celular estará à venda em breve. A Softbank é a 3º maior empresa de telefonia do Japão. Em um comunicado oficial, a empresa disse que não definiu o valor do preço de venda, mas disse aos jornais internacionais que pretende fixar um valor acessível para a população.
fonte jornaldaciencia

Dieta das sopas rápidas ajuda a emagrecer 4 kg em 20 dias Deliciosas e quentinhas, as sopas feitas com os condimentos certos ajudam a acelerar o metabolismo, aumentando a queima de gorduras. Aprenda a prepará-las!


Nos dias mais frios, fica difícil comer apenas salada. Tomar uma sopinha à noite, então, pode ser a solução ideal para quem quer perder alguns quilinhos durante o inverno. Como o ritmo do metabolismo diminui no fim do dia (e nosso organismo já não precisa de tanta energia para funcionar), dá para fazer uma refeição leve, nutritiva e pouco calórica. "Use condimentos no preparo. Eles conferem sabor à receita e ainda ajudam a acelerar a queima de gordura", aconselha a nutricionista Roseli Rossi.

Caldo básico para fazer e deixar congelado

· Rendimento: 5 porções
· Calorias por porção: 35

Ingredientes
· 1 peito de frango grande (800 g) ou coxão mole cortado em cubos pequenos
· 2 1/2 litros de água
· 2 cebolas cortadas ao meio
· 2 cenouras grandes em pedaços
· 1 tomate com pele e semente
· 2 talos de salsão
· 1 folha de louro
· 2 ramos de salsinha
· 3 grãos de pimenta-do-reino
· 1 col. (café) de sal

Modo de preparo
Coloque todos os ingredientes numa panela de pressão, tampe e leve ao fogo alto. Quando apitar, deixe cozinhar por 10 minutos e só destampe após esfriar. Retire o frango (ou a carne) e passe o caldo por uma peneira, pressionando os legumes com uma concha. Distribua o líquido coado em cinco potes (de 300 ml cada um) e congele. Use cada porção para preparar uma sopa diferente por dia (veja na pág. ao lado) e ajuste o sal na finalização.

Com o caldo, prepare uma sopa por dia

Junte ao caldo um alimento de cada grupo abaixo e crie novas sopas (use sempre 1 porção de proteína, 1 de carboidrato, 1 de hortaliça e 1 de condimento).

Proteína
· Ovo (75 cal): 1 unidade cozida picada ou estalada no caldo.
· Coxão mole ou peito de frango (150 cal): 150 g, cozido ou desfiado.
· Queijo minas light (85 cal): 1 fatia grossa picada em cubos.

Carboidrato
· Aveia (90 cal): 1 col. (sopa) (deixe ferver no caldo por dois minutos).
· Arroz integral cozido (155 cal): 2 col. (sopa).
· Inhame cozido (50 cal.): 1 pires de café picado em cubos.

Hortaliça
· Abóbora (40 cal): 1 xíc. (chá) de cubos de abóbora previamente cozida.
· Couve (15 cal): 1 folha picada em tiras (deixe ferver no caldo por 10 minutos).
· Espinafre (25 cal): 1/2 xíc. (chá) de folhas (deixe ferver no caldo por 10 minutos).

Condimento
· Curry (ou açafrão): 1/2 col. (café). É eficiente na queima de gordura corporal.
· Gengibre: 1 pedaço pequeno ralado. Ativa o metabolismo e ajuda a gastar mais energia.
· Pimenta-malagueta: 1 pedaço pequeno picado e sem semente. Acelera a queima de calorias.

Faça uma sopa nota 10!

· Em vez do creme de leite ou da farinha de trigo, acrescente 1 col. (café) de ágar-ágar (encontrado em lojas de produtos naturais).

· Evite temperos prontos. Para dar sabor e reduzir a quantidade de sal, prefira sálvia, salsinha, manjericão e outras ervas frescas.

· Use os ingredientes em pedaços. Mastigar faz com que você se sinta satisfeita mais rápido e coma menos.

· Dispense pãozinho, torradas e queijo parmesão.
fonte mdemulher

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Chef Jeferson Rueda Espuma de Coco


4 porções
Ingredientes
Espuma de Coco
250ml de creme de leite
125g de coco ralado fresco
60g de açúcar
50ml de leite de coco
2 folhas de gelatina sem sabor

Baba de Moça
250ml de água
250g de açúcar
8 gemas peneiradas
125ml de leite de coco

Creme de Confeiteiro
3 gemas
70g de açúcar
20g de amido de milho
200ml de leite
Essência de baunilha a gosto
Telha de Coco
100g de açúcar
100g de creme de confeiteiro
100g de coco seco ralado
3 ovos



Preparo da Entrada
1- Em uma batedeira bata o creme de leite até o ponto de chantilly e reserve. Em um recipiente misture o coco ralado com o açúcar e reserve também. Hidrate a gelatina no leite de coco.

2- Junte a mistura de açúcar e coco no chantilly. Em seguida, acrescente a gelatina hidratada e misture delicadamente. Leve à geladeira por 12 horas.


3- Para o preparo da baba de moça, em uma panela prepare uma calda com a água e o açúcar. Misture as gemas com leite de coco e, delicadamente, junte a calda à mistura. Leve ao fogo baixo, em banho-maria, mexendo sempre, por 15 minutos.
4- Para o preparo do creme de confeiteiro, em uma tigela misture a gema, o açúcar e o amido de milho. Reserve.
5- Aqueça o leite e acrescente à mistura reservada. Em seguida, leve ao fogo, mexendo sempre, até engrossar.


6- Para o preparo da telha de coco, misture todos os ingredientes e asse em um silpat até dourar, em forno a 160ºC.

7- Para a montagem, no centro de um prato faça uma quenelle com a espuma de coco, disponha a telha de coco e decore com a baba de moça.
fonte alta gastronomia

Suco de beterraba pode ajudar músicos, nadadores, cantores e mergulhares, diz pesquisa


Quem toca clarinete, trompete ou qualquer instrumento de sopro deve começar a tomar suco de beterraba antes de tocar, ajudando-os a terem mais fôlego, diz pesquisa.

Tomar um copo de suco concentrado de beterraba poderia ajudar mergulhadores e nadadores a prenderem a respiração por mais tempo, permitindo até mesmo que cantores sustentem notas por um período superior, comparado a pessoas que não tomam o suco antes dessas atividades, afirma um novo estudo.

O suco ajuda o corpo a realizar esses trabalhos de forma mais eficiente porque contém altos níveis de nitrato que, uma vez dentro do corpo, é transformado em compostos chamados de óxido nítrico.

Isso ajuda os músculos a realizarem o mesmo trabalho, porém utilizando menos oxigênio, o que significa que seu fôlego aumentará com menos quantidades de inspirações de ar.

A pesquisa é da Universidade de Exeter, Inglaterra e do instituto MID na Suécia. O experimento foi publicado na revista Respiratory Phisiology & Neurobiology, mostrando que os participantes conseguiram segurar a respiração embaixo d’água por um período muito maior tomando apenas 70 ml de suco concentrado antes da atividade.

Os pesquisadores disseram que o benefício também pode ser transferido para outros grupos que dependem da sua capacidade pulmonar, incluindo nadadores, cantores de ópera, jogadores de futebol e esportistas de alto impacto e até alpinistas que estão constantemente em grandes altitudes.

Harald Engan, líder da pesquisa, disse que o suco de beterraba permite que o organismo reduza sua necessidade de oxigênio para realizar as atividades musculares, aumentando a eficiência respiratória.
fonte jornaldaciencia

Promessa não cumprida de frota mínima frustra passageiros em Florianópolis Usuários vão aos pontos, mas nenhum veículo circula no terceiro dia de greve


O acordo feito entre os trabalhadores e as empresas e intermediado pela Justiça do Trabalho era de que 100% dos ônibus deveriam estar circulando em Florianópolis no horário de pico — entre 5h30min e 8h30min, por exemplo — mas a situação vista nas primeiras horas da manhã foi bem diferente: em vão, passageiros aguardavam nos pontos à espera de ônibus.

Em um dos pontos da Rua Delminda Silveira, no bairro Agronômica, trabalhadores aguardavam pelo transporte coletivo.

O auxiliar de produção Abdo Alberto Abdalla, de 38 anos, conta que acompanhou a decisão na tarde de terça-feira e esperava que houvesse ônibus logo cedo, o que não aconteceu.

— Vi a notícia na imprensa e quando fui dormir acreditava que haveria ônibus para ir trabalhar.

A assembleia dos motoristas ainda não tinha acabado quando Abdalla foi dormir. O mesmo ocorreu com o motorista José Oliveira, 48. Na segunda e na terça-feira, a empresa em que ele trabalha ofereceu transporte alternativo. Ele acreditava, no entanto, na promessa de que haveria ônibus nesta quarta.

Até as 7h, nenhum coletivo circulava em Florianópolis, contrariando a determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). O descumprimento pode gerar uma multa ao Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano de Florianópolis (Sintraturb).

Policiamento reforçado

Com o terceiro dia de greve no transporte público, a Polícia Miltiar reforça o monitoramento nas ruas da Capital para prevenir problemas. Há presença de viaturas, por exemplo, nas garagens das empresas de ônibus.

Segundo o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Araújo Gomes, até por volta das 7h não havia ocorrências. Em entrevista na Rádio CBN, ele salientou que este é um dos pontos positivos da greve. Apesar disso, lembrou que a população segue sofrendo em razão do impasse entre grevistas e empresas.

— Temos experiência com esses movimentos. O que chama atenção, de forma positiva, é o grau de controle. Estamos no terceiro dia de paralisação e não temos registro de confrontos entre polícia e grevistas, ou de grevistas com a população — explicou o comandante — É preocupante ver o número de pessoas sem saber o que fazer. O transtorno é muito grande — concluiu.

O coronel Araújo Gomes explicou ainda que o policiamento nos terminais do Centro, como o Ticen, por exemplo, já estão sendo monitorados de forma mais forte desde o primeiro dia da greve.

Piquete nas garagens de ônibus

A madrugada de quarta-feira foi de vigília nas garagens de ônibus da Capital, tanto na Ilha como no Continente. Grevistas tentam garantir que nenhum ônibus circule no terceiro dia de paralisação no transporte público na Grande Florianópolis.

O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano da Grande Florianópolis (Sintraturb) informou que nenhum coletivo irá circular, nem mesmo para disponibilizar a frota mínima para a população. Com isso, a categoria e as empresas descumprem a determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Na Ilha, a garagem da Transol, na SC-401, teve presença de uma viatura da PM durante a madrugada. Informações passadas à polícia davam conta de que um ônibus estava tentando sair, mas teriam esvasiado os pneus. Chegando no local, no entanto, nada disso foi constatado. Foi verificado apenas que um coletivo estava atravessado no portão para impedir a passagem de veículos.
Frota mínima

Sem o número mínimo de ônibus nas ruas, conforme determinação do TRT, os trabalhadores e empresas dividem uma multa diária de R$ 100 mil. Além disso, o Procon de Santa Catarina percorreu as empresas de transporte público da Grande Florianópolis, na tarde desta terça-feira, para aplicar autos de infração.

De acordo a diretora estadual do Procon, Elizabete Fernandes, as empresas serão autuadas por interromperem um serviço de utilidade pública e contínuo. Os autos podem gerar multa de até R$ 6 milhões dependendo do faturamento da empresa. As empresas terão 10 dias para apresentarem uma defesa.
FONTE Danilo Duarte
danilo.duarte@diario.com.br

terça-feira, 29 de maio de 2012

Empresas vão cumprir ordem do TRT sobre frota mínima A partir desta quarta-feira, todos os ônibus vão circular em horário de pico e 50% deles no horário do almoço


Depois de quase seis horas de negociações, o presidente em exercício do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Garibaldi Tadeu Pereira Ferreira determinou o funcionamento 100% dos ônibus no horário de pico e 50% no horário do almoço, além de condições de segurança para que os profissionais trabalhem. A determinação deve ser cumprida a partir da 0h desta quarta-feira. No caso do descumprimento, as empresas serão multadas em R$100 mil.

Segundo a assessoria do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano da Grande Florianópolis (Setuf), os grevistas vão cumprir o determinado pelo TRT.

Ferreira afirma que a determinação de 100% da frota entre 5h30min e 8h30min e 17h e 20h, deve-se ao fato de que seria muito difícil fiscalizar um número quebrado. E, dos 50% no horário do almoço, por causa dos estudantes.

Sobre a proposta oferecida mais cedo pelo TRT, os empresários disseram aceitar a redução de 25% da carga horária agora, passando de 6h40min para 6h30min e mais 25% em maio do ano que vem, passando para 6h20min; o INPC integral; o aumento no valor do vale refeição para R$ 410 e o pagamento das horas trabalhadas e dos dias parados.

Já o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano da Grande Florianópolis (Sintraturb) considerou a proposta insuficiente. Agora, ela será avaliada em uma nova assembleia da categoria que deve acontecer ainda na noite desta terça-feira.

>>> Confira todas as notícias sobre a greve no transporte público

:: Serviço de Transporte Especial

Funcionamento:

-- Cinco bolsões de transporte alternativo serão criados na região central de Florianópolis.

-- A frota, de 430 veículos, será composta por ônibus, micro-ônibus e vans já cadastrados pela prefeitura para turismo e transporte escolar.

-- Nos bairros, os passageiros vão embarcar e desembarcar nos pontos de ônibus. Os terminais de integração estarão fechados.

:: Regiões atendidas

- Área central, Continente, Norte da Ilha, Leste da Ilha e Sul da Ilha.

:: Percurso

- Os veículos vão percorrer o mesmo trajeto do transporte coletivo e estão orientados a parar em todos os pontos de ônibus que tenham passageiros.

:: Preço da passagem

- R$ 4 para a área central da cidade, que vai do Centro ao Norte, até o Floripa Shopping, ao Leste até o Itacorubi e ao Sul até o aeroporto.

- R$ 5 para as outras regiões.

:: Horário de circulação

- Das 5h às 20h.

- Após esse horário, os veículos só vão circular se houver demanda.

Fonte: Secretaria Municipal de Transportes, Mobilidade e Termina

Ônibus não saem das garagens no segundo dia de greve de motoristas e cobradores na Capital Garagem da Transol fica cheia de veículos com a greve de ônibus em Florianópolis Empresa não soube precisar a quantidade, mas a estimativa é de aproximadamente 200 veículos


Garagem da Transol fica cheia de veículos com a greve de ônibus em Florianópolis Guto Kuerten/Agencia RBS
Desde o início da greve de ônibus, nenhum ônibus de transporte coletivo circula em Florianópolis. Nesta terça-feira, a garagem da Transol, empresa com maior circulação de passageiros, estava cheia de veículos.

A empresa foi procurada para informar qual a quantidade exata de veículos estacionados no pátio da garagem, mas ninguém soube precisar. Pelas imagens captadas pela reportagem do DC, cerca de 200 ônibus convencionais e executivos estavam ali.

A greve, que chega ao segundo dia nesta terça-feira tem provocado congestionamentos na Ilha e no Continente. Na SC-401 também foram registradas filas.
Passageiros têm enfrentado problemas com a pouca quantidade de vans particulares circulando pela cidade.
fonte clickrbs

Pavê Charge com amendoim, caramelo e chocolate


Pavê Charge com amendoim, caramelo e chocolate
Ingredientes

. 2 pacotes de biscoito maisena

Creme de caramelo:
. 1 xícara (chá) de leite
. 1 pitada de sal
. ¼ de xícara (chá) de xarope de glucose de milho branco
. 2 latas de creme de leite – reserve o soro
. 2 xícaras (chá) de açúcar
. 150 g de manteiga
. 1 xícara (chá) de amendoim tostado sem pele e picado

Para umedecer:
. Soro do creme de leite

Cobertura:. 300 g de chocolate ao leite picado
. 1 lata de creme de leite sem soro

Modo de preparo:

Creme de caramelo: Em uma panela, coloque o leite, o sal, o xarope de glucose de milho e 1 lata de creme de leite. Deixe levantar fervura, desligue o fogo e reserve. Em uma panela, caramelize o açúcar no fogo baixo até dourar. Misture a manteiga e mexa até derreter. Junte a mistura reservada ao caramelo e mantenha em fogo baixo, mexendo até formar ponto de bala mole. Retire do fogo, misture a outra lata de creme de leite, o amendoim e deixe esfriar.

Cobertura: Derreta o chocolate no micro-ondas ou em banho-maria, acrescente o creme de leite e misture.

Montagem: Em um refratário ou em taças individuais, alterne camadas de biscoitos, umedecidos no soro do creme de leite, camadas de creme de caramelo e de chocolate. Leve á geladeira até o momento de servir.
fonte mdemulher

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Viajante brasileiro escreve livro com celular!


Com celular na mão e inspiração de sobra, Palacios se aventurou pelo mundo
Palacios viaja, em 6 meses, por diversos países em busca de uma nova maravilha; história pode ser acompanhada enquanto é escrita na web
Com apenas R$ 100 para se manter por dia e um celular como ferramenta de trabalho, um brasileiro resolveu viajar pelo mundo - durante seis meses - para escrever um romance. A trama que será contada em meio ano, porém, não deve demorar o mesmo tempo para ser lida. Isso porque o publicitário e autor da obra, Fernando Palacios, divulgará cada capítulo conforme eles forem escritos, pela internet. O primeiro deles pode ser acessado, a partir deste domingo, pelo site.

No roteiro da viagem estão monumentos importantes, como o Big Ben, a Torre Eiffel e o Templo de Luxor. Eles servirão de inspiração para a criação e, além disso, têm ligação direta com a história: um multibilionário que pretende aplicar todo o seu dinheiro para edificar a próxima Maravilha do Mundo, apesar de ainda não saber qual. Ele, então, confia a um escritor sair pelo mundo em busca de inspiração.
"Durante a primeira semana dessa expedição, já passei por Frankfurt, que estava em ebulição com manifestação pública do Blockupy, uma vertente mais radical do movimento Occupy que começou em Wall Street, além da expectativa para a final da Champions League. Agora estou em Londres, vendo como a cidade se prepara para os Jogos Olímpicos", afirmou o empresário Fernando Palacios, de 31 anos, que largou tudo para realizar a expedição.

Segundo as expectativas do autor, ao concluir seis meses de viagem, serão 18 lugares visitados, mais de 200 páginas escritas e 450 mil caracteres teclados via celular, o que equivale a 3.200 mensagens de SMS. As experiências e relatos podem ser acessados pela página do Facebook do projeto.

Para quem acredita que é difícil escrever tanto via smartphone, o publicitário explica que, para ele, esta é uma forma mais simples para as ideias aparecerem. "Escrevo pelo celular já faz algum tempo. Houve uma época em que enviava mais de cem mensagens de texto por dia. Aí comecei a pegar a mania de escrever e- mails pelo celular. Finalmente comecei a escrever projetos. Foi aí que percebi que a tela do celular não me intimidava tanto quanto uma folha em branco", disse.

Expectativas

Além de manter uma nova forma de relação entre autor e público - mais direta e interativa - Palacios espera publicar, ao final da aventura, uma versão eletrônica do livro completo com os últimos cinco capítulos (eles não serão disponibilizados pela internet).

"O esperado é que o retorno seja suficiente para permitir a continuidade do formato de escrever enquanto viajo. Dependendo dos resultados do projeto, devo fazer a continuação da saga nos mesmos moldes em 2013. Além disso, vou ter material para desdobrar outras obras. Mais do que um livro, a ideia é fazer dessa experiência um grande projeto transmídia", explicou.
FONTE noticias@band.com.br

Greve no transporte público segue por mais 24 horas



Em assembleia na noite desta segunda-feira os trabalhadores do transporte público da Grande Florianópolis decidiram manter a greve por mais 24h. A categoria votou ainda uma proposta sobre a questão da frota mínima.
A proposta deve ser levada para uma reunião de conciliação com as empresas, que acontece nesta terça-feira, às 13h30min no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). O dissídio coletivo proposto pelo Ministério Publico do Trabalho (MPT) de Santa Catarina também será discutido na reunião.

Dissídio coletivo

O MPT pede que 100% dos ônibus estejam na rua no horário de pico, entre 5h30min e 8h30min e entre 17h e 20h, entre outras reivindicações.

Caso não sejam cumpridas as obrigações propostas, o ministério pede a fixação de multa diária de R$ 100 mil. Se não houver acordo, o MPT propõe o julgamento das reivindicações feitas, determinando o retorno imediato dos empregados ao trabalho.

Novo encontro

Após a reunião no TRT, os trabalhadores do transporte público devem fazer uma nova assembleia onde irão discutir a proposta oferecida pelas empresas. Devemdecidir também se colocarão a forta mínima na rua ou pagarão a multa diária.

Manifestação

Antes de irem para do TRT, deve haver um almoço no qual os trabalhadores devem se organizar. Depois, eles devem ir caminhãondo até o tribunal.

: Ônibus municipais em frota mínima

- Se a lei for cumprida, 70% da frota funcionará nos horários de pico
- Serão 331 ônibus circulando das 6h30min às 9h e das 16h30min às 20h30min.
- 30% da frota nos horários de entre pico
- 138 ônibus circulando entre 0h e 6h29min, 9h01min e 16h29min, e das 20h30min à 0h.

:: Fiscalização

- Os fiscais de terminal da prefeitura vão verificar o cumprimento do quadro de horários.
- Em caso de descumprimento, a prefeitura vai acionar a procuradoria do Ministério Público Federal do Trabalho para tomar as medidas jurídicas cabíveis.

:: Serviço de Transporte Especial

Funcionamento:

-- Cinco bolsões de transporte alternativo serão criados na região central de Florianópolis.

-- A frota, de 430 veículos, será composta por ônibus, micro-ônibus e vans já cadastrados pela prefeitura para turismo e transporte escolar.

-- Nos bairros, os passageiros vão embarcar e desembarcar nos pontos de ônibus. Os terminais de integração estarão fechados.

:: Regiões atendidas

- Área central, Continente, Norte da Ilha, Leste da Ilha e Sul da Ilha.

:: Percurso

- Os veículos vão percorrer o mesmo trajeto do transporte coletivo e estão orientados a parar em todos os pontos de ônibus que tenham passageiros.

:: Preço da passagem

- R$ 4 para a área central da cidade, que vai do Centro ao Norte, até o Floripa Shopping, ao Leste até o Itacorubi e ao Sul até o aeroporto.

- R$ 5 para as outras regiões.

:: Horário de circulação

- Das 5h às 20h.

- Após esse horário, os veículos só vão circular se houver demanda.

Fonte: Secretaria Municipal de Transportes, Mobilidade e Termina clickrbs




BOLO CROCANTE


Bolo crocante
Ingredientes

Para a massa:

2 xícaras (chá) de farinha de trigo (200 g)
4 ovos (médios)
1/2 xícara (chá) de açúcar (85 g)
1 pitada de sal
1/2 colh (sopa) de fermento química em pó (11 g)
margarina para untar a forma
farinha de trigo para enfarinhar

Para o crocante:

1/2 xícara (chá) de açúcar (85 g)
1 xícara (chá) de castanhas-do-pará picadas (145 g)
1 lata de leite condensado (395 g)

Para a cobertura:

1 tablete de chocolate meio-amargo (180 g)
1/2 xícara (chá) de creme de leite (100 ml)
Modo de preparo

A massa:

1. Unte a forma com margarina, enfarinhe e reserve.
2. Bata as claras em neve e, sem parar de bater, acrescente o açúcar e depois as gemas.
3. Pare de bater e misture delicadamente a parinha e o fermento.
4. Passe para a forma e leve ao forno pré-aquecido (acenda o forno assim que começar o preparo da massa) à temperatura de 200 ºC (média). Asse por cerca de 30 minutos.
5. Retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade.
6. Desenforme e corte ao meio, no sentido do comprimento, para poder rechear. Reserve.

O recheio:

1. Leve o açúcar ao fogo, deixe caramelizar e junte as castanhas-do-pará picadas.
2. Tire do fogo e espalhe sobre uma superfície lisa e untada. Deixe esfriar.
3. Quebre a placa de caramelo com um rolo de macarrão ou um martelo de cozinha. Reserve.
4. Em uma panela, coloque o leite condensado e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até chegar à consistência de brigadeiro mole. Desligue o fogo e reserve.

A cobertura:

1. Em um recipiente que possa ir ao banho-maria, coloque o chocolate quebrado em pedaços e misture com o creme de leite.
2. Derreta em banho-maria, misturando para que o resultado fique bem homogêneo. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco para que comece a firmar antes de utilizar.

Montagem e finalização:

1. Sobre a metade inferior do bolo, espalhe o creme de leite condensado. Sobre ele, espalhe o crocante. Cubra com a outra metade do bolo.
2. Espalhe a cobertura de chocolate sobre a superfície do bolo.
3. Sirva frio.

Fonte
Livro: Boloterapia - André Boccato & Estúdio Cooklovers

Ônibus não estão circulando devido à greve de motoristas e cobradores na Grande Florianópolis


Quem precisa usar o transporte coletivo na manhã desta segunda-feira na Grande Florianópolis deve ficar atento. Com a greve de motoristas e cobradores, os ônibus não estão circulando. As empresas devem trabalhar com apenas 30% do efetivo hoje. A decisão pela paralisação ocorreu durante a semana passada. A confirmação da greve saiu na noite deste domingo em assembleia da categoria.

Por volta das 3h20min, grevistas já faziam vigília na garagem da Transporte Coletivo Estrela, no bairro Capoeiras, em Florianópolis. O objetivo é conscientizar os colegas sobre a paralisação. A empresa normalmente libera 16 linhas nas primeiras horas da manhã. Até as 5h30min, seis motoristas que pretendiam colocar os ônibus em circulação eram impedidos de deixar o local. A ação ocorre de forma pacífica.

Veja as linhas que não foram liberadas na garagem da Estrela:

- Forquilhinha / via Avenida Governador Ivo Silveira
- Forquilhas / Linha Capoeiras
- Linha Abraão
- Linha Monte Cristo
- Linha Serraria / Forquilhinha
Na Transol, nenhum ônibus havia sido liberado até às 5h30min. A empresa faz linhas nas regiões Leste, Central e Norte da Ilha. 
Já na garagem da Emflotur Transportes Coletivos e da Biguaçu Transportes Coletivos, todas as linhas que fazem o horário da manhã deveriam ter partido até as 6h20min. 
Segundo um fiscal que estava no local, cerca de 40 funcionários chegaram para trabalhar no turno, mas foram orientados por grevistas sobre a paralisação da categoria. Alguns sequer conseguiram descer dos carros. As linhas das duas empresas cobrem cerca de 100 bairros da Grande Florianópolis, em cidades como Biguaçu e São José. 

Na área continental da Capital, diversas pessoas aguardavam pelo transporte coletivo na Rua Liberato Bittencourt, que leva do Estreito para a Ilha. Às 6h20min, os relatos eram de que passageiros estavam há mais de 30 minutos sem avistar sequer um ônibus. Neste período, duas vans particulares cruzaram pelo trecho. 

Não eram veículos da prefeitura. No transporte alternativo privado, o valor cobrado para levar as pessoas até o Centro era de R$ 5. 

Fique atento ao serviço para tentar driblar os trantornos:

:: Ônibus municipais em frota mínima

- Se a lei for cumprida, 70% da frota funcionará nos horários de pico
- Serão 331 ônibus circulando das 6h30min às 9h e das 16h30min às 20h30min.
- 30% da frota nos horários de entre pico
- 138 ônibus circulando entre 0h e 6h29min, 9h01min e 16h29min, e das 20h30min à 0h.

:: Fiscalização

- Os fiscais de terminal da prefeitura vão verificar o cumprimento do quadro de horários.
- Em caso de descumprimento, a prefeitura vai acionar a procuradoria do Ministério Público Federal do Trabalho para tomar as medidas jurídicas cabíveis.

:: Serviço de Transporte Especial

Funcionamento:

-- Cinco bolsões de transporte alternativo serão criados na região central de Florianópolis.

-- A frota, de 430 veículos, será composta por ônibus, micro-ônibus e vans já cadastrados pela prefeitura para turismo e transporte escolar.

-- Nos bairros, os passageiros vão embarcar e desembarcar nos pontos de ônibus. Os terminais de integração estarão fechados.

:: Regiões atendidas

- Área central, Continente, Norte da Ilha, Leste da Ilha e Sul da Ilha.

:: Percurso

- Os veículos vão percorrer o mesmo trajeto do transporte coletivo e estão orientados a parar em todos os pontos de ônibus que tenham passageiros.

:: Preço da passagem

- R$ 4 para a área central da cidade, que vai do Centro ao Norte, até o Floripa Shopping, ao Leste até o Itacorubi e ao Sul até o aeroporto.

- R$ 5 para as outras regiões.

:: Horário de circulação

- Das 5h às 20h.

- Após esse horário, os veículos só vão circular se houver demanda.

Fonte: Secretaria Municipal de Transportes, Mobilidade e Termina



fonte http://diariocatarinense.clicrbs.com.br

domingo, 27 de maio de 2012

Funcionários do transporte coletivo da Grande Florianópolis votam pela greve neste domingo, 27



A discussão sobre a diminuição da carga horária de trabalho, principal reivindicação de motoristas e cobradores do transporte coletivo da Grande Florianópolis, não avançou. Desde segunda-feira, 21, patrões e funcionários abandonaram a mesa de negociações e não abrem mão de seus pontos de vista. Com esse cenário, o Sintraturb (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte da Grande Florianópolis) encaminha, neste domingo, 27, a última assembleia da categoria, às 22h. Há possibilidade da greve do transporte coletivo começar à zero hora de segunda-feira.
Nesta sexta-feira, Sintraturb, Setuf (Sindicato das Empresas de Transporte da Grande Florianópolis), Setpesc (Sindicato das Transportadoras de Passageiros de Santa Catarina) e o vice-prefeito e secretário municipal de Transportes, João Batista Nunes, participaram de reunião mediada pelo MPT (Ministério Público do Trabalho). Apesar dos esforços da procuradora regional do trabalho, Cristiane Caravieri, não houve acordo. O Setuf apresentou nova proposta salarial à categoria, com reajuste do INPC mais 2% e aumento do vale alimentação de R$ 380 para R$ 410. Mas não quis discutir a jornada.
“A reunião foi tensa e os patrões continuam irredutíveis. O impasse se mantém. Vamos levar a proposta salarial para a categoria em assembleia. O objetivo não é greve, é negociação”, disse Ricardo Freitas, assessor do Sintraturb. Waldir Gomes, presidente do Setuf, reafirmou que o sindicato não vai falar sobre carga horária. “A nossa proposta salarial só vale se não houver paralisação”, destacou. Os três sindicatos assinaram documento se comprometendo a garantir a frota mínima dos ônibus, que aumentou para 80% em horário de pico (das 6h30 às 8h30, das 11h30 às 13h30 e das 17h30 às 19h30) e 40% em horários normais.
Mas Gomes disse que o cumprimento da determinação só será possível se o Sintraturb liberar os trabalhadores. Entretanto, os mais de 400 ônibus de turismo e vans escolares com custo de R$ 4 e R$ 5 estão garantidos para a população. Com a paralisação, as empresas de ônibus devem deixar de ganhar R$ 400 mil por dia, já que o sistema fatura R$ 12 milhões por mês.
Transtorno na educação e prejuízo no comércio
As Secretarias de Estado e Municipal de Educação prevêem prejuízos para a rede pública com a greve do transporte. De acordo com Rodolfo Pinto da Luz, secretário municipal de Educação, 5.000 estudantes do ensino fundamental dependem do ônibus para chegar às escolas. “As creches não são tão atingidas, já que, normalmente, as crianças são da comunidade. Mas temos que levar em conta também que grande parte dos funcionários e professores utiliza o transporte público”, relatou. Luz afirmou ainda que tentará garantir as atividades normais e que as direções vão encontrar meios para que professores cheguem às instituições.
Patrícia de Simas Pinheiro, assessora da diretoria de educação básica e profissional da Secretaria de Estado de Educação, também afirmou que parte das cem escolas da rede estadual da Grande Florianópolis pode ficar sem aulas. “O mesmo impacto que sofre a sociedade, sofre a escola. Se os pais não têm como levar os alunos para as escolas, eles não terão acesso”, destacou.
Além de diversos setores, o comércio da Capital perde com a paralisação transporte. O secretário executivo do Sindilojas (Sindicato dos Lojistas da Região Metropolitana de Florianópolis), José Luiz dos Santos, estimou que o comércio vende, em dias de greve, apenas 1% do que vende em dias normais.
“Uma forma de forçar o aumento da tarifa”
A Ufeco (União Florianopolitana de Entidades Comunitárias) é a única representante da sociedade civil dentro do Conselho Municipal de Transportes. Ivânio Alves da Luz, representante da entidade no conselho, disse que não há discussões sobre a greve dos funcionários do transporte público no órgão, e que o Sintraturb não participa do Conselho. “Nós julgamos multas e o aumento da tarifa. A Ufeco é sempre contrária a essa questão, mas perde, porque os sindicatos patronais são maioria no conselho”, relatou.
Para Ivânio, a greve parece uma forma de forçar o aumento da tarifa. “As empresas sabem que a data base dos funcionários é maio e nunca estão preparadas. Nas reuniões do conselho só choram, apesar do lucro que têm, nunca é suficiente. Se elas não têm condições, porque não abrem lugar para outras empresas?”, questionou.
FIQUE POR DENTRO
Opções de transporte e histórico das greves 
400 ônibus e vans serão ofertados em quatro pontos no Centro
1 – Para o Continente
Saída: próximo ao Terminal Rita Maria, embaixo da passarela
2 – Para o Norte da Ilha
Saída: ponto de ônibus ao lado da loja Santa Rita, embaixo da passarela do Terminal Rita Maria, lado oposto
3 – Para região Central e Lagoa da Conceição
Saída: ao lado do Mercado Público, no local onde há ponto de táxi e estacionamento de ônibus de turismo
4 – Para o Sul da Ilha
Saída: Terminal Cidade de Florianópolis
Valor da tarifa
R$ 4 – ônibus que vão até Titri, Tisan, Tilag, Tirio e Continente
R$ 5 – outros locais
 Haverá fiscalização dos valores e os usuários devem ficar atentos para verificar se o ônibus é credenciado pela Prefeitura da Capital, contendo selo de comprovação.
fonte http://www.ndonline.com.br

sábado, 26 de maio de 2012

Chef Aléssio Battilani Cavaquinha na Minimoranga com Salsa Thai


4 porções
120 minutos
Ingredientes
Cavaquinha
2 litros de água
5 ramos de salsinha
3 talos de salsão
1 colher (de café) de sal
4 cavaquinhas médias
4 minimorangas

Molho de Tamarindo com Coentro e Gengibre

2 colheres (de sopa) de coentro picado
2 colheres (de sopa) de gengibre picado
5 colheres (de sopa) de óleo de milho
125g de polpa de tamarindo

1 colher (de chá) de cominho em pó


1 pimenta malagueta

2 colheres (de sopa) de açúcar
½ colheres (de chá) de sal
1 xícara (de chá) de água


Preparo da Entrada
1- Para o preparo da cavaquinha, em uma panela ferva a água com a salsinha, o salsão e o sal. Em seguida, cozinhe as cavaquinhas por 15 minutos e resfrie-as em um bowl com gelo para interromper o cozinhamento. Reserve.

2- Em outra panela cozinhe as minimorangas, por 10 minutos, em água fervente e resfrie-as também. Reserve.

3- Para o preparo do molho, higienize o coentro, seque as folhas e pique-as. Rale o gengibre sem casca e reserve. Em uma panela sue o gengibre no óleo de milho até ficar translúcido.

4- Adicione o coentro picado, a polpa de tamarindo, o cominho, a pimenta, o açúcar, o sal e a água. Continue o cozimento por aproximadamente 10 minutos ou até a ficar com uma textura de molho. Reserve.

5- Para a montagem da minimoranga, corte-a ao meio, limpe-a e tempere com sal e pimenta-do-reino moída na hora.

6- Adicione parte do molho, posicione as cavaquinhas e regue com o molho restante.

fonte alta gastronomia
Chef: Aléssio Battilani

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Bruschetta di peperoni rosso e giallo con mozzarella di bufala e basilico


Bruschetta di peperoni rosso e giallo con mozzarella di bufala e basilico

A Bruschetta é fácil de fazer e fica requintada com o uso de mozzarella di búfala. O verdadeiro queijo de búfala é puro, branquíssimo e macio, portanto para se conseguir uma bruschetta de mozzarella di búfala como fazem os chefs, o queijo escolhido deve apresentar o selo de pureza 100% búfala na embalagem. A bruschetta não é uma entrada cara e sempre surpreende pelo colorido. Abaixo segue sugestão de preparo do chef Daniel Frenda, feito com exclusividade para o Selo da Búfala 100% Búfala. Para saber onde encontrar a mozzarella di búfala sem mistura, acesso o site www.selodabufala.com.br e veja a lista de laticínios com controle de qualidade.

Ingredientes:
400g Pimentão Vermelho 400g Pimentão Amarelo 120 ml Azeite Extra Virgem 08 Fatias de Pão Italiano em Filão 02 Dentes de Alho Roxo 70g Cebola Roxa 400g Mozzarella di Bufala 100% búfala Manjericão de folha Pequena Sal Refinado Pimenta do Reino Preta em Grão
 Queimar os pimentões na boca do fogão até que fiquem totalmente pretos. Em baixo de água corrente, eliminar sua pele e cortá-los em filés. Temperar com sal, pimenta e azeite em abundância.
Em uma grelha, tostar as fatias de pão italiano dos dois lados. Esfregar uma das faces com o dente de alho descascado e aplicar um fio de azeite.
Sobre as fatias de pão, colocar a cebola roxa cortada em julienne, os pimentões, a mozzarella rasgada ao meio e finalizar com o manjericão, sal, pimenta e um fio de azeite.
fonte 

Anel de Fogo assombra milhões da Ásia aos Estados Unidos


Anel de fogo assombra milhões da Ásia aos Estados Unidos 01
Milhões de pessoas tiveram a sorte de testemunhar um espetáculo único entre domingo e segunda-feira (20 e 21/05), quando aconteceu um eclipse solar anular, um fenômeno muito raro onde a Lua passa diante do Sol, deixando visível somente um "anel de fogo", que foi visível primeiro em regiões da China, Taiwan e Japão, nas primeiras horas da segunda-feira. Em seguida, atravessou o Pacífico e chegou à costa oeste dos Estados Unidos, onde foi da Califórnia ao Texas, no entardecer do domingo.


Um eclipse anular acontece quando a Lua passa na frente do Sol, mas está longe demais da Terra para bloqueá-lo totalmente, deixando visível um anel, que dá nome ao fenômeno, Anel de Fogo.

Este possivelmente foi um dos eclipses mais bem documentados da história, tanto que a gigante da eletrônica Panasonic enviou uma expedição ao topo do monte Fuji, a montanha mais alta do Japão, para filmar o fenômeno usando equipamentos de energia solar.

Com equipamentos mais simples, mas com a mesma disposição milhares e milhares de fotógrafos documentaram o momento, mostrado nesta compilação das mais espetaculares fotos do eclipse solar anular de 2012:
Anel de fogo assombra milhões da Ásia aos Estados Unidos 02
Anel de fogo assombra milhões da Ásia aos Estados Unidos 06
Anel de fogo assombra milhões da Ásia aos Estados Unidos 35
Fonte: BuzzFeed
www.mdig.com.br

Tartelettes de limão-siciliano Receita de Carla Pernambuco e Carolina Brandão, do Las Chicas


Iara Venanzi
Rendimento 12 unidades
Tempo de preparo 2 h, aproximadamente, incluindo o tempo de geladeira

Ingredientes

Massa
175 g de farinha de trigo;
2 gemas;
90 g de manteiga;
1 pitada de sal;
50 g de açúcar.

Recheio
2 latas de leite condensado;
suco de
3 limões-sicilianos;
raspas de 2 limões-sicilianos picadinhas;
1/2 lata de creme de leite, sem soro, gelado.

Marshmallow
2 claras;
1 xícara de açúcar;
1/2 xícara de água;
1 pitada de fermento em pó;
raspas de 2 limões-sicilianos.

Modo de fazer

Massa
1 Junte a farinha e a manteiga, fazendo um farelo com as pontas dos dedos. Acrescente o açúcar, as gemas e o sal. Adicione algumas gotas de água gelada (somente o suficiente para juntar a massa e formar uma bola).
2 Embale em filme plástico e deixe na geladeira por 45 minutos. Abra a massa em forminhas, faça furos no fundo com um garfo e leve ao forno a 160 °C, por 15 minutos ou até dourar.

Recheio
1 Em um bowl, misture o leite condensado com o suco de limão, acrescente as raspas e o creme de leite. Reserve.

Marshmallow
1 Caramelize 1/2 xícara do açúcar. Junte o açúcar restante e a água. Ferva (fogo brando) até passar um pouco do ponto de fio grosso.
2 Bata as claras em neve e adicione o fermento. Quando as claras estiverem bem duras, despeje a calda fervendo pela lateral, batendo em velocidade alta, até dar ponto de marshmallow.

Montagem
1 Encha as massinhas assadas com o recheio, deixando uma pequena borda.
2 Cubra com o marshmallow, com um bico de confeitar.
3 Com um maçarico culinário, doure a cobertura de marshmallow. Se não tiver maçarico, coloque as tartelettes no forno a 200 oC, por cerca de 5 minutos.
fonte casa e comida

Top 5 coisas que causam confusão no nosso cérebro


Nossos cérebros recusam a ideia de quatro dimensões, hipercubos, mecânica quântica ou um universo infinito, e de forma compreensível.

Mas a nossa massa cinzenta é geralmente adepta de processamento de dados sensoriais dos objetos mundanos e experiências da vida diária. No entanto, existem algumas exceções gritantes.

Aqui estão cinco coisas comuns que inesperadamente lançam nossos cérebros por um novo caminho, revelando algumas das peculiaridades bizarras em sua estrutura e função que, normalmente, consegue passar despercebido.

Portas

Você sempre entra em uma sala com algum propósito em mente – para consegui algo, talvez? – Apenas para esquecer completamente o que seria feito? Acontece que, se as portas são culpadas por este estranho lapso de memória isto é muito entranho.

Psicólogos da Universidade de Notre Dame descobriram que passar por uma porta dispara o que é conhecido como um “limite e eventos” na mente separando um conjunto de pensamentos e memórias a partir do próximo, assim como sair de um conjunto de pensamentos e memórias a partir do próximo, assim como sair por uma porta sinaliza o fim de uma cena em um filme.

Seu cérebro arquiva longe dos pensamentos que você teve na sala anterior, e prepara uma lousa em branco para a nova localidade. Limitar eventos mentais geralmente nos ajuda a organizar nossos pensamentos e memórias como nós nos movemos em o mundo contínuo e dinâmico, mas quando estamos tentando lembrar aquela coisa que veio aqui para fazer ...ou se...ou talvez encontrar...podendo ser um fato frustrante.

Bips

  O que incomoda mais: o som de um despertador digital, o som de um caminhão em macha ré ou os lembretes estridentes que o detector de fumo esta a ficar sem pilhas? Tudo bem, eles são todos terríveis. Bips são praticamente a trilha sonora do mundo moderno, mas ele são extremamente irritantes, pois cada um induz a uma ‘confusão’ num músculo do cérebro.

Nós não nos acostumamos ao som dos bips, então lutamos para nos adaptar. Sons naturais são criados a partir de uma transferência de energia, muitas vezes a partir de um objeto golpeando outro, tal como o som emitido ao se bater em um tambor. Nesse caso, a energia é transferida para o tambor e, em seguida, gradualmente se dissipa, fazendo com que o som se dissipe ao longo do tempo.

  Nosso sistema de percepção evoluiu para usar essa decadência para entender o caso – para descobrir o que fez o som, e de onde veio. Bips, por outro lado, são como automóveis a aproximadamente 100 km/h, que de repente, bate numa parede, ao invés de gradualmente diminuir até parar. O som não muda ao longo do tempo, e ele não desaparece assim do nada, nossos cérebros ficam confusos sobre o que são e de onde eles vêm.

Fotos

Assim como nós não nos acostumamos com os bips, também não nos acostumamos a ver fotografias. Como sua avó, que aprende a usar a Internet, mas nunca desenvolve uma sensação intuitiva, nós conscientemente "pegamos" as fotografias, mas nosso cérebro subconsciente não consegue separá-las dos objetos ou pessoas retratadas.

  Caso em questão: Estudos mostram que as pessoas são muito menos precisas quando jogam dardos em fotos de JFK, bebês ou pessoas que gostam do que quando jogam dardos em Hitler ou seu pior inimigo. Outro estudo descobriu que as pessoas começaram a suar profusamente quando é pedido para que elas cortassem fotografias de suas posses estimadas de infância. Na falta de milhões de anos de prática, nossos cérebros se confundem quando se trata de separar a aparência da realidade.

Celular

  Você já se sentiu o telefone vibrar no bolso ou na bolsa, só por estar sentindo falta de algo ou alguém? Se, como a maioria das pessoas, você ocasionalmente experimentar estas "vibrações fantasmas", verifica-se que é porque seu cérebro está saltando na direção errada na tentativa de dar um alívio a essa sensação de falta.

Os cérebros são bombardeados com dados sensoriais, que devem filtrar o ruído inútil, e reter os sinais importantes. Em tempos pré-históricos estaríamos constantemente mal interpretando os pedaços de madeira no meio da selva como se fossem cobras. Hoje, estamos rodeados de tecnologia, e assim nossos cérebros interpretam mal várias situações, desde o farfalhar de roupas para o bramido do estômago, pulando para a conclusão de que estamos recebendo uma chamada ou torpedo, e realmente levando-nos a sensação completa da vibração do telefone.

Rodas

Já reparou como as rodas do carro podem parecer estarem girando para trás nos filmes? Isto é porque as câmeras de cinema capturam imagens de uma cena a uma proporção finita, e o cérebro preenche as lacunas entre estas imagens, criando a ilusão de movimento contínuo entre os quadros semelhantes.

Se a roda gira mais em torno do caminho entre um quadro e outro, o sentido mais óbvio do movimento para o cérebro é para trás, uma vez que esta direção sugere a mínima diferença entre os dois quadros.

No entanto, as rodas também podem parecer girarem para trás na vida real, apesar de ser mais estranho. A principal teoria para explicar a chamada "ilusão da roda contínua da carroça", como é conhecida, afirma que o movimento de percepção do cérebro, mostra o sistema da sua entrada como uma série de imagens discretas, bem como uma câmera de filme. Assim, nossos cérebros estão efetivamente a filmar seus próprios filmes do mundo externo, mas nem sempre em uma proporção tão rápida o suficiente para perceber as rodas girando no cenário da maneira certa, tal efeito acaba sendo gerado.
fonte http://jornalciencia.com

quinta-feira, 24 de maio de 2012

A greve de ônibus em Florianópolis ! a partir da próxima segunda-feira.


A Prefeitura de Florianópolis anunciou que haverá um sistema alternativo de transporte coletivo durante a greve dos motoristas e cobradores de ônibus, prevista para ser deflagrada a partir da próxima segunda-feira. Segundo a Secretaria de Transportes, Mobilidade e Terminais, mais de 250 vans e ônibus escolares vão operar com passagens semelhantes a de ônibus executivos, entre R$ 4,50 e R$ 5,50.

As partidas das linhas ocorrerão a partir de cinco bolsões, que deverão ser instalados no Centro de Florianópolis. A medida será adotada para minimizar o impacto de uma greve que pode afetar a 150 mil usuários do transporte coletivo por dia, que circulam pelo Ticen.

— Vamos atender as linhas com maiores demandas na Capital, com transporte para o Continente, Norte da Ilha, Bacia da Lagoa e Sul da Ilha — afirma o secretário João Batista Nunes.

Mais informações sobre a operacionalização do transporte alternativo devem ser divulgadas ainda nesta quinta-feira.

Decisão pela greve

Os trabalhadores do transporte coletivo da Grande Florianópolis decidiram, por unanimidade, entrar em greve por tempo indeterminado a partir da 0h próxima segunda-feira, após se reunirem em três assembleias, na quarta-feira. Ao todo, serão cerca de 5 mil cobradores e motoristas parados.

Um comunicado será entregue nesta quinta à prefeitura pelo Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo Urbano (Sintraturb), para oficializar o aviso de greve com 72h de antecedência, conforme prevê a lei.

O motivo da greve é o impasse entre trabalhadores e empresários nas negociações por redução da jornada de trabalho e aumento salarial, que são as principais reivindicações na pauta deste ano.

Negociações não avançam

O secretário de comunicação do Sintraturb, Antônio Carlos Martins, alega que a categoria não possui outra alternativa a não ser entrar em greve, já que as empresas se recusam a discutir redução de jornada de trabalho na mesa de negociações.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Florianópolis (Setuf), Waldir Gomes da Silva, a proposta é inviável, pois os custos teriam impacto no valor da passagem.

— Teríamos que contratar mais 250 funcionários para suprir essa redução de jornada. A passagem iria a R$ 3,20 — argumenta.

Segurança no Ticen

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, Coronel Araújo Gomes, informa que a inteligência da PM está em contato com os dois sindicatos para monitorar a situação.

Na segunda-feira, segundo Gomes, haverá reforço policial para aumentar o controle de trânsito e garantir de segurança dos envolvidos na greve.

Entenda o impasse

Reivindicações dos trabalhadores
- Redução de jornada de 6h40min diárias para 6h, sem redução de salário. Hoje, motoristas ganham R$ 1.517 e cobradores, 60% deste valor.
- Ajuste salarial em conformidade com a inflação do período e aumento de 5%.

O que dizem as empresas de ônibus
- A redução da carga horária é inviável, pois exigiria a contratação de mais 250 trabalhadores.
- Para arcar com o custo, seria preciso aumentar a tarifa de ônibus para R$ 3,20.
- A proposta de aumento salarial é ajuste conforme a inflação e ganho real de 1%.

E a prefeitura?
- Em busca de consenso, o prefeito vai intermediar as negociações até segunda-feira.
- A possibilidade de aumento de tarifa está descartada neste momento.
- A Justiça do Trabalho será acionada para garantir um contingente mínimo de ônibus nas ruas.
fonte http://www.clicrbs.com.br

O bom colesterol não é tão bom como todos nós pensávamos


Massachusetts General Hospital, estudou as ligações entre as variantes genéticas e os níveis de HDL, associando a ataques cardíacos em mais de 170.000 pacientes. A pesquisa não encontrou nenhuma evidência de que o HDL reduza o risco de doenças cardíacas.

Sekar Kathiresan, professor associado de medicina na Harvard Medical School, declarou ao portal Science Daily:

“Sempre foi dito que um paciente deveria aumentar os níveis de HDL, pensando que os riscos de doenças cardíacas diminuiriam. Este trabalho mostrou que isso não tem fundamento”.



O que a pesquisa certamente não nega é que níveis baixos de HDL são indícios de doenças cardíacas futuras. Na verdade, o HDL é um indicador que continuará a ser usado como fator de identificação, selecionando pacientes com baixo ou elevado risco de doenças no coração. O que a pesquisa sugere claramente é que, qualquer tentativa de aumentar artificialmente o HDL em um paciente pode ser completamente inútil.

“Aumentar os níveis de HDL através de qualquer mecanismo não irá ajudar em nada os pacientes. Talvez existam outros mecanismos que possam reduzir os riscos de doenças; vamos continuar pesquisando para saber”, comentou Kathiresan.

A pesquisa acaba sendo um “tapa na cara” de grandes indústrias farmacêuticas que possuem medicamentos que ajudam a aumentar o HDL.
fonte http://jornalciencia.com

Dar a volta ao mundo em apenas 6 horas é a promessa de um novo transporte público a vácuo


 
Imagine o sair do metrô de Londres estar no seu escritório em Nova York poucos minutos depois?

Os designers de uma ideia revolucionária estão apresentando um transporte público do futuro. Chamado de Transporte de Tubo de Vácuo, é uma forma de transportar sem nenhum tipo de atrito, dizem seus criadores, sendo cotado para ser mais seguro, mais barato e mais silencioso do que os trens e aviões.

Usando tubos de vácuo sem o menor resquício de ar, será possível acomodar até 6 passageiros, atingindo velocidades incríveis de 6.500 quilômetros por hora, usando menos energia do que os métodos convencionais atuais.


A nova tecnologia permitiria que uma pessoa em Nova York pudesse viajar para a China em apenas 2 horas ou dar uma volta completa no planeta em apenas 6 horas.

Os designers por trás do projeto acreditam que este sistema conseguirá transportar 50 vezes mais pessoas por kWh que os carros elétricos ou trens. Eles preveem que o sistema funcionaria como uma forma de trânsito rápido de pessoa, formado por rede autoconectadas, como ocorrem com as rodovias, funcionando com cápsulas como se fossem carros, roteadas e guiadas por tráfego de internet.

Os pesquisadores afirmam que seria mais barato para construir, aproximadamente ¼ do que custaria para fazer asfalto, novas estradas e ferrovias.

Surpreendentemente, eles também dizem que, apesar das velocidades incríveis que poderiam afetar negativamente os passageiros, os projetistas afirmam que eles só seriam sujeitos a forças mínimas, embora a física por trás dessa afirmação não tenha sido esclarecida para proteger a ideia.



  O nome comercial do transporte de tubo por vácuo foi inventado pelo engenheiro mecânico Daryl Oster no início dos anos noventa e, em 1997, recebeu uma patente pela tecnologia.

Desde então, ele conseguiu construir um consórcio de licenciados para ajudá-lo a desenvolver o sistema. No entanto, apesar da licitação de vários projetos de infraestrutura pública, o projeto parece não ter decolado, mesmo com o massivo interesse da Coréia do Sul.
fonte http://jornalciencia.com

Antiquarius: bacalhau nunca chega !



Ingredientes para 2 pessoas

150g de bacalhau desfiado;
100g de batata palha;
30g de presunto em tirinhas;
100g de cebola picadinha;
3 ovos batidos
1 colher de sopa de óleo
Salsa picada a gosto;


Modo de Preparo

Colocar em uma panela o óleo, a cebola e o presunto para refogar
Colocar o bacalhau desfiado e mexer para misturar todos os ingredientes
Colocar a batata palha e continuar mexendo
Acrescentar os ovos
Continuar mexendo sem parar e tirar do fogo antes que os ovos cozinhem
Servir imediatamente e salpicar com salsa

 Dica 1: o prato deve ficar umido, não seco, mas a batata deve se manter ainda crocante.
Dica 2: se a idéia for prepará-lo para a Páscoa, não deixe de dessalgar o lombo com antecedência, em água gelada, com várias trocas ao dia. Na véspera, troque a água pelo leite.
fonte talheres.info

obs recomendo , delicia !!!

UNICONGRES CONGRESSO UNIVERSITARIO DE EMPREENDEDORISMO 24,25 E 26 DE MAIO MAJESTIC FLORIANOPOLIS

Data: 24, 25 e 26 de maio de 2012
Local: MAJESTIC PALACE HOTEL

Tema: Empreendedorismo Catarinense – Estado de Oportunidades.
Público Alvo: Estudantes de Administração, Economia, Contabilidade e Finanças.



Objetivo: Proporcionar aos estudantes a oportunidade de conhecer grandes cases de sucesso de empresas catarinenses, participando de debates dinâmicos sobre as práticas do empreendedorismo e gestão.

Certificado: 30 horas/aula.

Formato: 03 dias de encontro com palestras, apresentações de cases e debates, incluindo uma grande confraternização* de encerramento
no THE DOUBLE SEVEN, um dos lugares mais badalado de Florianópolis.

PARTICIPE 

VEJA  TODA A  PROGRAMAÇÃO NO SITE  http://unicongress.com.br/

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Chef Marcelo Mussi Risoto de Frutos do Mar


1 porções
15 minutos
Ingredientes
90g de arroz arbóreo 
½ colher (de chá) de cebola picada 
1 dente de alho picado 
50ml de vinho branco 
1,5 litros de caldo de peixe 
1 cavaquinha inteira limpa 
2 camarões GG limpos 
2 vieiras 
30g de lula pré-cozida 
30g de polvo pré-cozido 
2 mexilhões limpos 
20g de manteiga gelada 
2 colheres (de chá) de azeite 
Preparo da Entrada
1- Em uma panela refogue a cebola, o alho e o arroz no azeite e acrescente o vinho branco, mexendo até evaporar todo o álcool, de 3 a 5 minutos. (5783) 

2- Adicione uma concha de caldo de peixe e misture até reduzir. Repita a operação até que o risoto se aproxime da consistência desejada. (5786) 
3- Coloque os frutos do mar e o restante do caldo de peixe, mexendo por aproximadamente 5 minutos ou até atingir o ponto desejado do risoto. (5793) 
4- Adicione a manteiga gelada e mexa para emulsionar. (5802) 
Dica
Na etapa final do risoto, acrescente 50g de queijo parmesão ralado e mexa bem para homogeneizar.


   

fonte alta gastronomia

Hotel futurista submarino de Dubai


Hotel futurista submarino de Dubai 01
Você ficaria em um hotel localizado abaixo do nível do mar? Os inovadores de arquitetura da Deep Ocean Technology têm um design conceitual que vai mudar a indústria hoteleira e a experiência de férias no Oriente Médio. O Hotel Discus subaquático é concebido como uma alternativa aquática moderna para os hotéis mundanos encontrados em terra.

A grande estrutura possui vários discos acima e abaixo da água. A torre central é contígua de espaços em forma de discos cerca de cinco a sete metros acima do nível do mar e a outra que está geralmente estacionada há aproximadamente dez metros de profundidade.

A plataforma inferior tem a capacidade de se mover até a superfície no caso de uma emergência. Caso contrário, os hóspedes podem desfrutar de uma das 21 suítes na parte inferior que oferece conforto com o benefício adicional visual do ambiente marinho natural. Outras comodidades deste complexo luxuoso hotel incluem um heliporto, um jardim de cobertura, uma piscina acima do solo, restaurantes, um spa e um centro recreativo.
fonte
 Metamorfose Digital http://www.mdig.com.br
Hotel futurista submarino de Dubai 03
Hotel futurista submarino de Dubai 04
Hotel futurista submarino de Dubai 11

Ocorreu um erro neste gadget