Saúde

Clique aqui para ver todos os posts com o tema de saúde, com opções naturais e ações interessantes para melhorar o seu dia-a-dia.

Receitas

Receitas de água na boca para todos os gostos: de vários lugares, doces e salgadas.

Notícias

Mantenham-se atualizados com as últimas notícias que estão rolando por Floripa e pelo mundo.

Curiosidades

Dicas e truques para fazer a vida um pouquinho mais fácil, e informações divertidas sobre todos os tipos de assunto.

Depoimentos

Opiniões e informações de todos os cantos da internet.

Bem vindos!

Variedades de Floripa ! notícias, política, depoimentos, críticas, curiosidades, vídeos e receitas !
Participe !

Todos os posts estão divididos por área, então se você tem interesse de ver somente um tipo de post, utilize a barra de categorias no topo da página, ou na seção de tags ao lado.
___________________________________________


sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Benefícios proporcionados pelo suco de uva Conheça todos os benefícios terapêuticos que o suco de uva proporciona, como aumento da imunidade e prenvenção de doenças do coração e câncer


Tomar apenas um copo de suco de uva escura por dia é um santo remédio. Os bioflavonoides, os taninos e o resveratrol encontrados na fruta são os responsáveis pelos benefícios à saúde. "A substância mais importante é o resveratrol, um composto fenólico que fica na casca da uva. Ele funciona como um protetor do alimento contra o ataque de vírus e fungos", explica a nutróloga Cristiane Coelho.

Essa ação também é feita em nosso organismo: o resveratrol combate a produção de toxinas e radicais livres e evita a formação de placas de gordura nos vasos sanguíneos, diminuindo os níveis do mau colesterol (LDL) no sangue, prevenindo infartos e acidente vascular cerebral (o popular derrame). A pressão arterial também tende a ficar sob controle com o uso diário do suco.

E não é só: a bebida ainda age contra o câncer, contribuindo para a redução da incidência de tumores, principalmente os de pulmão, intestino e cólon. De acordo com pesquisas publicadas no periódico americano Journal of Nutrition, os compostos antioxidantes encontrados nas uvas previnem danos ao DNA e evitam que uma célula se torne maligna.

Saudável e jovem

Os 20 antioxidantes presentes na uva (especificamente na casca da espécie roxa ou rosada - as uvas brancas e verdes não contêm as mesmas substâncias) agem em sinergia para combater os radicais livres que favorecem o surgimento de doenças e o envelhecimento precoce.

· O suco repara as células do corpo e ajuda a prolongar a juventude da pele.

· Favorece as funções hepáticas (do fígado) e é um valioso estimulante digestivo.

· Acelera o metabolismo, reduzindo o ácido úrico (substância produzida pelo organismo e que causa fadiga).

· Por ser alcalinizante (combate a acidez sanguínea), é indicado para pessoas que consomem carne em excesso.

· Fortalece o sistema imunológico, já que possui ativos com poder anti-inflamatório e antimicrobiano.
fonte: mdemulher

Torta gelada de Bis

Torta gelada de Bis
Ingredientes:

Massa:
· 2 caixas de Bis®
· 1/2 colher (sopa) de manteiga


Creme:
· 1 1/2 lata de leite
· 2 colheres (sopa) de amido de milho
· 1 lata de leite condensado
· 1 gema
· 1 colher (sopa) de manteiga


Musse:
· 200 g de chocolate meio amargo picado
· 1 lata de creme de leite
· 2 claras em neve
· 3 colheres (sopa) de açúcar

Modo de preparo:

Massa:
No processador, triture as unidades de uma caixa de Bis® e a manteiga e forre o fundo de uma forma de aro removível. Reserve.


Creme:
Misture todos os ingredientes e cozinhe até engrossar. Deixe esfriar e coloque sobre a massa de Bis® reservada.


Musse:
Derreta o chocolate, misture o creme de leite e reserve. Bata as claras em neve, junte o açúcar e bata. Misture as claras batidas ao chocolate reservado. Por cima do creme branco distribua o restante do Bis® picado e cubra com a musse. Leve ao freezer por duas horas. Conserve na geladeira, decore com Bis® picado e sirva.

fonte : mdemulher


terça-feira, 27 de setembro de 2011

27 DE SETEMBRO Dia Nacional dos Doadores de Órgãos


Dia Nacional dos Doadores de Órgãos
De cada 8 (oito) potenciais doadores de órgãos, apenas 1 (um) é notificado. Ainda assim o Brasil é o segundo país do mundo em número de transplantes realizados por ano, sendo mais de 90% pelo sistema público de Saúde. O resultado positivo é devido, principalmente, a três fatores:
1. O programa nacional de transplantes tem organização exemplar. Cada Estado tem uma Central de Notificação, Captação e distribuição de Órgãos que coordena a captação e a alocação dos dos órgãos, baseada na fila única, estadual ou regional.
2. Para realizar transplante é necessário credenciamento de equipe no Ministério da Saúde. A maioria destas equipes é liderada por médico com especialização no exterior, obtido graças ao investimento público na formação de profissionais em terapia de alta complexidade.
3. Hoje mais de 80% dos transplantes são realizados com sucesso, reintegrando o paciente à sociedade produtiva.

O POTENCIAL DOADOR CADÁVER

Considera-se como potencial doador todo paciente em morte encefálica. No Brasil, o diagnóstico de morte encefálica é definido pela Resolução CFM n° 1480/97, devendo ser registrado, em prontuário, um Termo de Declaração de Morte Encefálica que descreva todos os elementos do exame neurológico que demonstrem ausência dos reflexos do tronco cerebral, bem como o relatório de um exame complementar que assegure esse diagnóstico.

MORTE ENCEFÁLICA

Morte encefálica e coma não são sinônimos. No estado de coma o encéfalo está vivo, executando suas funções de manutenção da vida. Na morte encefálica, apenas o coração pode continuar batendo, em razão de seu marcapasso próprio, e por pouco tempo, o suficiente para o aproveitamento de órgãos saudáveis para transplante. O diagnóstico definitivo da morte encefálica é corroborado por exames que demonstrem a ausência de fluxo sangüíneo intracraniano.

QUEM PODE SER DOADOR DE ÓRGÃOS APÓS A MORTE?

Para ser doador após a morte não é necessário portar nenhuma documentação, mas é fundamental comunicar à própria família o desejo da doação posto que, após o diagnóstico de morte encefálica, a doação só se concretiza após a autorização dos familiares, por escrito, o que, na dependência do órgão a ser transplantado, exige, por vezes, rapidez. Coração, pulmões, fígado e pâncreas só podem ser transplantados se removidos após a morte encefálica e antes da parada cardíaca; a retirada de córneas e ossos pode ser feita até 6 horas após a parada cardíaca; e, no caso dos rins, o limite é de um máximo de 30 minutos após a parada cardíaca.

QUEM PODE SER DOADOR VIVO?

Em princípio, o doador vivo é uma pessoa, em boas condições de saúde, capaz juridicamente, ou seja, maior de 21 anos e que concorde com a doação, não existindo um limite superior de idade. Por lei, pais, irmãos, filhos, avós, tios, primos de primeiro grau e cônjuges podem ser doadores, desde que haja compatibilidade entre o sistema ABO do receptor e dos possíveis doadores. Os doadores não parentes só podem doar em condições especiais, após liberação judicial, conforme dita a lei n° 10211.
Fonte: UFGNet

sábado, 24 de setembro de 2011

Ensinamentos Vida

A vida me ensinou...
A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir; aprender com meus erros.
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças; sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas",
embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Me ensinou e está me ensinando a aproveitar o presente,
como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.
Charles Chaplin

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Abacaxi caramelado com sorvete

Abacaxi caramelado com sorvete


Ingredientes


. 1 abacaxi

. 1 xícara (chá) de açúcar

. 1 colher (chá) de gengibre em pó

. 1 colher (café) de cardamomo em pó

. 4 bolas de sorvete de creme

Modo de preparo


Corte o abacaxi em quatro partes na horizontal e retire o miolo. Reserve. Em uma frigideira grande, ponha o açúcar e deixe derreter até formar uma calda grossa. Junte o gengibre e o cardamomo e misture. Ponha as fatias de abacaxi aos poucos, para caramelar o pedaço por inteiro. Sirva quente ou frio com sorvete de creme e polvilhado com canela em pó.

mdemulher

Hipertensão: entenda o perigo do excesso de sal na alimentação

sal


A pressão alta é uma doença que atinge 23,3% dos brasileiros, de acordo com uma pesquisa do  Ministério da Saúde. E, de todos os fatores que causam a hipertensão, só um não pode ser mudado: o histórico familiar.


Para os outros, como obesidade, sedentarismo, consumo de sal em excesso e de bebidas alcoólicas, a mudança de hábitos é a saída. A prevenção e o controle da doença começam na mesa. Sabe o salzinho que você usa para deixar a comida mais gostosa? É ele mesmo o alvo.


O sal contém uma substância que, em excesso, pode ser uma das causas do aumento de pressão: o sódio. Ele faz o corpo reter mais líquido e aumenta o volume de fluidos nos vasos sanguíneos. É como se você abrisse a torneira de uma mangueira de quintal no máximo. Quanto mais água, mais pressão.


Só que, no corpo humano, o resultado disso são problemas de coração, que matam mais do que câncer e violência. Hoje, no Brasil, a hipertensão é responsável por 40% dos infartos, 80% dos AVCs (acidentes vasculares cerebrais) e 25% dos casos de insuficiência renal que terminam em morte. São bons motivos para evitar ser mais uma vítima da doença.
Reduza o sal sem sofrimento




Quem quer diminuir o sal da comida pode seguir as dicas de Frida Fplavnik, da Sociedade Brasileira de Hipertensão. "Para não sofrer, a pessoa deve reduzir 25% da ingestão diária de sal por um mês. Esse é o tempo que seu paladar leva para se acostumar ao sabor. Vá reduzindo aos poucos até chegar a 5 gramas", diz. Veja as dicas:
· Não deixe o saleiro na mesa.
· Em vez de colocar o sal ao preparar a comida, acrescente depois, direto no prato.
· Use outros temperos, como limão e noz-moscada.
Confira quanto você pode consumir por dia




· 2,5 g ou dois saquinhos e meio de sal: esta é a quantidade mínima de que seu corpo precisa para ter saúde


· 5 g ou colher de sobremesa: isto é o máximo que você deve consumir para evitar a hipertensão


· 12 g ou colher de sopa: isto é o que o brasileiro consome em média
Como converter sódio em sal




Os produtos industrializados são os vilões da nossa dieta. Eles contêm grande quantidade de sal, usado para aumentar o prazo de validade da comida. Mas as embalagens só trazem esse valor em sódio, porque mesmo produtos doces, como refrigerantes, podem ter sódio. Para você não ficar em dúvida, veja como converter as medidas.


Exemplo: um pacote de macarrão instantâneo (80 g) tem 1212,8 mg de sódio.


Aprenda a fazer o cálculo:


É só multiplicar a quantidade de sódio descrita na embalagem por 0,00254. O resultado é a quantidade de sal do produto.


Resultado: A quantidade de sal do produto é de 3,08 g. Ou seja: é mais que 60% de todo sal que pode ser consumido por dia!
fonte : mdemulher

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

22 DE SETEMBRO Dia dos Amantes




Hoje é comemorado o Dia dos Amantes. E, ao contrário do que muitas mulheres pensam, é dia de celebrar com seu marido e parceiro, sim!
Não é raro ver casamentos que, combalidos pela rotina, se tornam relações de companheirismo e respeito – mas sem paixão. Claro que isto não precisa acontecer; no entanto, como o dia-a-dia é sempre tão cheio de tarefas, é preciso prestar atenção para manter o romantismo e o tesão sempre acesos.
A consultora de sensualidade Suzana Leal listou algumas dicas práticas para que as mulheres mantenham o casamento apimentado e se tornem verdadeiras amantes dos maridos.
1. Não deixe que o dia-a-dia tire o encanto da relação. Em termos práticos: use o banheiro de porta fechada e mantenha sua privacidade.
2. Mesmo nas brigas e discussões, fale baixo. Evite palavras ásperas e de baixo calão, pois ao longo do caminho elas fazem com que o respeito acabe.
3. Cuide de você. Faça cursos, atividades, cultive amigos. Mantenha sua autoestima elevada, pois para ser amada e admirada pelo parceiro você tem que se gostar primeiro.
4. Mantenha o ambiente da casa e, principalmente, do quarto de vocês cheiroso, com flores e lençóis com detalhes vibrantes: vermelho, laranja e amarelo são cores que aumentam a libido.
5. Apesar dos filhos, enteados e trabalho, tenha na agenda semanal de vocês umas horas sozinhos. Pode ser um cineminha, um jantar a dois. Se não der tempo nem para isso, reserve pelo menos uma taça de vinho para relaxar no final do dia.
6. Saiba ouvir com atenção aquilo que é importante para seu parceiro e mostre a ele seu interesse e companheirismo.
7. Mantenha-se sempre antenada com assuntos sobre, economia, política, cultura, assim os assuntos domésticos saem um pouco de cena e o papo pode fluir com mais variedade!
8. Saiba que é preciso sempre beijar na boca; o começo de tudo vem com um bom beijo.
9. Nunca frustre o parceiro quando ele quiser discutir sobre a relação. Embora muitas vezes cansativa, a famosa DR evita que um pingo d’água transborde uma taça.
10. É fundamental usar a imaginação e, por que não, brinquedinhos sexuais: óleos de massagem, vibradores, anel peniano, uma lingerie sexy. A noite começa engraçada a principio, depois dá uma turbinada e vocês terão sensações inimagináveis.


 http://www.pselda.com.br/
  No Aurélio, encontramos o significado da palavra amante , como aquele que ama
Historicamente falando a traição sempre existiu , embora considerada moralmente errado em diversas sociedades , ela persistia talvez por causa de uma propensão inata para o comportamento polígamo dos seres humanos.
Entre os antigos hebreus uma mulher tinha de ser virgem, na noite de seu casamento e depois permanecer fiel para sempre a seu leito conjugal porém , aos homens era permitido o acesso sexual a prostitutas , concubinas , viuvas e criadas domesticas.
Só lhes era interditado o relacionamento sexual com mulheres casadas pois, Deus dizia : Não cobiçaras a mulher do próximo.
Sem dúvida , esta foi a razão pela qual a proibição divina do adultério foi incluída nos 10 mandamentos , a tendência inata dos homens para a infidelidade.
Xeiques árabes possuem haréns com diversas mulheres , o velho testamento contém inúmeros exemplos de comportamento polígamo (Abraão , Isaác , Jacó , Daví e Salomão )
De um modo legal quando um homem se casa com varias mulheres ele não pode mais ser considerado um adúltero portanto , a poligamia é uma discriminação contra o adultério.
Pesquisas mostram um índice maior de gravidez na relação de uma mulher com seu amante do que com seu marido , a explicação para este fato reside no prazer maior desfrutado durante o sexo proibido o que provocaria mais contrações uterinas facilitando a penetração dos espermatozoides para dentro da cavidade uterina .
Dizem que um (a ) bom (a ) amante é capaz de salvar um casamento que não tem mais sabor , pois é capaz de anestesiar a crise , melhorando um pouco à tensão no lar.
Devemos distinguir adultério , que tem mais a ver com lei e religião da infidelidade que é mais ligada a quebra da monogamia.
O sexo entre os seres humanos racionais deixou de ser puramente reprodutivo significando hoje em dia domínio, submissão , poder, aceitação , profissão e até mesmo amor.
Podemos mesmo admitir a gravidez como um acidente do exercício da sexualidade.
Monogamia é uma opção , não existe pacto para fidelidade (?) . Muito interessante é o adultério emocional, que envolve um sério relacionamento emocional com uma terceira pessoa que se encontra fora do casamento, sem praticar ato físico.
O comportamento poderoso do hormônio testosterona faz com que o homem procure uma mulher para alívio de sua tensão sexual.
Com efeito , a tendência dos homens a masturbar-se com muito mais frequência do que as mulheres mostra que o impulso sexual masculino é mais intenso.
Os homens tendem a excitar-se sexualmente com mais rapidez do que as mulheres , porém as mulheres quando excitadas tem condição de sustentar esta excitação muito mais tempo que os homens.
Esta impulsividade dos homens faz com que haja uma probabilidade maior de adultério por parte destes.
Em geral as mulheres buscam amor e apoio já os homens buscam uma frequência e uma variedade maior de parceiras.
Porém em todas as épocas a sociedade sempre castigou as mulheres e eximiu os homens de penalidades , sendo inclusive considerado sinal de virilidade possuir muitas mulheres.
Entre as mulheres ,tem-se noticias de que no século XVII prescrevia-se sangrias para cura de excitação , e que entre algumas tribos da África a penalidade para a traição feminina seria a morte ou a retirada do clitóris.
Entre os esquimós emprestar a esposa é sinal de hospitalidade,
Na Índia uma esposa infiel não tinha o direito de permanecer viva, os hindus tinham a permissão de matar sua esposa adultera , na China e no Japão a esposa deveria cometer o suicídio
Sternberg psicólogo norte americano , explica todo relacionamento entre um par como um triangulo , nomeando os vértices como amor, sexo e objetivos.
No início de um relacionamento o que mais rola é sexo, depois entra o amor e por último os objetivos.
Porém sexo é um tipo de relacionamento importante e equilibrado em que as trocas precisam ser exatamente iguais , ou seja o par precisa sentir-se querido e amado em igual intensidade.
O problema é que temos libido diferente uns dos outros ,e se as recusas forem constantes , a auto estima do outro vai lá em baixo
É mais fácil trocar de parceiro que terminar com o sonho do amor ideal que existe dentro de todos nós . Nas crises , ou quando a paixão diminui devemos sempre através do dialogo franco rebuscar o amor , pois é a única maneira do casal iniciar um novo ciclo de convivência.
Magoas ou Fingimentos não levam a nenhum crescimento , podendo mesmo ocorrer o rompimento de uma relação ou a infidelidade , pois a incompreensão mútua diminui a auto estima e o desejo sexual.
Um procedimento muito simples pode ajudar você a superar suas crises conjugais: Nunca vá dormir zangado com seu par, você terá pesadelo.
Fonte: www.amaurysexologo.med.br

A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-las
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo, nem culpa de sentir prazer.

Fase dourada em que a gente pode criar
e recriar a vida,
a nossa própria imagem e semelhança
e vestir-se com todas as cores
e experimentar todos os sabores
e entregar-se a todos os amores
sem preconceito nem pudor.

Tempo de entusiasmo e coragem
em que todo o desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda disposição
de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO,
e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente
chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa.
 autor desconhecido

Dia Nacional de Luta dos Portadores de Deficiência 21 de setembro


21 de Setembro

Vítimas diárias do descaso, do preconceito e da discriminção, os portadores de deficiência comemoram, desde 1982, o Dia Nacional de Luta das Pessoas Portadoras de Deficiência.
Este dia tem como um de seus principais objetivos mostrar a importância da luta de todos os portadores de deficiência, seja física, mental ou sensorial (cegos e surdos-mudos).

Os direitos reivindicados pelos portadores de deficiência não deixam de ser simples: ir e vir pelas ruas das cidades, freqüentar lugares públicos sem a obrigação de entrar pela porta dos
fundos, ou assistir a espetáculos na última fileira, por não haver espaço acessível a uma cadeira de rodas.
Seriam reivindicações simples se houvesse, por parte das empresas e do poder público, uma atenção especial ao que é indispensável para que os deficientes possam viver mais dignamente.
O preconceito e a discriminação devem ser combatidos ininterruptamente. Quem discrimina ignora que as deficiências apontadas nos demais são, em outra escala e em outra dimensão, as mesmas que carregamos conosco. Se não possuímos alguma deficiência "física", certamente temos outras deficiências – de caráter, morais, éticas ou semelhantes – que nos tornam também deficientes.
Quem discrimina se coloca, equivocadamente, em um plano superior às outras pessoas, desconhecendo, ou fingindo desconhecer, que todos somos mais ou menos aptos a exercer alguma função ou atividade.
Os deficientes físicos, portanto, se têm, por exemplo, sua capacidade motora prejudicada, não perdem a capacidade mental, de raciocínio e inteligência.
A crise econômica e os altíssimos índices de desemprego vividos pelo Brasil têm contribuído significativamente para que as instituições destinadas a garantir os direitos se sintam impossibilitadas de agir. E agir, fundamentalmente, para garantir o cumprimento das leis que facilitariam o convívio das pessoas portadoras de deficiências e sua inclusão na sociedade.
Uma inclusão reivindicada em todas as áreas: educação, saúde, transporte, mercado de trabalho, seguridade social, etc.
Alguns pontos listados por entidades e movimentos devem ser destacados: maior investimento na área de prevenção de doenças ou condições de saúde que causem deficiências, sendo enfatizado o combate à desnutrição e aos acidentes de trânsito e do trabalho; promoção de campanhas de esclarecimento em instituições de ensino, empresas e comunidades sobre a importância da doação de órgãos; incentivo à pesquisa sobre tratamentos e equipamentos para uso dos portadores de deficiência.
Na educação, podem ser citadas a proposta de oferta, obrigatória e gratuita, de educação especial, em estabelecimentos públicos de ensino, sendo garantido, nos orçamentos (da União, Estados e municípios) um percentual mínimo destinado à educação especial.
Fonte: CUT; Soleis

.Foi escolhido o mês de setembro por conta da primavera e pelo dia da árvore, a fim de representar o nascimento de reinvindicações quanto a cidadania e participação plena na sociedade.
Todos os anos essa data é lembrada, em todos os estados da nação, e serve como reflexão a fim de divulgar as constantes lutas por inclusão social.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Salada no espeto

Salada no espeto

Ingredientes:

. 300 g de bolinhas de mussarela de búfala
. 1/4 de xícara de azeite
. 1 colher (sopa) de orégano
. 1 colher (chá) de sal
. 1 colher (chá) de pimenta calabresa
. 10 tomates-cereja cortados ao meio
. 150 g de rabanetes pequenos cortados ao meio
. 1 pepino japonês cortado em rodelas de 1 cm de espessura
. 40 folhas de hortelã

Modo de preparo:

Corte as bolinhas de mussarela ao meio e tempere com o azeite, o orégano, o sal e a pimenta. Monte os espetinhos intercalando o tomate-cereja com os rabanetes, a mussarela temperada, o pepino japonês e folhas de hortelã.
fonte : mdemulher

Dia da Árvore 21 de setembro



No dia 21 de setembro comemora-se o dia da árvore, e a escolha da data originou-se em razão da chegada da primavera. Mas antes da escolha dessa data, acontecia no país, na última semana de março, a festa Anual das Árvores, instituída pelo presidente Castelo Branco, a partir de 1965.
Mais adiante, a árvore ganhou um dia especial em virtude de sua importância para a vida humana e também com a chegada da primavera, onde ganham nova vida, abrem lindas flores que dão origem a novas árvores.
Com a chegada da primavera podemos ver as cidades mais alegres, pois essas se enchem de flores de todas as cores.
Muitos pensam que a árvore que simboliza o Brasil é o pau-brasil, em razão do nome, mas esse título cabe ao ipê amarelo, uma das cores que representam o nosso país. O pau-brasil encontra-se em extinção, pois foi muito contrabandeado por ser uma madeira de cor avermelhada e de aparência nobre. Além dessa, o jacarandá, o mogno e o pinheiro também se encontram nas mesmas condições de extinção.
As árvores são plantas que possuem um caule lenhoso e são constituídas por raiz, caule, folha, flor, fruto e sementes. São elas que nos fornecem o ar que respiramos, além das frutas e outros tipos de alimentos; a madeira para construção de móveis, casas, objetos decorativos, cercas; também fornecem remédios; celulose, matéria-prima para a fabricação de papel.
Em face da vida moderna e do aumento da população mundial, às necessidades dos homens em construir novas moradias e melhorar suas condições de vida, as árvores acabaram sendo alvo de destruição, pois grandes áreas foram desmatadas para a construção das cidades.
O contrabando de madeiras também fez com que grandes áreas fossem destruídas, principalmente na floresta amazônica, onde o acesso a outros países é mais fácil e próximo. Os prejuízos seriam menores se fossem plantadas novas árvores nos lugares das devastações, mas o tempo que levam para crescer é muito grande.
O homem precisa ter consciência de que as plantas também são seres vivos e que levam tempo para se desenvolverem. Uma árvore leva longos anos para ficar bem desenvolvida e algumas são tão velhas que são tombadas como patrimônio histórico, devendo ser preservadas.
Fonte: http://www.brasilescola.com

Quinoa com Arroz Selvagem e Aveia em Grãos

Quinoa com Arroz Selvagem e Aveia em Grãos





INGREDIENTES
100 gr de quinoa em grãos cozida(s)
85 gr de arroz selvagem cozido(s)
90 gr de grão de aveia cozido(s)
40 gr de cenoura em cubos pequenos
75 gr de zuchine em cubos pequenos
60 gr de alho-poró em cubos pequenos
30 gr de cebolinha verde em fatias finas
30 ml de azeite
2 gr de sal grosso

MODO DE PREPARO

Cozinhe os grãos separadamente em água com sal grosso e em seguida escorra e reserve (a quinoa deve ser cozida por 14 minutos, o arroz selvagem por 9 minutos e o grão de aveia por 15 minutos).
Aqueça o azeite em uma panela e refogue os vegetais em fogo brando por aproximadamente 1 minuto.
Em seguida acrescente os grãos e refogue por mais 1 minuto só para aquecer os grãos.
Monte a salada no centro do prato com o apoio de um aro. 

Por onde estarão os cidadãos patriotas, corajosos e honestos?

Paulo Konder Bornhausen.

Já havia, decepcionado, frustrado e porque não afirmar enojado, com a corrupção e a impunidade que tomou conta do Poder Público, desistido de escrever sobre política de modo geral.
Afinal sou como dizia Montesquieu; "Quando vou a um país, não examino se há boas leis, mas se as que lá existem são executadas, pois boas leis há por toda a parte."Mas quando leio e assisto na TV a reação popular em paises cristãos e mulçumanos, sob regime democrata ou ditaduras, o povo indo as ruas manifestando o seu protesto quanto os demandos dos governantes, fico indignado com a leniência, o silêncio, a covardia dos cidadãos honestos do nosso país, ante aos fatos escabrosos que tomamos conhecimento diariamente, praticados pelos agentes dos poderes públicos. Bem sei que a UNE, dos famosos “caras pintadas”, a CUT, a força Sindical, os sindicatos, foram amordaçados pela dinheirama que o Governo lhes deu e continua dando. Mas me pergunto porque os patriotas, os probos que não aceitam o que está acontecendo, não utilizam a Internet para criar um “Movimento Contra a Corrupção e a Impunidade”, para fazer o que fazem os Movimentos Gays que levam multidões às ruas na defesa de seus direitos, ou os Evangélicos na propagação da sua fé. Por que não os imitamos para protestar e mesmo para curar esta epidemia generalizada que está devastando a Nação.
O Poder Executivo é uma vergonha. “Nunca se viu neste país”, plagiando um dos propagadores desta miséria, um Governo que mal começou e começou mal, onde caíram três Ministros por irregularidades inaceitáveis e com outro falastrão, mordido pela vaidade. Outros corruptos ou incompetentes estão próximos do precipício.
Além do mais, altos funcionários destes e de outros Ministérios foram afastados pelas mesmas vergonhosas razões.
A pergunta que paira no ar, é se vai haver uma “faxina” completa. Pois o que houve até agora se ateve ao “bidê” do banheiro não atingindo os locais mais fétidos, não atingiu os gabinetes, a roupa suja existente. Parece mais, como afirmou o colunista Guilherme Fiuza “A imagem de Dilma desenterrando as ossadas do fisiologismo, como se tivesse nada a ver com isso, é trágica”.
Razão tem o “Economist” quando afirma que se houvesse uma “faxina” para valer, sobraria muito pouca gente e eu acrescento que a mesma para ser consistente teria que focar os três Poderes, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário.
O Executivo não se precisa acrescentar mais nada, pois está podre.
O Legislativo, bastaria citar que ele está prenhe de Tiriricas e mensaleiros denunciados ou outros já condenados pela Justiça salvos pela dilação do prazo de vigência da Lei da Ficha Limpa.
O Judiciário, em vários setores, fora a morosidade dos processos, é conivente, pois é responsável direto pela impunidade.
Agora assistimos a pouco, um episódio melancólico. As nossas Forças Armadas serem comandadas por um “diplomata” reconhecidamente “Chavista”, que destruiu o conceito do Itamaraty e que tem como adjunto um guerrilheiro e seqüestrador, denunciado ainda no STF como mensaleiro, irmão do homem “dos dólares na cueca”. Um achincalhe, do qual só se soube de uma reação de um general da reserva. Certamente que é por isso que não se vê há anos um oficial das três armas fardado nas ruas. Massacrados e humilhados nas duas ultimas décadas.
Por tudo isso, usando a linguagem popular “é o fim da picada”.
Quero afirmar que se não fossem os meus 82 anos que me tornam frágil de mobilidade, estaria nas ruas convocando os homens e mulheres de bem para realizarmos um protesto pacífico que tivesse como base uma Revisão Constitucional, uma nova Constituição que substituísse a decantada e malfadada Constituição de 1988, origem de todos os males que nos arruinaram. Mudando o regime absoleto de Governo, estabelecendo o equilíbrio Federativo e a garantia da segurança física e jurídica dos cidadãos de maneira que não tenhamos vergonha de sermos brasileiros.
Minha esperança é que as lideranças honestas que ainda sobreviveram tenham coragem, ousadia e abram uma perspectiva de limpar esta praga maldita da corrupção e da impunidade.
Que Deus ouça este meu apelo.

domingo, 18 de setembro de 2011

Polvo no vinho do Porto





Ingredientes
Polvo
 1 polvo inteiro de aproximadamente 2 kg
 1 cebola grande bem picadinha
 2 colheres (sopa) de azeite
 1 colher (sopa) de extrato de tomate
 1/2 xícara de vinho tinto seco
 1/2 xícara de vinho do Porto
 1 colher (chá) de vinagre de vinho tinto
 1 colher (sopa) de açúcar
 1 folha de louro
 350 g de tomates sem pele e sem sementes, bem picados
 Sal e pimenta-do-reino
Batatinha ao murro 16 batatas bolinha 1/2 xícara de azeite extravirgem 2 colheres (sopa) de tomilho fresco picado Sal e pimenta-do-reino moída na hora
Modo de preparar
Polvo: coloque o polvo numa panela, cubra com água e tampe. Leve para cozinhar em fogo bem baixo por cerca de 1 hora e meia ou até ficar bem macio (1). Separe os tentáculos do polvo e passe-os em água fria, esfregando com os dedos para que soltem a pele. Reserve. Em uma panela, doure a cebola no azeite até que fique transparente. Adicione o extrato de tomate, os vinhos, o vinagre, o açúcar, o louro e o tomate. Ferva por 10 a 20 minutos, até o molho começar a engrossar (2). Tempere com sal e pimenta, junte o polvo e cozinhe por mais uns 20 minutos (3).
Batatinha ao murro: Lave e seque bem as batatas, regue-as com azeite e tempere com tomilho, sal e pimenta. Embrulhe-as em papel-alumínio e leve-as ao forno preaquecido a 160ºC por cerca de 40 minutos, ou até que fiquem bem macias. Retire do forno, abra o pacote cuidadosamente e deixe as batatas esfriarem ligeiramente. Dê um murro em cada uma com força suficiente apenas para que rachem mas não se partam ao meio (4). Ponha duplas de batata em espetos de madeira(5). Aqueça uma frigideira antiaderente com um fio do azeite e doure-as na hora de servir. Acerte o sal e a pimenta, se necessário.
Montagem: sirva o polvo guarnecido de 4 batatas.

Dia do Comprador


19 de Setembro


O comprador, ou consumidor, é aquele que usa seu dinheiro para adquirir algum produto. Por isso, deve ser uma pessoa exigente e que saiba de seus direitos como tal. Para cuidar deles, os consumidores contam com uma vasta legislação que o protege. Além disso, um órgão chamado Serviço de Proteção ao Consumidor - Procom - foi criado para orientar e defender o consumidor. Uma das orientações do Procom é exigir a nota fiscal, que é a prova de que o consumidor comprou um produto e que pode ser trocado, caso este venha danificado.

Existem também pessoas que compram por compulsão. São pessoas que compram o que não precisam e se prejudicam financeiramente por isso. Neste caso, é necessário procurar um tratamento psicológico para encontrar as raízes do problema, que podem ser emocionais.

Fonte: UFGNet

sábado, 17 de setembro de 2011

Dia da Compreensão Mundial 17 de setembro

Banco de Imagem - bebê, sentando, 
segurando, um, 
pé, boca, abertos, 
admiração. fotosearch 
- busca de fotos, 
imagens e clipart


17 de Setembro




A compreensão como um instrumento para o entendimento é uma atitude plural, mútua, que tem sua origem, no entanto, na compreensão que temos de nós mesmos.
Só no respeito às diferenças é que podemos construir comportamentos, estabelecer planos e mudar atitudes – as nossas e as dos outros.
Compreender o outro não é sinônimo de nos anularmos.
Divergir é um direito de cada um, seja na relação entre pai e filho, entre jovem e adulto, homem e mulher, ou nas relações entre empregado e empregador, administrador e servidor.
Os homens não têm pensamentos idênticos, assim como tampouco têm feições idênticas...
A crença de uma pessoa é influenciada por diversos fatores – temperamento, hereditariedade, contexto, experiência – e os líderes devem balancear seu julgamento com paciência e indulgência.
Atitudes agressivas, que não precisam ser necessariamente físicas, acontecem, infelizmente, nas relações humanas – e em nada contribuem para o bem-estar de quem as pratica, com prejuízos, às vezes fatais, para o próprio grupo.
Há que se entender a importância de cada atitude pessoal como um fator que facilite a harmonia e a construção de um grupo.
Gandhi, exemplo de liderança pacifista, conquistou a todos por seu exemplo e por sua coerência entre ação e discurso.

Sobre os pontos fundamentais para se conseguir a paz, assim ele se expressou:
“De que vale a fé se não for convertida em ação”?
“A liberdade individual e a interdependência são essenciais para a vida em sociedade”.
“A não-cooperação com o mal é um dever tão importante quanto a cooperação com o bem”.
“A não-violência nunca deve ser usada como um escudo para a covardia. Ela é uma arma para os bravos”.
Fonte: Brasil Rotário

Capellini ao molho de limão siciliano com camarões e brotos orgânicos

Capellini ao molho de limão siciliano com camarões e brotos orgânicos

(4 porções)
Ingredientes
  • 4 camarões 15/1 (já limpos)
  • 120 g de camarões ferrinho (já limpos)
  • 50 ml de suco de limão siciliano
  • 300 ml de creme de leite fresco
  • 100 ml de caldo de peixe
  • 20 g de salsinha (já picada)
  • 20 ml de azeite
  • Broto de alfafa e cerefólio para decorar
  • 350 g de capellini
  • Sal e pimenta a gosto

Preparo
  1. Temperar os camarões com sal e pimenta e reservar
  2. Em uma frigideira preaquecida, adicionar o suco de limão e deixar reduzir até quase secar
  3. Colocar o creme de leite e o caldo de peixe e deixar reduzir a ⅓
  4. Em água fervente, cozinhar o capellini por 2 minutos
  5. Em outra frigideira preaquecida com azeite, grelhar o camarão grande
  6. Adicionar os camarões pequenos, o molho e a massa já cozida. Deixar mais 2 minutos
  7. Ajustar sal, pimenta e colocar a salsinha.
  8. Servir o capellini num prato fundo.
  9. Decorar com os camarões grandes, os brotos de alfafa e o cerefólio
  10. Raspar limão por cima e servir
  11. fonte : revista gula

Ocorreu um erro neste gadget